Resenha #313 - A Garota do Calendário - Fevereiro - Audrey Carlan


Título: A Garota do Calendário
Fevereiro
Autor(a): Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 135
Nota: 4/5
Classificação +18

Resenha: AGDC - Janeiro

O cabelo castanho-claro, com mechas naturais em nuances douradas e avermelhadas, estava preso em um pequeno coque. A mandíbula era perfeita, e os lábios grossos eram margeados por uma barba cuidadosamente aparada. 
Olá povo!!!!!

Eu estou curtindo demais ler essa série. Não sou chegada a algo muito hot. Até agora senti a história e o hot é bem simples e nada vulgarizado. Sou contra também a leituras de livros com poucas páginas, porque a impressão que sempre dá, pelo menos para mim, é que sempre falta algo. Mas nesta série não tenho sentido isso, até porque o enredo central já sabemos e ai é só curtir os meses. 

Neste mês de Fevereiro Mia vai conhecer um famoso pintor: Alec Dubois. Ela vai ficar em seu ateliê, porque será uma de suas modelos. O que ela não esperava era encontrar um cara incrivelmente sexy e que a ensinaria a se olhar e a se gostar mais ainda.

Assenti e mordi o lábio. Ele levantou a mão e traçou o centro do meu rosto com o dedo. Partiu a linha dos cabelos, passou pela testa, por cima do nariz, entre os lábios e parou no queixo.

Mia sente falta de Wes, seu cliente do mês de Janeiro, e algumas vezes sente que o trai, mesmo que entre eles não exista mais nada e que tenham se tornado amigos. Mas com Alec as coisas acontecem de forma diferente. A atração entre os dois é imediata, mas ele se mostra o cara maduro que é e vai mostrando a vida de uma maneira realista, mas também poética. A arte pode ser muito mais reveladora do que se pode imaginar.

Durante a estadia de Mia na casa de Alec, ela vai aprendendo que se pode viver grandes paixões e deixar um pouco de si em todos os momentos que conviver com as pessoas. Ela aprendeu coisas sobre seu corpo que ela não conhecia e sensações ainda inexplicáveis. Alec mostrou para ela que a vida não imita a arte, mas que se pode tirar o melhor de tudo através dela. Ter um olhar crítico sobre a forma e expressão humana, pode ir muito mais além do que se pode prever ou imaginar.

-Fazer amor? - Eu ri, apesar de suas palavras me deixarem quente e incomodada; elas eram quentes... e me deixaram incomodada... de verdade!
-Claro, chérie. Os franceses fazem amor. E existem muitas formas de fazer.

Eu gostei demais deste mês. me diverti e me senti envolvida com os acontecimentos. Percebi que tudo é subjetivo e que quando você quer algo, você precisa fazer alguns sacrifícios e seguir em frente com seus projetos. Aprendi a me olhar melhor e a me amar mais do que já amo. Aprendi que a aparência pode ser reflexo do que você está sentindo diariamente. Nem tudo são flores, mas se você empurrar com a barriga, nada vai acontecer e você fica estagnada vendo a vida passar.



A diagramação do livro é bem simples. A capa revela o que pode acontecer na história, sempre retratando a Mia. Não encontrei erros de revisão e as folhas são amareladas, uma fonte de tamanho médio e completamente confortável para a leitura. Tudo é de fácil entendimento e a leitura flui rapidamente.

Não encontrei nesta leitura apenas sexo. Tem uma história por trás. Vemos que a vida de Mia não é fácil e os sacrifícios que ela já teve que fazer em nome do amor que sente pelo pai e pela irmã sã notáveis. Ela está aproveitando os momentos como acompanhante de luxo é claro que está. Seria hipocrisia seu eu dissesse que não me deixaria levar, ainda mais porque Alec é um cara envolvente e muito encantador, quando você menos percebi, está completamente envolvida pelo seu charme. 

No mais, eu recomendo a leitura para quem gosta de romance, pitadas de drama, relação familiar e hot.

Ele me abraçou tão apertado quanto eu. Possivelmente ainda mais. Mesmo que eu ainda tivesse alguns dias, esse era o momento do qual eu me lembraria por toda a vida. O momento em que percebi que existem várias formas de amor, e que é possível dar um pedaço de si para uma pessoa, ainda que ela não mereça.

Xero no coração de todos!!! 

7 comentários

  1. Tenho lido muitas resenhas sobre esses livros, mas ainda não tive tempo de ler nenhum, quem sabe nas férias !
    Obrigado pela visita em meu blog... Beijos 😘 e um Feliz 2017
    Minhas Inspirações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... assim que der leia Sara.. eu estou curtindo... até agora o que menos gostei foi de Março... mas não que seja ruim... xero!!!

      Excluir
  2. Oooi!!

    Eu estou muito ansiosa para ler essa série, apesar de ainda não ter tido oportunidade. Pelo menos com relação ao primeiro livro, as pessoas são quase unanimes ao dizer que é muito bom! Mas você acredita que eu vi o Fevereiro numa lista de piores leituras do ano? Pois é :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... Fernanda..
      Como assim gente!!!! Eu amo o primeiro ele está no topo por enquanto... mas não achei o dois ruim... eu gostei muito pelo que percebeu na resenha... até agora gostei menos de Março... Xero!

      Excluir
  3. Olá!!!
    Essa série em um primeiro momento me chamou atenção, mas depois que li resenhas e vi do que se trata, decidi não fazer essa leitura. Realmente não é um enredo que eu goste e o fato de serem 12 livros me leva a crer que a história irá decair pois a história é muito fraca para tantos volumes.
    Do mais sua resenha está ótima
    Beijuh

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Já li muuuuitas resenhas sobre a serie da garota do calendário... infelizmente,ainda não me animei e acho muito dificil que aconteça... Eu não gosto da escrita nem do enredo :/
    bjss
    :)

    ResponderExcluir
  5. Oi Di, sua linda, tudo bem?
    É a primeira resenha dessa série que vejo uma mensagem positiva. Achei lindo quando você disse que aprendeu a se olhar e a se amar mais. Que bom que você está gostando da série. Mas confesso que não consigo ler, Di. Acho muito incoerente o discurso da personagem em relação às suas atitudes. E você sabe que sou muito romântica, não consigo aceitar ela se envolver quase todos os meses com um cliente novo. Acho que só em alguns livros que ela não se envolve. Mas ela série é bem polênica e tem dividido os leitores, uns gostam e outros não, risos... Adorei sua resenha apesar disso, você trouxe um outro olhar sobre o livro que eu não conhecia.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!