Livros lidos até a página 100 #31



*Primeira frase da página 100:

Que fotos?

*Do que se trata o livro?

O livro conta a história de uma menina que sumiu e depois reapareceu sem lembrar de exatamente nada. Nem do seu próprio nome. Ela é rica, é linda, tem um namorado que é um fofo e todo paciente, tem amigas fiéis, status e parecia que todos ao seu redor a odiava. Só que Samantha após reaparecer não consegue se enxergar dessa forma e começa a perceber o quão horrível ela era, mas porque nada vem em sua mente? Porque nada faz muito sentido? Perguntas... e mais perguntas... leiam.

*O que está achando até agora?

Bom foram as primeiras páginas mais essenciais que li... desde a primeira frase do livro já sabia que não conseguiria parar de ler... é o que está acontecendo nesse momento. Sinceramente estou gostando muito.

*O que está achando da protagonista?

Ainda não há muito o que dizer de Samantha, afinal de contas ela está sem memória. Se sentindo perdida. Confusa. Sem saber como deve agir. A única coisa que pude perceber é que antes desse sumiço, ela não era uma boa pessoa, mas isso na visão de outras pessoas. Mas não dá ainda para formar uma personalidade.

*Vai continuar lendo?

Sim... claro... com certeza... sem dúvida... preciso!

*Melhor quote até agora:

Porque nada estava bem, e nunca ficaria. Eu estava presa àquela vida da qual não me lembrava, presa no corpo daquela garota, a tal Samantha Jo Franco, e, quanto mais eu descobria a respeito dela, mais eu começava a detestá-la.

*Última frase da página:

Ele inclinou a cabeça na minha direção, e as sombras esconderam seus olhos. Esfreguei os meus, livrando-me dos últimos vestígios da soneca acidental.


*Meme Original do blog Estante Lotada se quiserem conhecer fiquem a vontade.

E ai alguém gostou da premissa? O que acharam? Alguém já leu? Deixem seus comentários.
Xero!!!

Suas Escrituras... William Shakespeare... Eu aprendi...

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje eu trago um texto poético do querido William Shakespeare, eu gosto muito desse texto e estava com vontade de trazê-lo aqui na coluna, mas sempre acabava esquecendo, hoje eu lembrei e aqui está.

Imagem retirada do google

Eu Aprendi
Por: William Shakespeare

Eu aprendi 
que a melhor sala de aula do mundo está aos pés 
de uma pessoa mais velha;

 Eu aprendi 
que ter uma criança adormecida nos braços  
é um dos momentos mais pacíficos do mundo;

Eu aprendi  
que ser gentil é mais importante do que estar certo;

 Eu aprendi 
que nunca se deve negar um presente a uma criança;

Eu aprendi  
que eu sempre posso fazer uma prece por alguém 
quando não tenho a força para ajudá-lo de alguma outra forma;

Eu aprendi  
que não importa quanta seriedade a vida exija de você, 
cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto;

 Eu aprendi 
que algumas vezes tudo o que precisamos é de uma mão para segurar 
e um coração para nos entender;

Eu aprendi  
que os passeios simples com meu pai em volta do quarteirão 
nas noites de verão quando eu era criança fizeram maravilhas  
para mim quando me tornei adulto;

Eu aprendi  
que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos;

Eu aprendi 
que dinheiro não compra "classe";

Eu aprendi  
que são os pequenos acontecimentos diários que tornam a vida espetacular;

Eu aprendi  
que debaixo da "casca grossa" existe uma pessoa  
que deseja ser apreciada, compreendida e amada;

Eu aprendi  
que Deus não fez tudo num só dia; o que me faz pensar que eu possa ?

