Resenha #402 - Mais Amor, Por Favor - Diversos Autores


Título: Mais Amor Por Favor
Autor(a): Diversos
Editora: Coerência
Páginas: 380
Nota: 4/5 

Oie, tudo bem com vocês?

Hoje vou falar um pouco de um livro que li, que está fora da minha zona de conforto, por se tratar de contos românticos. 

Confesso que comprei esse livro e depois fiquei pensando o que tinha passado pela minha cabeça, pelo simples motivo que eu não curto romances, mas dei uma chance a leitura e gostei do livro.

A Antologia Mais Amor, Por Favor reúne 19 contos e o Prefácio escrito pela autora Samanta Holtz.

Eu me deparei com diversos casos nesta antologia, finais felizes e outros nem tanto assim, mas todos focados no amor. Como é normal em antologias ocorreram contos que eu gostei mais do que outros, e selecionei aqui cinco que me chamaram a atenção, para poder mostrar um pouquinho mais para vocês sobre este livro.

Para Sempre - Autora Ana Bitencourt

Eu já fiquei interessada neste conto antes mesmo de lê-lo, devido a sinopse da autora - já que ela escreve romances policiais (algo que eu amo), e neste conto fomos apresentados a Machenzie e Nicholas - um casal de criminosos, e gostaria de ressaltar que eu achei esse conto tão bacana, que leria com o maior prazer um livro da autora desenvolvendo estes personagens, sinceramente acho que essa estória tem um grande potencial.

Makenzie está à espreita de NIcholas, mas não por amor e sim por vingança, devido a algo que Nicholas fez à ela e que a magoou profundamente. 

Mas será que ao encontrá-lo o sentimento do ódio será mais forte do que o amor?
Makenzie não descansou, pois sabia que o acharia. E o achara. Agora, Nicholas pagaria.
Bem-me-quer, Mal-me-quer - Autor Well B Almeida

Eu gostei neste conto, que o autor mesclou as vidas passadas dos personagens. 

Em 1930 Tess, prometida a casar com seu primo Guilherme, vive um relacionamento escondido com Gustavo, seu verdadeiro amor. Tess e Gustavo resolvem fugir, mas são flagrados por Gustavo e as coisas não acabam nada bem.

Em 2016 Tess reencarnou como Luiza e mais uma vez vive um triângulo amoroso com Guilherme e Gustavo que mantiveram os mesmos nomes, mas agora são irmãos.

Mais uma vez um conflito se aflora na vida deles e eles precisam resolver esse impasse para terem finalmente a paz que suas almas tanto precisam.
- Acho que ouvi em algum lugar que medo há quando tropeçamos pelo caminho da vida. Agora que caímos apenas nos resta levantar. Ou esperar o próximo tropeço.
A Morada da Memória - Décio Gomes 

Esse conto é simples e bem fofo.

Conta a história de uma viúva que enquanto vela o corpo de seu amado, relembra a primeira carta que mandou após tê-lo conhecido quando ainda eram bem jovens.

Ambientado nos anos 20, tem uma escrita bem tipica das pessoas simples que viviam na época e mostra que amor pode vencer barreiras até mesmo depois da morte.
...sentiu-se reforçar o amor por ele, pelo mundo que construíram juntos e que, agora, seria dela por completo, até que chegasse também o seu dia de partir.
Pela Janela de um Trem - Monaliza Nunes 


Eu gostei bastante deste conto, pois te causa aquele frio na barriga, e você torce para que tudo dê certo, mesmo não acreditando que isso vá acontecer.

O conto narra a estória de um casal de adolescentes que vivem em uma Polônia que sofre com guerra  na década de 30, em que a Alemanha tenta dominar as terras polonesas e tudo está um caos.

Michael e Elena estão apaixonados, mas viver um amor, em um mundo onde não saberemos se acordaremos vivos no dia seguinte, não é nada fácil.
- Começou
- Sim, outra guerra.
- E agora, o que irá acontecer?
- O pior.
- Mãe, eu preciso achar Elena.
O Destino - Glau Kemp 


Por mais que eu tenha lido este conto já imaginando o final, eu gostei da forma como autora conduziu os acontecimentos nesta estória para que ela não ficasse clichê.

