Resenha #391 - Magnus Chase e os Deuses de Asgard - O Martelo de Thor - Rick Riordan


Título: Magnus Chage e os Deuses de Asgard - O Martelo de Thor
Autor(a): Rick Riordan
Editora: Intriseca
Páginas: 400
Nota: 4/5 

Olá, tudo bem com vocês?

O livro que vou falar hoje é a sequência de Magnus Chage e os Deuses de Asgard - A Espada do Verão (Resenha)

Neste livro Magnus e seus amigos, tem uma nova missão: Resgatar o Martelo de Thor, para salvar o mundo e Samirah - uma de suas melhores amigas.

Eu não falei sobre a Samirah no primeiro livro, mas ela é de suma importância para a estória, pois ela é a valquíria que escolhe Magnus para se tornar um einherji. Ela é uma das milhares filhas de Loki, meu deus gigante nórdico - na verdade mais demônio que gigante favorito e para se vingar dos deuses que o aprisionaram Loki, faz uma aliança com um gigante pelo Martelo de Thor em troca de sua liberdade, e a recompensa envolve Samirah a um terrível destino.
- Você não conhece meu pai como eu, Magnus. Ele pode destruir minha vida (...) Não consigo imaginar o que ele vai ganhar no acordo, mas não pode ser coisa boa.
Vou dar uma breve explicação, sobre os einherji - eles podem ser tanto do sexo masculino ou feminino, e as valquírias - sempre femininas. Eles são mestiços de humanos com deuses ou deusas nórdicas, e é isso que os torna diferentes. Para se tornar um einherji você precisa morrer de uma forma heroica e ser escolhido por uma valquiria, que não precisa morrer para se tornar uma. Acho que deu para entender rs.

E nesse livro Samirah seleciona um novo einhergi, que é seu(sua) meio(meia) irmão(ã): Alex.

Alex sem sombra de dúvidas é o personagem mais interessante do livro, pois é filha de Loki e traz de herança do seu pai, não só a metamorfose, como também a variação de gênero. Então tem horas que Alex é um menino, e em outras uma menina. Alex tem uma personalidade extremamente cativante e forte, e eu selecionei dois quotes sequenciais para vocês sentirem um pouco da personalidade desse personagem incrível.
- O que eu falei sobre o termo? - disse Alex. - Eu decido o que é masculino, não masculino, feminino ou não feminino para mim. Não me faça matar você de novo.
É realmente fluido, no sentido de que eu não o controlo, Na maior parte do tempo eu me identifico como alguém do sexo feminino, mas às vezes tenho dias muitos masculinos. 
Aliás há algo de muito positivo nos livros do Rick, que não comentei na primeira resenha (foi mal gente, eu era uma resenhista iniciante hahahaha). Que é como ele introduz personagens que tem uma diversificação muito legal. Samirah é muçulmana e entra em conflito sobre sua religião e servir a deuses que não existem para seu povo, Blitzen é um anão negro que adora moda e é metrossexual, Hearth é mudo e surdo e Magnus... bem... o Magnus é o Magnus.

Eu gostei bastante também que foi contado mais sobre a história do Hearth, onde o autor abordou uma criação repleta de preconceito, maus tratos e ódio e isso acabou nos mostrando como o Hearth sofreu na sua vida e é um personagem que pode ser melhor trabalhado futuramente.
Contei uma doze listas assim, junto com centenas de frases motivacionais como: NUNCA SE ESQUEÇA DAS SUAS RESPONSABILIDADES, LUTE PARA TER VALOR, A NORMALIDADE É A CHAVE DO SUCESSO.
O livro tem ação do inicio ao fim, e a mesma narrativa gostosa, irreverente e irônica do primeiro livro, que é narrado pela visão do Magnus, que não é um herói fodão e sim bastante atrapalhado e só não morreu ainda porque já está morto.

O livro dá um pouco mais de destaque ao deus Thor, que é bem diferente do Thor gostosão dos filmes da Marvel.
O problema dos deuses é que não dá para simplesmente estapeá-los quando eles agem como idiotas. Eles só vão revidar com outro tapa e matar você.
Outra coisa que eu não comentei no livro anterior, e foi porque eu não saquei (na resenha eu comentei que me perdi um pouco na leitura - hehehehe) é que o Magnus nada mais é do que: primo da Annabeth minha gente! Um dos personagens mais importantes do Percy (livros que não li até hoje, mas sei um pouquinho de nada porque vi o primeiro filme) e nesse livro isso ficou bem mais claro e senti até a possibilidade de um crossover no futuro. 

Já imaginaram mitologia nórdica misturada com a grega e romana? Haja imaginação hein Sr. Rick!!

Em relação a diagramação, a capa do livro é bastante colorida e bonita, as páginas são amareladas, as letras são pequenas, mas não são ruins de ler. Os capítulos são curtos e não me recordo de ter visto erros na revisão.


Espero que gostem e até a próxima resenha!!


10 comentários

  1. Oie
    Tenho muita vontade de ler esta série, sou fã da série do Percy Jachkson, e este autor é maravilhoso.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Nessa

      Espero que goste tanto quanto eu.

      Bjokas

      Excluir
  2. Oi, Verônica.
    Já fui mais apaixonada por histórias fantasiosas, e Rick Riordan é um dos meus queridinhos. Li a série Percy Jackson, que por sinal super indico, e já até senti uma vontade enorme de ler sobre outra mitologia que ele cria. Gosto muito das variações que o autor traz, seja nas histórias ou nos personagens, fica tudo muito fantástico, eu adoro isso!
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mi

      Eu não Percy até hoje, mas sempre que eu leio o Magnus tenho vontade de ler. O Rick realmente é um ótimo autor.

      Bjos

      Excluir
  3. Oi Verônica, tudo bem?
    Não curto muito a história do Thor, mas deve ser um livro mega bacana!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Verônica!
    Eu amo essa série. Gente, ela é meu xodó. Estou super ansiosa pelo desfecho.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Lu

      Também fiquei ansiosa, adoro a escrita do Rick.

      Bjokas

      Excluir
  5. Oi Verônica, tudo bem? Essa série eu ainda não li, mas o Rick gosta mesmo de personagens diversificados e gosto muito disso nele. Espero conferir em breve!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mi

      Espero que você possa ler em breve e goste tanto quanto eu.

      Bjoss

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!