Resenha #307 - Transcendente - Lesley Livingston

Livro adquirido pela resenhista
Oi! Pessoal, tudo bem com vocês? Hoje trago o livro que encerra a Saga Starling, uma história maravilhosa que envolve a mitologia nórdica! A autora finalizou a história de forma espetacular.

Título: Transcendente - O amor sempre vence.
Autora: Lesley Livingston
Saga: Starling - Livro III
Editora: Jangada Editora
Páginas: 300
Classificação: 5,0

Essa resenha não contêm spoilers dos volumes anteriores. Confira as resenhas em: Starling (Livro I) e Descendente (Livro II). Se você não leu Starling, não leia as sinopses de Descendente e consequentemente de Transcendente, pois há spoilers, ok?

Todas as peças para o Ragnarök estão no tabuleiro, o fim do mundo nunca esteve tão eminente, como evitá-lo? Qual será o custo que cada personagem terá que pagar para impedir que tudo simplesmente acabe? O mundo, o futuro, a humanidade, os sonhos, a esperança... tudo está por um fio.

O mundo de Mason virou de cabeça para baixo quando Fennrys - o Lobo aparaceu em meio a uma tempestade, nu e com uma espada!

Ela: uma uma garota simples apesar de vir de uma família abastada, uma ótima esgrimista que tem fobia por lugares fechados.

Ele: um rapaz que não lembra quem é, como foi parar ali, onde mora... tudo que ele sabe é seu nome. Em uma busca por respostas as suas inúmeras perguntas, ele acaba se apaixonando por quem não devia.

Ambos são peças importantes nesse jogo no qual precisam descobrir quem realmente joga e quem é meramente um fantoche, uma distração para encobrir os verdadeiros vilões e suas intenções com cada jogada.

Nesse último livro temos muita ação, emoção e surpresas. O coração fica na mão até as últimas páginas mesmo!!! Não imaginava que fosse gostar tanto do final, mas Livingston me conquistou. O romance foi na medida, fofo e ardente ao mesmo tempo, sem apelação para cenas de sexo, e algumas descobertas foram sensacionais, fiquei de queixo caído. O humor sarcástico também se fez presente nesse volume, principalmente nos momentos de maior tensão.
— Sou o único que está vendo a barragem? - Rafe perguntou casualmente.
O barco navegava a toda velocidade para o sul, cruzando a superfície lisa como vidro do reservatório.
— Aquela barragem imensa, sólida e intransponível?
Bem, a capa é tão bela quanto as anteriores, as páginas são amareladas e a fonte é de tamanho um pouco menor do que a média, contudo não chega a atrapalhar a leitura de forma nenhuma. Felizmente, encontrei apenas um erro, na página 25:

"— E ele é o maior tarado - disse Rory. Ela ignorou o tremor que sentiu quando se lembrou daquela noite no ginásio Gosforth [...]" - o correto seria ele, pois Rory é um personagem masculino.

Recomendo para todos que gostem de: romance, suspense, mistério, magia, mitologia e aventura. Recomendo tanto para homens quanto para as mulheres, é indicado para maiores de 14 anos.

Não recomendo para quem não goste de: dos itens acima, mitologia nórdica, seres fantásticos e  fantasia em geral.

 E aí, Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram esse livro, o que acharam dele.
Um abraço!


Livros lidos até a página 100 #35 - Um Martíni com o Diabo!



*Primeira frase da página 100:

Era uma quarta-feira e Charlie despejava molho de tomate industrializado em uma das caçarolas gigantescas.

*Do que se trata o livro?

O livro conta a história de Charlie. Ele odeia o seu pai. Descobre que ele é um chefão da Máfia Italiana. Ele tem um plano. Quer matá-lo. Então ele resolve ir atrás dele, entrar na máfia e matá-lo. Só que ele percebe que as coisas não saem exatamente como ele imaginou, muita coisa acontece, será que ele quer mesmo fazer isso? 

*O que está achando até agora??

Eu estou gostando muito. Claro que tenho expectativas altas, porque é a escrita da Claudinha e essa mulher é fodástica. Então simplesmente não consigo parar de ler.

*O que está achando da protagonista?

Charlie é um garoto sensível, criado pela mãe, a ajuda nas tarefas de casa e não dá tanto trabalho, mas quando descobre que seu pai é o chefe da Máfia Italiana, um ódio começa a subir em seu coração e ele decide ir atrás dele. Mas a convivência não é fácil, entrar pra máfia tem sacrifícios. As pessoas mudam e são essas mudanças que vamos percebendo nele. Eu estou gostando demais do personagem. Ainda não dá para dizer muita coisa, mas posso dizer que ele tem as suas fases.

*Vai continuar lendo?

Claro!!!!! Preciso saber para onde tudo isso que está acontecendo vai caminhar, Cláudia já conseguiu me surpreender em algumas cenas.

*Melhor quote até agora:

-Então ele é o cara.
-Sim, ele é seu pai. - Ela suspirou.
Charlie enfiou outro cigarro na boca. Então, como todos os seus amigos, ele tinha um pai filho da puta. Sentia o corpo quente, a testa suada, e o estômago embrulhado. 

*Última frase da página:

Charlie. Eu sei como é aí dentro.


Não consigo parar de ler esse livro, estou tentando sempre manter ele encaixado nas minhas prioridades, depois das apostilas de estudos da faculdade rs. Então em breve teremos resenha. 