Uma tiragem de cem exemplares de livros foram lançados em 1907 e nunca mais foram reimpressos. 

Mais de 100 anos depois, duas pessoas ainda tem estes exemplares: Uma blogueira que seleciona o livro para um desafio literário em seu blog e um rapaz que considera o seu livro, um legado. 

Ambos pegam o mesmo metrô, se esbarram e os livros são derrubados no chão e eles trocam os seus exemplares.

Coincidência ou destino?
As luzes piscaram quando Marco e Júlia pararam um momento antes de seguirem em frente, cada um sentiu... Um arrepio na nuca dele, um suor repentino nas mãos dela...
Em relação à diagramação, confesso que eu achei que a capa seria mais bonita pessoalmente e não foi, a capa tem uma cor muito desbotada, como podem ver na foto.


Cada conto antecede com a foto e biografia do autor. Quando o conto é finalizado no lado esquerdo, tem uma divisória, com os arabescos da capa só que em preto e branco, quando o conto finaliza no lado direito da página ele não foi colocado, e essa divisória é bem sem graça. 


Todas as biografias dos autores também são em preto e branco, e não achei que algumas resoluções desta forma ficaram boas. Infelizmente eu encontrei bastante erros de revisão no decorrer da leitura, erros bobos que não ocorreriam se fosse dado uma atenção maior na preparação do livro, eu não gosto de me alongar nos erros de revisão, porque eu também não sou uma mestre no português, só que desta vez e por não ser a primeira vez que eu vejo erros em livros desta editora, resolvi abordar de uma forma mais dura. 


Mas independente disto, eu recomendo a leitura, pois os contos foram muito bem selecionados e são bem bonitos; então, quem gosta de romances irá se deliciar.

Espero que gostem e até a próxima resenha,

14 comentários

  1. Oi, Verônica.
    Eu penso o mesmo que você quando compro algum thriler, tipo, por que diabos comprei esse livro?
    Eu já ouvi falar do livro mas nunca vi resenha, imagino que os contos devem ser bem fofinhos e curtos para ter tantos. Não gosto muito de contos porque eu sempre espero mais do desenvolvimento da história, mas leria o livro.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha eu AMO thrilers, não pensaria duas vezes para comprar, e fico muito brava quando eles são ruins kkkk, eu passo por isso que querer a estória mais bem desenvolvida também às vezes.

      Bjokas

      Excluir
  2. Oie
    Adoro livros de contos e este tem um tema que eu curto, fiquei interessada na obra.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Verônica!
    Livros com esse tipo de erro ninguém merece... As histórias até me interessaram, mas não compraria por causa disso.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Sora.

      Eu gosto dos livros da Coerência, e eles são 100% voltados para autores nacionais, então por esse motivo eu insisto na editora. Mas realmente os erros são irritantes.

      Bjos

      Excluir
  4. Adoro livros com vários contos, acho até mais melhor de ler, a leitura flui mais parece.

    www.estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Cássia

      Eu me acostumei com leituras de antologias no ano passado, mas prefiro os de terror.

      Bjokas

      Excluir
  5. Oi! Já li dois contos desse livro, da Daya Alves e Isie Fernandes. O lado bom foi você ter saído da sua zona de conforto e lido algo que não gostava, mas acabou se interessando. Eu amo a capa do livro e realmente é chato quando tem erros na escrita. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee

      Concordo com você em relação a sair da zona de conforto, realmente é bom e na maioria das vezes eu saio satisfeita. Em relação à diagramação ... já como citei na resenha ficou bastante a desejar (ao meu gosto, claro)

      Bjokas

      Excluir
  6. Oie,

    Não conhecia o livro, confesso que não sou muito de ler contos, mas esse parece ser interessante.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Jessica, fico feliz que a minha resenha tenha te despertado interesse no livro.

      Bjos e uma ótima semana

      Excluir
  7. Esse livro está na minha lista de desejados. Ele parece ser aquele tipo de livro muito amorzinho pra se ler quando a vida parece menos colorida.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!