Eu aprendi  
que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi  
que quando você planeja se nivelar com alguém,  
apenas esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi  
que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi  
que a maneira mais fácil para eu crescer como pessoa 
é me cercar de gente mais inteligente do que eu;

Eu aprendi  
que cada pessoa que a gente conhece deve ser saudada com um sorriso;

Eu aprendi  
que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi  
que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi  
que as oportunidades nunca são perdidas;  
alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Eu aprendi  
que quando o ancoradouro se torna amargo  
a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi  
que devemos sempre ter palavras doces e gentis  
pois amanhã talvez tenhamos que engoli-las;

Eu aprendi  
que um sorriso é a maneira mais barata de melhorar sua aparência;

Eu aprendi  
que não posso escolher como me sinto,  
mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi  
que todos querem viver no topo da montanha, 
mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi  
que só se deve dar conselho em duas ocasiões: 
quando é pedido ou quando é caso de vida ou morte;

 Eu aprendi 
Que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer. 

* * *

Então pessoas, o que acharam? Alguém já conhecia o texto?

Para quem tiver interesse de ver seu escrito publicado no blog, mande um e-mail para diana.canaverde30@gmail.com me sentirei honrada em publicar com seus devidos créditos!!!

Xero no coração de todos!

Tag #31 - O que preferes?

Hello pessoas, tudo bem?
Hoje venho com uma tag bem legal que achei no blog Fofocas Literárias. Eu gosto muito de responder tags, além de me divertir com as respostas é uma maneira dos leitores conhecer mais um pouquinho dessa pessoa que vos fala!!! Vamos lá!



**A tag consiste em você escolher entre duas coisas que estão relacionadas na pergunta, qual prefere ou mais gosta.

1. Trilogias ou livros únicos?

Eu prefiro trilogias, porque dependendo do enredo apresentado na história as vezes um livro não é suficiente para explicar os fatos e todo o contexto. Só que nesses casos o livro tem que ter história, um enredo, que mostre realmente valer a pena ser uma trilogia.

2. Autores do sexo feminino ou masculino?

Sinceramente eu não tenho preferência. Pra mim o que vale é a escrita, se o que ele (a) me propõe é uma história cativante. Feito isso pode ser de qualquer sexo rs.

3. Compras de livro nos sites Submarino ou Saraiva?

Isso é uma dúvida. Porque na Saraiva costumo não pagar frete na maioria das minhas compras, mas no Submarino os preços promocionais são melhores. Só que parando para pensar na Saraiva tem mais opções de livros, porque as vezes faço comparações e muitos livros que quero não tem no Submarino. Então escolho a Saraiva. (tá foi confuso rs)

4. Quando adaptado, filmes ou séries?

Eu gosto dos dois. As vezes uma série aproveita somente os nomes dos personagens como The Vampire Diaries e as vezes o filme pega o enredo de um livro e nome dos personagens, mas faz tudo completamente diferente do livro como foi em Um Amor Para Recordar.

5. Ler 5 páginas por dia ou cinco livros por semana?

Nenhum. 5 páginas por dia é pouco. 5 livros por semana é muito. Então eu coloco do meu jeito. 100 páginas por dia se o livro me prender e 2 a 3 livros por semana. (é o que geralmente acontece comigo rs)

6. Ser um revisor profissional ou autor?

Sou péssima com revisão. Confesso esse meu pecado, por isso opto por ser autora.

7. Ler apenas os livros favoritos ou ler livros novos?

Prefiro intercalar. Atualmente tenho uma grande quantidade de livros para ler entre essas duas opções. Então intercalo novos com preferidos. (dei uma paradas nas compras. SQN)

8. Ser um bibliotecário ou vendedor de livraria?

Ah eu prefiro ser vendedora, na biblioteca é legal, mas não tem muitas opções de livros para ler, falo isso porque a minha tia é bibliotecária e é burocrático solicitar livros novos. Os livros que costumo ler não ficam por lá rs. Já em uma livraria temos mais opções, principalmente quando vem com pequenos defeitos quase imperceptível e eu posso me oferecer para receber a doação rs.

9. Só lê seu gênero favorito ou prefere variar?

Variar é meio complicado, pois eu não tenho só um gênero preferido, mas levando em consideração colocando só um, prefiro o meu gênero preferido. (sou dessas chata)

10. Livros físicos ou eBooks?

Livros físicos sem dúvida. Ebooks são bons para quem  não tem problema nenhum de visão e que pode ler livros que não pretende comprar. Mas ter a sensação de tocar, sentir o cheiro de novo, abraçar, babar a capa, somente o livro físico pode proporcionar e eu adoro tudo isso.