Até a próxima, xero!!!


Suas Escrituras... Se eu lhe disser que a vida é boa? Léa Polanski

Olá pessoas, tudo bem??

Hoje eu venho com mais um escrito na nesta coluna que tanto adoro, só adoraria que mais pessoas me procurassem com seus textos lindos para que eu possa compartilhar aqui com vocês.

Desta vez uma amiga muito querida me procurou, indicando uma amiga dela, dizendo que ela tem excelentes textos e que gostaria de participar da coluna, pensei comigo, porque não? E cá estou trazendo um de seus textos. Confesso que foi difícil escolher, então é bem provável que eu volte com mais textos dela por aqui.

Imagem retirada do Google

Se eu lhe disse que a vida é boa?
por Léa Polanski.

Não estava feliz
Com a moldagem de suas características
Enxergando-as como uma construção injusta
Alicerçada sobre desvantagens
Sequências de desilusões
E toda sorte de absurdos
Que, segundo suas teorias
Deram início a decisões precipitadas
Desesperos intranquilos
Resultados inóspitos.
E com esta infelicidade
Posicionava-se na área de observação
Num camarote da realeza
Tão chato e vazio quanto fosse possível
Não raro
Precisava de conselhos, empurrões
Quando simples melodias
Eram capazes de melhorar seus dias...
E enquanto todos tinham pressa, muita pressa
E eram breves, muito breves
Se intrometia a desenvolver pensamentos
E murmurava frases compridas
Não se utilizava dos exageros das muitas gentes
Não criticava as opiniões alheias
Apenas não estava feliz e nem mesmo sorria.


Bom gente esta é a Léa Polanski, formada em Letras pela USP e pós graduada no Mackenzie. Aparentemente uma pessoa super legal e que pelo que pudemos ver escreve muito bem. Eu gostei muito de seu texto, ele representa tanto uma mente perdida e querendo algo pra vida, que deu vontade de vivenciar cada palavra, para tentar compreender o processo de onde ela quis chegar com o texto.

Bom Léa tem vários textos publicado o site Recanto das Letras, para curiar mais textos escritos por ela, vocês podem acessar aqui. Mas podem ter certeza que muito em breve teremos mais escritos dela, aliás este site tem muita gente boa, podem conferir.

Se você tem um texto, poesia, frases inspiradoras de sua autoria e queira dividir com o blog e os demais leitores, podem me enviar um e-mail, que irei postar com os devidos créditos. E-mail: diana.canaverde30@gmail.com. Assunto: Suas Escrituras.

Tenham um excelente semana!!! Até a próxima, xero! 


Lançamentos: Grupo Editorial Pensamento!

Olá pessoas, tudo bem??

Estamos no final de Domingo para incio de mais uma semana. Final de ano chegando e as lembranças do ano que se passou vindo a toda hora, pelo menos isso acontece comigo. Pretendo neste mês de Dezembro, trazer minhas recordações de leituras e de novidades referente a blogs novos que conheci, canais no Youtube, leituras favoritas e muito mais. Quem acompanha o blog fiquem atentos.

Bora conhecer as novidades de lançamento do Grupo Editorial Pensamento?

**JANGADA**


No último livro da série Shadow Falls ao Anoitecer, Della é agora uma investigadora paranormal e precisa desvendar um caso de assassinato onde o suspeito é seu próprio pai, e vai precisar da ajuda de Chase, com quem ela tem uma ligação sanguínea após seu Renascimento. A busca por respostas vai levar Della a se envolver com as gangues sobrenaturais mais sombrias e perigosas e obrigá-la a investigar os segredos inconfessáveis da sua família. Mas, em meio a tudo isso,  como não pensar em Steve, o metamorfo irresistível que está fazendo tudo para se reaproximar dela? Esta será a batalha mais difícil da sua vida e do seu coração!





A série conta a história de Della Tsang, uma menina que tinha uma vida normal, até ser transformada em vampiro. Della se refugia então em Shadow Falls, um acampamento para adolescentes com poderes paranormais. Treinando para ser uma investigadora, ela não tem tempo para investir no seu romance com Steve. Porém, quando tudo parecia bem, Della contrai um vírus mortal e pelas mãos de Chase torna-se uma Renascida. Após a transformação, ela tem seu primeiro caso para desvendar. A busca por respostas leva Della a se envolver com gangues sobrenaturais e a investigar os segredos do passado de sua família.




**PENSAMENTO**


 Este é o guia astrológico mais completo e mais conhecido do Brasil. Lançado anualmente, o Almanaque do Pensamento traz além das previsões astrológicas de cada signo, o seu ascendente e o horóscopo chinês. O Almanaque traz ainda diversos artigos ligados à astrologia voltada ao interesse de todos, como a formação da personalidade de acordo com seu signo, os signos e o sucesso, e tudo o que você não gostaria de saber sobre seu signo, mas resolvemos contar mesmo assim. Além da astrologia, este guia também traz muitos temas relacionados à numerologia e a boa sorte. Uma obra de referência para saber tudo sobre 2017 e como será a influência  dos astros durante o ano todo!





