Resenha #368 - Suzy e as Águas-Vivas - Ali Benjamin

Livro cedido pela editora
Título: Suzy e as águas-vivas
Autora: Ali Benjamin
Editora: Verus
Gênero: Romance
Páginas: 223
Ano: 2016

Olá leitores, tudo bom? Hoje trago para vocês uma linda e delicada história, vem comigo conhecer Suzy e as águas-vivas.

Suzy é uma garota de 12 anos, ela é curiosa, inteligente e tem interesses diferentes das suas colegas de mesma idade. Suzy teve uma melhor amiga de infância, Franny, eram BFF's, como a garota diz agora. Tinha interesses em comum, Franny gostava de ouvir as teorias de Suzy, e esta, gostava do jeito irreverente da amiga. Pareciam irmãs. 

Quando observavam outras garotas, que se preocupavam com suas imagens, em serem populares e até com garotos, ela se olhavam e diziam que jamais seriam daquele jeito. Suzy se manteve assim, mas Franny não. Ela foram crescendo e a aquela amizade linda foi se dissipando, Franny começou a andar com as populares da escola, ficando parecida com elas e muitas vezes sendo até mesquinhas. Suzy viu sua amiga, aquela que entendia seu jeito e não a julgava, ir embora, ela ficou triste demais. E assim elas foram se afastando.

"De alguma maneira, esta realidade, de que às vezes as coisas de fato simplesmente acontecem, parecia ser a verdade mais assustadora e mais triste de todas."
O que Suzy não esperava é que realmente isso teria um fim. Certo dia ela tem a notícia de que sua ex-amiga faleceu (não é spoiler, está na sinopse), durante as férias de verão, afogamento. A garota não quis acreditar, como ela poderia ter se afogado se era ótima nadadora?

Então, durante uma visita escolar no aquário da cidade, Suzy descobre que uma espécie de águas-vivas poderiam ter sido responsáveis pela morte de sua amiga. Ela fixa a ideia e estar decidida a provar que está certa, ela vai em busca de provas, pois quer dar um sentido a essa morte. Ela não se conformava que Franny poderia ter morrido daquele jeito.


Sabe aquele livro que você lê sorrindo? Suzy e as águas-vivas é assim. Suzy é uma personagem apaixonante, percebemos que essa forma de buscar uma razão é a maneira que ela encontrou para lidar com o luto. É uma maneira de tentar compensar o clima ruim que ficou entre elas, já que estavam brigadas. Suzy sentia muita falta de Franny e ao longo da história vamos conhecendo um pouco mais sobre essa amizade.

O livro nos dá uma linda lição de superação, determinação e resiliência. Nos mostra que, algumas coisas ficam sem respostas, que para algo ter sentido, não precisa ter uma razão aparente. É que temos que seguir em frente, mesmo quando a dor é grande.

A diagramação está ótima, a capa combina com a história delicada da protagonista. As páginas são amareladas, com textura agradável ao toque e fontes confortáveis para leitura.

Um livro delicado, belo e encantador. Assim é Suzy e as águas-vivas.

Até a próxima!

3 comentários

  1. Oi Suzana!

    Eu já li algumas resenhas sobre esse livro e todas também elogiam muito a temática e desenvolvimento da trama. Não sei se Suzy consegue provar sua teoria, mas o fato dela lidar com o luto tentando encontrar respostas é bem significativo e diferente. Obrigada pela indicação. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro foi lindo de ler, Suzy nos dá uma verdadeira lição de vida!

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Tdo bem ?

    Já quero ler esse livro, só de ler as delicadas palavras que escreveu descrevendo Suzy, não tenho dúvida que será uma linda leitura.

    Obrigada pela dica.
    Bjs

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!