E ai pessoas lindas? Podem falar o que preferem nos comentários, vou adorar saber a opinião de vocês.
Deixo a tag em aberto para quem sentir vontade de fazer e se fizer me convida, pois quero saber a sua resposta.
Xero no coração!

Resenha #110 - Obsessão - Maya Banks

Olá Pessoal, tudo bem com vocês? 
Muito obrigada pelos comentários nas resenhas anteriores. 

Livro adquirido pela resenhista
Capa de Portugal


Título: Obsessão – Vol. I
Trilogia: Breathless
Autora: Maya Banks
Editora: Leya - Quinta Essência
Páginas: 383
Classificação: 3.5
Indicada para maiores de 18 anos




Para começar, preciso dizer que esse tipo de história não faz meu gênero, comprei os livros porque amei a capa e nem li a sinopse (para variar kkk). Foi um pouco decepcionante, ok foi MUITO, decepcionante saber o tema abordado nessa trilogia, nada contra, mas me sinto um pouco acanhada em ler esse gênero.

Entretanto, que a verdade seja dita, eu até que gostei da história por trás das cenas calientes, foi uma leitura agradável (quando não estava me corroendo de vergonha), consegui me envolver ao ponto de ler os próximos volumes.

Sinopse: Gabe, Jace e Ash: três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conseguir tudo o que querem. Absolutamente tudo. O desejo de Gabe é realizar uma fantasia em particular com uma mulher que é o fruto proibido. Agora, ela está madura para a colheita. [...] Enquanto Gabe a conduz para esse mundo provocante, ela percebe que não sabe quase nada sobre ele nem sobre até onde suas exigências podem ir. A relação dos dois é intensa e obsessiva, mas quando cruzam o limite da secreta odisseia sexual para algo mais profundo, o caso deles corre o risco de ser revelado - e fica vulnerável a uma traição muito mais íntima do que eles poderiam esperar.

Se ele não conseguia perdoar a si mesmo pelo que havia acontecido, como podia esperar que ela o fizesse?
Ele ainda estava imerso em pensamentos quando ela deixou que a toalha deslizasse por seu pescoço. O olhar dela era de cansaço e derrota. Ele sentiu um aperto no peito ao notar que o brilho no belo olhar dela se extinguira.

Jace sempre foi muito controlador e quando o assunto é Mia, sua irmã mais nova, ele é mais ainda, toda vez que ela se envolvia com um rapaz, logo ele levantava a ficha do carinha para saber quem é que estava ao lado dela.

[...] Gabe já fez parte das fantasias de Mia mais de uma vez, desde que ela era uma adolescente apaixonada pelo melhor amigo do irmão. E daí se Gabe era quatorze anos mais velho? Mia sabia que não estava à altura dele, mas a atração só aumentou com o tempo. Ela é adulta agora, e não há razão para não fazer algo em relação aos seus mais secretos desejos [...]

[...] Ela gemeu suavemente, enquanto ele corria as mãos de maneira possessiva por seus braços, segurando-lhe os ombros e, depois, pelo pescoço até tomar-lhe o rosto entra as mãos. Beijou-a como se estivesse sido mantido preso longe dela e, finalmente, estivesse livre. Foi o tipo de beijo que ela vivia apenas em suas fantasias. Ninguém nunca a fizera sentir-se tão consumida pela ... paixão.

Eu gostei do enredo, ele é envolvente, as cenas de sexo são explícitas e com palavras um pouco mais rústicas. O livro flui bem, mas no final acontece muita coisa e em uma velocidade maior que no decorrer do livro.

Nesta edição encontrei alguns erros de síntese e trocas, como durante uma fala e colocam o "ele", mas na verdade era um "ela", isso deixou a leitura um pouco enervante em certos momentos e olha que não sou chata com relação a gramática e coisas do gênero!