Descubra o que escondem os rostos com que se depara no dia a dia. Saiba como os traços fisionômicos revelam aspectos da personalidade, talentos e tendências, e leia o que está escrito em seu próprio rosto e no rosto dos seus amigos, colegas e contatos profissionais. Além disso, este livro traz ótimas dicas para captar as reações emocionais das outras pessoas em ocasiões importantes, como entrevistas de emprego e reuniões de negócios, e para perceber instantaneamente quando alguém está mentindo. Conheça a arte da leitura facial e você ficará surpreso ao ver o quanto vai aprender sobre si mesmo e sobre os outros!







Elisabeth Kübler-Ross, médica excepcional, compartilha aqui suas ideias e conta trechos da sua jornada, até alcançar a fama internacional, e as muitas críticas que recebeu depois de ampliar suas investigações para abranger a vida após a morte. Essas pesquisas, no entanto, deram a muitas pessoas a esperança de que, com a morte começa uma vida nova e mais radiante. E isso nada tem a ver com fé, pois ela mesma foi uma grande cética que não acreditava em nada que não se pudesse ver nem comprovar cientificamente.








Neste clássico da literatura devocional você encontrará uma série de orações para que possa encontrar a paz interior. A Oração à Cruz de Caravaca é considerada uma das mais poderosas preces para atrair milagres, afastar energias negativas, nos livrar de invejas e conseguirmos proteção divina, saúde, fortuna e prosperidade. Este livro contém oração contra roubo, oração de Santo Agostinho para receber uma revelação, a Prece do Cristo, o verdadeiro significado do Pai-Nosso, a Consagração da Residência entre tantas outras que podem mudar a sua vida para melhor.





**SEOMAN**



Diane von Furstenberg reflete sobre a extraordinária jornada de sua vida, numa história que inspirará otimismo e confiança em todos. Depois de explorar suas raízes na Bélgica como filha de um sobrevivente do Holocausto, ela narra suas glamourosas viagens pela Europa como jovem princesa do jet-set, e evoca a liberdade da Nova York dos anos 1970. Ela conta tudo que aprendeu sobre amor, beleza e o processo de envelhecimento durante essa caminhada. Diane relembra no livro as três fases de sua vida de empresária, as quais ela chama de o Sonho Americano, a Volta Triunfal e a Nova Era, fase atual de sua vida, na qual ela trabalha para solidificar seus esforços profissionais e filantrópicos de modo a deixar um legado perene. Ler este livro é como ter uma conversa íntima com um ícone atual que generosamente compartilha conosco sua sabedoria e seu jeito de levar a vida.

**CULTRIX**





As principais teorias da psicologia são tão complicadas que é quase impossível entendê-las. Joel Levy esmiúça essas teorias através de uma série de perguntas provocativas e respostas esclarecedoras, que descomplicam conceitos, problemas e argumentos de vários campos do conhecimento, rastreando suas origens e mostrando como essas ideias e conceitos se desenvolveram ao longo do tempo e influenciam nossa vida cotidiana. Com leveza e humor, este livro desvenda os mistérios da mente.



 Descubra aqui como é a psicossíntese na prática da psicoterapia. Concebida pelo psiquiatra italiano Roberto Assagioli, a psicossíntese trata a cura e o crescimento do indivíduo tanto na dimensão psicológica quanto na espiritual, baseada no amor altruísta e incondicional. Os autores descrevem o impacto desse amor empático na situação terapêutica e apresentam teorias e modelos baseados na experiência, e nos trazem estudos de caso da perspectiva tanto do cliente quanto do terapeuta numa obra voltada a educadores, líderes espirituais ou apenas pessoas que busquem, pessoal ou profissionalmente, entender a natureza do amor em seu caminho para a cura e o crescimento interior.



Essas são as novidades pessoal, aproveitem que estamos na época de descontos, e deem uma passadinha no site, porque os livros estão com excelentes descontos.  Tem livros para todos os gostos e ótimas opções de presentes de natal, não percam. 

Espero que tenham gostado, até a próxima!
Xero!


Resenha #306 - O Garoto do Cachecol Vermelho - Ana Beatriz Brandão


Título: O Garoto do Cachecol Vermelho
Autor (a): Ana Beatriz Brandão
Editora: Verus
Páginas: 294
Nota: 4/5

A sensação  de saudade de algo que nunca chegou  a ser meu. Não sabia o que era, mas aquilo me perturbava havia semanas, como se me preparasse para aluma coisa que estava por vir. A antecipação de um vazio futuro.
Olá pessoas!!!

Estava com muitas saudades de trazer resenhas para vocês. Espero que isso não se prolongue, porque é tão difícil querer algo e em determinados momentos, não poder fazer. Mas aqui estou quebrando um jejum de quase um mês.  

Eu sempre tive vontade de conhecer a escrita da fofíssima Ana, porém demorei muito pra adquirir um de seus livros. Mas a bienal foi certeira, porque comprei dois, mas este eu escolhi para começar. Mas a fama dela de ser uma insana a precede, mesmo escrevendo romances rs. 

Eu não sabia o que esperar da leitura. Eu fui totalmente as cegas. Fui ler com base em alguns elogios e movida por essa capa linda. Quando comecei a ler, simplesmente não consegui parar, mesmo com a protagonista intragável que ela criou. 

Melissa está na faculdade, tem uma vida de glamour, adora as festas, é popular, vive cercada de amigos, mas tem uma mãe ausente e mesmo que ela não confesse, isso cria um peso imenso dentro dela, fazendo com que ela crie um escudo e viva uma vida superficial, carregada de rótulos e preconceito.

[...] eu sempre conseguia o que queria. Não sabia o que era um não.

Ela é bem egoísta, só pensa em seu bem estar, vive de status e de aparências. Melissa tem um único sonho. Ir para Julliard, uma das melhores escolas de balé do mundo e ela é capaz de fazer o que for preciso para chegar lá. Desde que se entende por gente ama dançar balé e é uma das coisas que realmente ela sabe fazer bem e estudar nesta faculdade é apenas o caminho para chegar onde ela deseja. 

Sua mãe é medica e além do seu trabalho habitual no hospital, ela ainda viaja para ajudar outras pessoas mais necessitadas gratuitamente pelo Brasil inteiro. Mas sua ausência por conta de seu trabalho solidário, transformou Melissa em um ser humano complexo, solitário e muito egoísta. Porque ela não enxerga o próximo, ela não tem compaixão e ela é extremamente preconceituosa. 

Mas  ela não sabia que as coisas poderiam mudar, quando na madrugada de ano novo, ela conhece um rapaz. Um rapaz comum, que fazia sua arte, que ela grosseiramente apelidou de vândalo, mas que tinha um charme peculiar. Ele usava um vivo cachecol vermelho. Aquilo chamou sua atenção, mas a sua raiva gratuita por ele estar "destruindo" um patrimônio da cidade com suas pinturas, fez com que ela discutisse com ele.

Melissa achava que nunca mais fosse ver o tal carinha do cachecol vermelho, até as aulas na faculdade começarem e ela topar justamente com ele. Ela não acreditou que aquilo estava acontecendo e o tratou  com mais grosserias. Mas notou o cachecol vermelho apesar da imensa raiva que sentiu.

Entre desentendimentos e o bom coração de nosso garoto, eles terminaram se aproximando e um acordo foi selado. Daniel, o garoto do cachecol vermelho, tinha dois meses para mudar a vida de Melissa. Será que ele iria conseguir? Só lendo para descobrir. 

Ana é uma garota de 16 anos... uma prodígio, para ser bem sincera. Ela tem o dom da escrita e isso fica bem evidente  durante toda a leitura do livro. 

Eu gostei muito de ler, adorei a mensagem que Ana nos deixou neste enredo. As pessoas por mais egoístas que sejam tem seu lado bom ou ruim, mas  podem escolher viver assim ou aflorar seu lado bom e reconhecer que a vida é mais do que uma coisa supérflua.  

Podemos nos tornar pessoas melhores, o caminho pode ser árduo, mas o resultado é compensador. Muitas vezes o orgulho nos impede de ver que existe outros caminhos que podemos percorrer e trilhar, mas  se dermos uma chance, podemos perceber que as pessoas tem muito mais a oferecer, precisam apenas de alguém que acredite nelas e de uma oportunidade. 

Nossa me senti envolvida com a cada página, mesmo quando eu queria dar uns tapas em Melissa e fazer com que ela acordasse para a vida. Tinha coisas que ela fazia, que seu egoísmo era tão intenso que chegava a me dar enjoos, sério. Que menina insuportável. Não sei se eu teria tanta paciência. De verdade. 

Daniel, o que falar desse mocinho encantador? Do quanto ele é generoso. De como ele ama as pessoas. Do quanto o bem estar delas o faz bem. Ele é o tipo de pessoa que você se encanta e admira sem precisar conhecer profundamente. Sua luz é tão intensa que transborda amor em seu coração e você quer sorrir sem medo. Cara eu fiquei completamente apaixonada por este personagem. E não só por ele ser um lindo por fora, mas principalmente por ser incrível por dentro.  Eu conheço pouquíssimas pessoas assim com esse coração grande e cheio de bondade que emana paz e alegria aonde chega. 

Gostei muito como Ana desenvolveu os personagens, como ela criou um enredo rico que fez transbordar em mim, principalmente nas partes finais do livro e foi ai que entendi porque ganhei uma caixa de lencinhos no dia do lançamento na bienal. Chorei em dois momentos, achei que isso não fosse acontecer, mas não consegui segurar, quando percebi elas rolavam em meu rosto. Porque os acontecimentos foram intensos e os personagens pareciam tão reais no que estavam vivendo, que é como se eu os conhecesse e tivesse vivendo lá com eles. 



A diagramação do livro está simples, mas com um trabalho muito bonito. A arte da capa está linda. Fiquei toda apaixonadinha. As páginas são amareladas, a fonte de um tamanho um pouco menor, mas que não atrapalha a leitura. Encontrei raros erros de revisão. A narrativa é em primeira pessoa, então dá para conhecer bem os pensamentos egoístas da Melissa. Quero deixar os meus parabéns para a Verus em apoiar a literatura nacional, porque temos talentos incríveis, prova disso o livro lindo da Ana. 