Para quem não recomendo
* fica louco quando lê algo com erros de gramática, síntese ou de digitação;
* se sente desconfortável quando o assunto é sexo, ainda mais sexo explícito;
* não gosta de BDSM

Agora, se você gosta de romances eróticos e que contenham mais do que apenas sexo, provavelmente você irá se envolver e gostar desse livro.

Pessoal, gostara,? Deixem seus comentários, se já leram esse livro e o que acharam dele, etc...


Postado por Ninah Leal

Resenha #109 - Em Chamas - Suzanne Collins


Título: Em Chamas
Autora: Suznne Collins
Editora: Rocco
Páginas: 413
Resenha:

Essa resenha não tem spoiler do livro anterior.


Todos eles são assassinos altamente experientes, independentemente da forma física na qual pareçam se encontrar.

Em chamas vem divido em três partes: A Fagulha, O Massacre e o Inimigo. Eu sempre dou umas folheadas no livro antes de começar a lê-los, foi assim que descobri sobre as três partes. Eu fiquei muito ansiosa para iniciar essa leitura desde que terminei Jogos Vorazes, mas tinha outros livros na fila de compra e para ler também, ai a minha amiga super linda, resolveu me presentear com o livro, então dei meus pulinhos de felicidade e estou aqui resenhando pra vocês.

Bom a parte de A Fagulha foi interessante porque pude observar um pouco do que acontece após o final dos Jogos Vorazes, como fica a vida dos vencedores e como eles vão levando tudo isso. Tudo uma hipocrisia claro, porque enquanto muitas pessoas de alguns distritos ou quase todos morrem de fome, a capital dá uma festa onde tem muita comida e bebidas... algumas bebidas para que a pessoa possa vomitar e comer mais. Katniss a nossa protagonista fica horrorizada junto ao Peeta quando descobrem isso. Porque eles falam como se fosse algo natural. Isso me deixou completamente irritada me dando mais raiva ainda dessa capital.

Se eu detestei o presidente Snow no primeiro livro, neste segundo eu senti medo, raiva e nojo deste homem, fico imaginando estar cara a cara com ele... com esse olhar maquiavélico e cheio de veneno. Mas mesmo sentindo o medo de Katniss a flor da pele, fico super feliz com a coragem que ela demonstra diante dele, de como ela não se deixa intimidar com suas ameaças, mas sei também que ela precisa ficar mascarada, para proteger quem ela ama.

Ele ergue um dedo como que para dizer: "Só um instante." Em seguida se vira, e meu coração quase para de bater.
Estou olhando bem nos olhos de serpente do presidente Snow.

Katiniss está mais madura nesse livro, se bem que ela parecia também no primeiro, mas as coisas as vezes parecem fugir do controle e ela tem que lhe dar com muita pressão. Peeta, aparece mais na história e eu adorei o desenvolvimentos que a autora deu para ele. Ele continua sensível, sabe usar as palavras na medida certa e na hora certa. Não posso negar... eu gosto muito dele... eu acho ele um fofo... percebi que ele demonstrou calma nos momentos necessários e foi de grande ajuda para manter Katniss sob controle em algumas situações.

Na parte de O Massacre as coisas começam a esquentar. Katniss toma decisões que ela acha que é a melhor maneira e pede ajuda de Haymirch seu mentor, para que isso possa acontecer da melhor forma possível. Como temos a visão somente dela, porque o livro é narrado em primeira pessoa, passamos à acreditar que isso vai acontecer, ai eu te pergunto leitor, o que será que ocorre? Será que os planos de Katniss seguiram como ela traçou? O que posso dizer que minha queridinha abriu uma esperança que há muito tempo os distritos não enxergavam e isso vocês só vão comprovar lendo este livro. 

Ao longe, alguém está me chamando. Mas, no momento, dou-me o direito de não pensar nem nas pessoas que mais amo. Penso apenas em mim. E no que me espera.