Eu amei a leitura, percebi que a nossa prodígio realizou algumas pesquisas, além de um trabalho social lindo e admirável que ela se propôs, afinal ela fala da ABRELA  (Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica). No enredo conhecemos (no meu caso) essa doença, que faz com que o corpo vai se paralisando. O cérebro funciona perfeitamente bem, mas essas informações não vão para o corpo. Ana não traz uma profundidade sobre o assunto, mas fala sobre no decorrer do livro e o mais importante é que parte das vendas do livro é revertido para doação para o projeto ABRELA. Para saber mais sobre este projeto lindo acessem: http://www.abrela.org.br/

Essa leitura foi muito especial, porque ela me fez refletir bastante e me fez olhar para o meu próximo bem mais do que eu já fazia. As vezes perdemos tempo nos lamentando e não olhamos para o nosso lado, onde existe pessoas, que dariam de tudo para ter um terço da vida que temos. Claro que não dá para generalizar tudo, mas o fato de fazer um pouco já é um começo. Tente procurar algo que possa fazer para os outros, faça o bem sem olhar a quem, isso traz engradecimento e alivia a alma, podem ter certeza. 

Eu recomendo essa leitura simples e gratificante. Eu recomendo porque mudanças ela vem de dentro e muitas vezes a pessoa precisa de alguém para olhar por ela e ajudá-la, as vezes o grito de socorro, vem do silêncio. Observe. Esteja atento. E jamais negue auxilio para alguém, mesmo que você ache que a pessoa não mereça. Depois que li este livro, a minha falta de paciência com Melissa se tornou insignificante e me fez ver, o quanto é mais fácil desistir e deixar pra lá. São poucas  pessoas que insistem, passei a olhar melhor e persistir. Isso fez um bem tão grande que me sinto renovada. São leituras assim que traz enriquecimento para dentro de nós. Leiam!

Então era isso? Era assim que iria terminar? A última lembrança que eu teria dele seria aquela? Encostei a testa na parede, colocando as mãos na cabeça enquanto tentava acalmar a respiração.

Espero que tenham curtido, fico muito feliz em fazer essa resenha, de trazer um pouco da história e juro que me segurei para não sair spoilers rs, porque não canso de falar dessa história. Foi uma leitura maravilhosa. Gostei muito!

Xero!!!!

Leituras de Outubro!!


Olá pessoas!!!!!
Tudo certinho com vocês??

Andei meio sumida, mas a faculdade me chamou e ai eu não pude virar as costas rs. 
Mas, hoje eu venho com minhas 4 leituras de Outubro, até achei que fosse ler menos, mas quando vi, o saldo foi interessante.


Cara amei a leitura desse livro... foi uma leitura rápida, dinâmica e eu me senti dentro do Reality... a Mari me surpreendeu mais uma vez com sua capacidade maravilhosa de criar histórias.


Este livro foi uma grata surpresa, jamais imaginei que fosse gostar tanto de ler estas fábulas... Luiz está de parabéns... porque ele conseguiu reunir fábulas e dar outros sentidos para elas. Eu me senti bem envolvida com algumas histórias.


Aiiiiii que livro muito amorzinho esse... não consigo parar de pensar nele, nos personagens... na história e as reflexões que ele me trouxe. Amei a leitura dele... não consegui parar por nenhum segundo... Vivian conseguiu me conquistar.


O que falar da escrita de Vianco neste livro? Foi um máximo lê-lo... e o li tão rápido que quando acabou eu queria mais. Adoro histórias macabras com crianças, mas que fiquem apenas nos livros viu gente... para quem gosta de um horror um pouco mais simples, mas cheio de adrenalina e que faz o coração acelerar... leia este livro... Recomendo e muito!

Bom por hoje é só... espero que tenham curtido. Xero!




Tagarelando com Heloisa... Intenso

Olá pessoal tudo bem?

Esse texto tem alguns anos que escrevi e resolvi compartilhar com vocês. É um texto intenso como o próprio nome diz, uma mistura de amor proibido, com desejos avassaladores. Espero que gostem!

Bjs



Intenso
Por Heloisa Fernanda


Senti o gosto do mel a escorrer dos lábios seus.
Senti o brilho do seu olhar a me penetrar.
Senti o toque quente das suas mãos a me tocar.
Senti o sussurrar das suas palavras nos ouvidos meu.
Despertou em mim aquele sentimento avassalador que dormia e que se ressentia para não despertar...
Vi a profundeza do seu olhar e senti o quanto deseja me amar.
Quão contraditórios são os meus desejos...
Sinto um abismo em mim, que mesmo se cair não vai aplacar a intensidade do meu amor.
Que amor é esse? escondido, insano, imenso, selvagem e eterno...
Mil anos podem passar, mas não vou deixar de te amar!

Novidades Darkside

Olá, Pessoal. Tudo bem? Vamos ver as novidades que a Editora Darkside tem para nós?

Para quem ainda não conhece a Darkside, ela é a primeira editora brasileira dedicada ao terror e fantasia, suas edições são sempre especiais feitas de fã para fã.

Disponibilizado no Facebook
da editora (aqui)
O lançamento do livro "Viva la Vida Tosca" do André Barcinski e João Gordo será hoje às 18h na Livraria Cultura unidade Paulista em São Paulo, com um bate-papo com os autores e depois uma sessão de autógrafos. Mais informações acesse o link do evento criado pela editora (aqui).

Caso você não consiga ir hoje, não se preocupe. No dia 25/11 (sexta-feira) às 18h na Livraria Nobel do Shopping Metrô Tatuapé também terá um bate-papo com os autores e sessão de autógrafos, link do evento (aqui).

Sinopse:O Brasil todo conhece João Gordo, o carismático e polêmico apresentador de TV e vocalista da banda punk Ratos de Porão. Por mais de vinte anos, João tem sido uma figura importante da cultura pop nacional, famoso por seu jeito escrachado e espontâneo, um personagem amado e odiado com igual intensidade.  Se todo mundo conhece João Gordo, poucos conhecem João Francisco Benedan. Em João Gordo- Viva la Vida Tosca, ele conta, em primeira pessoa, toda a história de uma vida fascinante e desconhecida, por vezes hilariante, outras vezes triste e comovente. Com seu jeito sincero e sem papas na língua, João fala de tudo- das brigas com o pai, da história do punk brasileiro, de sua trajetória incomum na TV, de sua transformação em ídolo infanto-juvenil e dos excessos – de drogas, álcool e ego – que quase lhe custaram a vida.  O livro João Gordo é narrado em primeira pessoa, com o linguajar típico de João Gordo, e foi escrito pelo jornalista André Barcinski, que entrevistou João por quase dezoito meses. O resultado é um relato inesquecível da vida de uma figura incomparável de nossa cultura pop, um punk que se tornou ídolo da molecada e que nunca mudou seu jeito de ser.  
Disponibilizado no Facebook
da editora (aqui)

Andrea Killmore é um codinome para uma autora que ninguém sabe o nome ou viu seu rosto, ela é tão misteriosa quanto sua obra! Continuar uma incógnita é fundamental, por isso não esperem por entrevistas ou eventos públicos com ela.

A obra está prevista para sair dia 30/11/16... Mas o que podemos esperar de Bom dia, Verônica?
Sinopse:
Andrea Killmore faz sua estreia com um livro que está destinado a se tornar uma referência na literatura policial brasileira. Amiga íntima do perigo, ela é uma revelação que não pode ser revelada, e seu verdadeiro nome continua um mistério. Em outra vida, ela foi alguém importante dentro da polícia. Após trabalhar infiltrada em um caso e sofrer uma grande perda pessoal, viu-se obrigada a assumir uma nova identidade. E com ela, uma nova vocação. Assim nasceu Andrea Killmore. Em 'Bom dia, Verônica', acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. No entanto, essas investigações teoricamente simples se tornam verdadeiros redemoinhos e colocam Verônica diante do lado mais sombrio do homem, em que um mundo perverso e irreal precisa ser confrontado. Andrea Killmore compõe thrillers como os grandes mestres, e sua experiência de vida confere uma autenticidade que poucas vezes encontramos em suspenses policiais, vibrante e cruel — como a realidade.
Disponibilizado no Facebook
da editora (aqui)
Diário de uma escrava de Rô Mierling está previsto para sair dia 30/11/16.
Sinopse:
No Brasil, todo ano, 250 mil pessoas desaparecem sem deixar vestígios. Desse total, 40 mil são menores de idade, dos quais um terço são meninas destinadas a fins sexuais. Muitas escapam ou são encontradas, contando histórias terríveis; outras nunca mais são vistas com vida. Laura foi raptada e jogada no fundo de um buraco por um completo desconhecido. Ela vê sua vida mudar, e passa a descrever com detalhes íntimos cada dia, cada ato, cada dor que o sequestro e o aprisionamento lhe fazem passar. Estevão é um homem casado e trabalhador, mas que guarda em seu íntimo uma personalidade psicopata. Ele percorre ruas e cidades se apossando da vida de meninas ainda muito jovens. Mergulhando fundo nessa fantasia, ele destrói vidas, famílias e sonhos, deixando atrás de si um rastro de dor e morte. Narrado em forma de diário, o livro acompanha os momentos mais cruciais da vida de Laura, período em que algo dentro dela também se modifica de uma forma inimaginável em busca da sobrevivência. Publicado originalmente na plataforma digital Wattpad, onde já teve mais de um milhão e meio de leituras, Diário de uma Escrava apresenta um retrato duro, cruel, abominável, mas infelizmente mais comum do que se imagina, no Brasil e em todo o mundo. A obra de Rô Mierling é, acima de tudo, um alerta para todas as mulheres. Através dele, a autora denuncia os diversos tipos de violência que muitas mulheres são obrigadas a suportar em silêncio e nas sombras da sociedade.

Disponibilizado no Facebook
da editora (aqui)
Ultra Carnem é o novo livro de Cesar Bravo lançado no último sábado (19/11).
Sinopse:
Era um encontro inevitável. De um lado, a Caveira querendo publicar revelações da literatura de terror nacional. Do outro, um farmacêutico carismático com um toque de O médico e o monstro desejando dar voz as possibilidades sombrias que corriam em suas veias. O pacto foi selado em latim e da união entre Cesar Bravo e a editora mais sombria do mercado nasceu um livro visceral. Ultra Carnem expande a sua obra mais popular, quatro histórias inéditas que despem o irreal e tem como elo um olhar sarcástico de quem observa o mundo e compreende que na disputa entre o céu e o inferno nós somos o prato principal. Narrativas insanas, repletas de pactos, demônios, conversas capciosas, sangue, socos na boca do estômago e  bom, a gente não vai contar tudo. Só o que podemos revelar é que Ultra Carnem expande em muito a mitologia criada por Cesar Bravo, dando detalhes assustadores sobre a infância e a obra maldita de Wladimir Lester, o estranho menino pintor. Além disso, o autor mostra até onde vai a fome de um homem desesperado pela fama ou por uma vida mais digna por direito. A caminhada segue sem pudores expondo a fragilidade de cada um de nós. Por fim, o leitor fica com a sensação de que nós, humanos, não devemos bancar o esperto. E que não existe a possibilidade de enganarmos o céu e o inferno. 
E aí, gostaram? Estão animados? Deixem seus comentários, ok?

Novidades no Mundo dos Mangás e Animês

Olá, tudo bem com vocês? Hoje teremos algumas novidades sobre as produções orientais (que eu amo!), espero que gostem...

Inúmeras vezes, vi nos comentários nos blogs que acompanho, como tem muita gente que nunca leu um mangá e em alguns momentos até confunde com estilo, mas os mangás são como livros, há para todos os gostos: terror, romance, comédia, ficção científica e muitos outros, quer um exemplo?

Já ouviu falar de H.P. Lovecraft? Uma lenda em se tratando de ficção fantástica voltada para o terror, suas histórias foram baseadas em pesadelos que teve e foram colocados em palavras, porém agora podemos vê-los através de desenhos em uma adaptação para o mangá, três histórias em volume único pela Editora JBC: O templo, O cão de caça e A cidade sem nome.
Sinopse - O one-shot traz 3 histórias:
O Cão de Caça - uma história sobre dois amigos que tinham um mórbido interesse em roubar sepulturas e guardar "souvenirs" de suas expedições noturnas.
O Templo - dois militares de alta patente da Marinha Imperial Alemã, durante a 1ª Grande Guerra Mundial, encontram um manuscrito que contém um mistério sobre o que há no fundo do oceano.
A Cidade Sem Nome - um conto sobre velhas ruínas localizadas em algum lugar nos desertos da Península Arábica, e são mais antigas que a própria civilização humana.
Se você nasceu nas décadas de 1980 ou 1990 provavelmente já ouviu falar de Os Cavaleiros do Zodíaco, que já rendeu diversas obras publicadas aqui no Brasil como Os Cavaleiros do Zodíaco - Episódio G (Editora Conrad), Os Cavaleiros do Zodíaco - The Lost Canvas Gaiden (Editora JBC) e agora em comemoração aos 30 anos temos mais dois lançamentos pela Editora JBC:

Sinopse:
Conheça a história cativante das Saintias, a ordem dos Defensores de Athena apresentada nesta nova aventura do universo dos Cavaleiros do Zodíaco! O palco da história é a noite anterior à Guerra Galáctica. Saori finalmente decide aceitar o seu destino em ser a Deusa Athena e lutar contra o mal que tenta se apoderar do mundo.
Aproveitando-se da distração causada pelo início do torneio, Éris, a Deusa da Discórdia, pretende invadir o Santuário. Mas a divindade maligna não contava com as Saintias, uma tropa de elite formada apenas por mulheres que servem diretamente Athena!

Sinopse:
Sempre que as Forças do Mal ameaçam a Terra, os lendários Cavaleiros de Atena surgem para defendê-la. Em nossa era, um grupo de jovens dotados de grande poder e idêntica coragem são reunidos por Saori Kido para proteger a paz no mundo contra forças obscuras que emergem do Santuário, na Grécia, o berço dos Cavaleiros.
E assim têm início as aventuras de Seiya de Pégaso, Shiryu de Dragão, Hyoga de Cisne, Shun de Andrômeda e Ikki de Fênix. Órfãos, eles unem suas forças para combater o Mestre Ares e deuses malignos – como Poseidon e Hades.

Você curtia a Sakura Card Captors? A animação que chegou a passar na Rede Globo ou no mangá? O tempo está passando, já faz vinte anos que essa história foi lançada no Japão, aqui no Brasil a Editora JBC até relançou os mangás em edição especial de luxo. Porém, são vinte anos de sucesso e não apenas alguns meses, que não poderiam passar batido, por isso será lançado à continuação da história em mangá que será baseada no novo animê, ambos não possuem divulgação sobre a data prevista para lançamento no Japão e no Brasil.

Se você quer rir muito, é imprescindível que você conheça Yo-Kai Watch lançado pela Editora Panini no segundo semestre deste ano. Um jogo de RPG criado pela Level-5 Inc. que fez tanto sucesso que virou mangá e animação. Hoje temos os três primeiros volumes lançados no Brasil, com o quarto previsto para sair ainda este mês e também temos a dublagem da animação que está em andamento aqui em São Paulo.
Sinopse:
Natham Adams era um estudante normal, que levava uma vida pacata até o dia em que acabou libertando um Yo-kai e ganhando um estranho objeto chamado Yo-kai Watch. Com ele, Natham passou a enxergar seres fantásticos normalmente invisíveis aos humanos, e resolveu fazer amizade com eles!!
E aí, o que vocês acharam do post? Das novidades? Deixem seus comentários, ok?


Resenha #305 - Serviço Secreto - Lee Child

Livro cedido pela editora
Título: Serviço Secreto
Título Original: Without Fail
Série: Jack Reacher – volume 6
Autor: Lee Child
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 420
Formato: Livro
Classificação: 4.0

Esse é o sexto volume da série Jack Reacher, mas não se faz necessária a leitura dos cinco anteriores para entender a história. Entretanto, não posso afirmar que neste volume não há spoilers sobre os anteriores, pois ainda não os li.
Eles o descobriram em julho e ficaram com raiva durante todo o mês de agosto. Tentaram mata-lo em setembro. Era cedo demais. Não estavam prontos. O atentado foi um fracasso. Podia ter sido um desastre, mas na verdade foi um milagre. Porque ninguém percebeu.

Muitos nem sabem sobre a sua existência, outros o consideram um fantasma por ser impossível de localizá-lo, mas para M.I. Froelich foi um pouquinho trabalhoso, mas não impossível encontrar o ex-militar Jack Reacher, sobre quem ouviu falar a muito tempo atrás.
— Quero contratar você – afirmou ela. — Uma espécie de recomendação póstuma de Joe. Por causa do que ele costumava falar de você. Ele falava de você, de tempos em tempos.
Reacher assentiu.
— Me contratar pra quê?
[...]
— Eu quero contratar você para assassinar o vice-presidente dos Estados Unidos.




Mas cuidado, pois nem tudo é o que parece ser...

Algo grave está acontecendo no Serviço Secreto, alguém deixou uma ameaça ao vice-presidente recém-eleito, agora eles precisaram descobrir “quem”, “porque” e “como” iram impedir que isso realmente aconteça.

Essa obra foi feita para nos deixar tensos e perplexos, a narrativa não tem nada de previsível, além de ser intrigante e detalhista, em alguns momentos até se tornou excessiva. As notícias boas? Primeiro é que isso não ocorre durante todo o livro, no geral, até que foi bem dosado. Segunda é que para quem gosta de detalhes irá se amarrar no Lee Child.

Os personagens foram elaborados de tal maneira que nos afeiçoamos a eles facilmente e conforme avançamos na leitura a curiosidade de saber que vai acontecer depois só aumenta e isso continua até as últimas páginas mesmo! Foi ótimo encontrar um romance realista – sem extremos como encontro de almas ou apenas sexo, foi algo mais crível de acontecer – e humor que encaixaram muito bem na trama como um todo.
[...]
— Você sabe das coisas, hein?
— Consigo ler mentes – disse Reacher. — Eu tinha uma barraquinha num parque de diversões. Bem do lado da mulher barbada. Vocês também tinham uma, não tinham? Umas três barraquinhas à frente? “Os gêmeos mais feios do mundo”?


Acompanhar os joguinhos e alfinetadas entre as agências mais importantes dos Estados Unidos deixou claro o quanto o ego não controlado pode afetar o resultado. A melhor lição do livro foi: saiba quais seus limites e suas fraquezas tanto quanto seus pontos de destaque, saiba assumir quando seu concorrente é melhor que você e quando se deve deixar o ego de lado e unir forças para conquistar um resultado positivo.

As páginas são brancas, de gramatura baixa, com fonte e espaçamento entre as linhas de tamanho médio. Infelizmente, notei sete erros no texto.

Página 81 linha 28 – olhada o meu – certa: olhada no meu.
Página 156 linha 14 – feiro antes – certa: feito antes.
Página 235 linha 16 – isto não uma – certa: isto não é uma.
Página 252 última linha – não falava com ela – certo: não falava com ele, pois estão comentando sobre o Joe.
Página 325 linha 28 – quando – certa: quanto.
Página 352 linha 2 – a casa era maior do aparentava – certa: a casa era maior do que aparentava.
Página 358 linha 31 – garotos durões quem saem – certa: garotos durões que saem.

Recomendo para quem gosta de ficção, mistério e literatura investigativa com muita ação.

Pessoal, vocês já leram essa obra? E os outros volumes? O que acharam? Deixam seus comentários.


Tagarelando com Heloisa... Angústia...



Olá pessoal tudo bem?

Hoje o texto está meio sombrio, mas nos faz refletir sobre muitas coisas, inclusive para onde está caminhando a humanidade.
Será que alguém já passou por isso, por esse sentimento de perda, negação, tristeza e falta de esperança?
Talvez seja a tal depressão que anda pegando todos, um mal que não vemos e quando se instala causa muitos estragos.
Ou seria uma ameaça a humanidade que parece ter se esquecido das coisas boas da vida?
Vamos refletir sobre nós e o outro, pois será que estamos aptos a ajudar?

Bjs



Angústia
Por Heloisa Fernanda



Quero expressar minha tristeza...
Não sei por quanto tempo irei aguentar, dói tanto que parece que algo vai quebrar.
Tudo que vejo é sem cor, sem vida e sem amor.
Não sei onde me perdi e nem sei se posso me encontrar.
Dizem que o amor salva, mas já não acredito no verbo AMAR...
Olho para um lado, olho para o outro e vejo um vazio em mim, no outro, nas ruas a circular por aí.
O que se passa, para onde vamos, o que acontece?
Ninguém se vê, ninguém se entende.
As pessoas correm, se atrasam, se perdem e nem percebem.
Eu vejo a dor, a tristeza e não enxergo a esperança.
Será que sou eu ou o mundo que está de ponta cabeça?
Vejo uma criança sorrir e vejo um brilho em seu olhar, será?
Uma centelha de luz que brilha em seu ser, a esperança reside ali...
Por quanto tempo não sei, talvez seja apenas uma pequena ilusão.
Eu queria poder acreditar em mim, no outro, na vida.
Não posso, sinto-me como se estivesse morrendo.
Talvez de medo, de dor, de solidão, quem sabe de incompreensão.
Procuro um afago, um abraço, um amigo e não acho.
Estou sozinho, sem rumo e perdido...
O que fazer quando se perde a essência de viver?
Nos resta esperar mais um anoitecer.