E na parte de o Inimigo, percebi que alianças eram formadas de maneiras inusitadas deixando nossos personagens confusos e sem saber muito como agir diante dos desafios que vão aparecendo no decorrer da narrativa. Me vi algumas vezes com vontade de roer as unhas que há mais de 4 meses tinha parado. Eu mudava de posição no meu sofá e sentava na cadeira ou ia para o meu quarto e deitava na cama. A verdade é que eu me sentia incomodada. Porque eu ficava com os nervos a flor da pele por eles. Nossa já não bastasse toda a miséria que eles viviam ainda tinham que passar por tudo aquilo e ficava pensando, será que isso não vai acabar? Até quando? Só sei leitores que me vi dentro da trama do livro e senti algumas de suas dores, me envolvi por completo na história e só consegui respirar bem quando finalizei a leitura.

Eles podem fazer qualquer coisa comigo agora, eu nem terei condições de ver o que vai acontecer.

Suzanne continuou me ganhando nesse livro. Com sua forma de escrever personagens incríveis e bem construídos. Uma Ambientação revoltante, mas totalmente original. Sim essa é uma distopia que me ganhou e que me cativou por inteiro. É uma sequência que te traz vários tipos de sentimentos. Eu me vi dentro do livro por várias vezes e quis brigar por eles. Quis enfrentar esse presidente sádico e essas pessoas da capital que se animam com o massacre de outras pessoas, sem se importar em um banho de sangue. 

Das três partes do livro eu confesso que gostei mais do Inimigo. A autora te coloca para pensar e mesmo sem poder, faz com que você possa ajudar a Katniss a confiar, o que é muito difícil nesse livro, mas ainda assim ela confia, porque por mais que ela tenha amadurecido, ela ainda é uma menina. Uma adolescente que é obrigada a viver coisas que jamais imaginou. É como se tivesse uma carga em suas costas que a cada passagem do livro, só pesa e só aumenta. Sim ela é uma personagem que gosto., admiro e torço. Tivemos personagens novos na trama, personagens secundários que fizeram total diferença no enredo, finalizando o livro de uma maneira que eu só posso dizer... Preciso de A Esperança logo.



A diagramação do livro é simples, mas temos um tordo bem desenhado e após você ler o livro você vai entender o verdadeiro significado do círculo que está em volta dele, pelo menos pra mim ele teve um significado após a leitura. As folhas são amareladas e fez com que a leitura fluísse de maneira natural e totalmente confortável. A fonte é de tamanho médio e o livro tem um tamanho um pouco menor do que os convencionais e é um pouco pesado de maneira que, ler a pé no ônibus, não compensava muito, mas eu li a maioria em casa. Não percebi erros de revisão. Foi uma leitura digna dos cinco livrinhos que eu dei. 

Porque, às vezes, acontecem coisas com as pessoas com as quais elas não estão preparadas para lidar


Esse livro faz parte da:

Bom meus amores, espero que tenham gostado, deixem as suas opiniões.

Participem das promoções que estão rolando no blog, é só clicar nas imagens da lateral a sua direita do computador.

Xero e boa semana!!!


Promoção: 2 anos do Blog Minhas Escrituras


Hello People!!!! Tudo bem com vocês???
O blog Minhas Escrituras vai fazer aniversário de 2 anos no dia 24/02 e preparou uma ótima festa de prêmios junto com blogs amigos para presentear você leitor.
Isso mesmo! Você leitor que está sempre nos acompanhando e deixando seus comentários ao longo desses anos e uma maneira de agradecer por isso é presenteado vocês... 
Vamos lá???


REGRAS:
**Ter endereço de entrega em território nacional**
**Ao visitar os blogs no facebook é necessário curtir a página**
**Cumprir as regras obrigatórias**
**O Blog Minhas Escrituras, a editora e a autora não se responsabilizam pelo extravio dos correios ou pelo endereço repassado errado**
**Deixar um comentário com seu e-mail válido para contato**
**Perfis fakes/promocionais não serão aceitos. Caso constatado, o ganhador sera desclassificado sem aviso prévio.**
**Após o sorteio será enviado um e-mail ao sorteado e ele (a) terá um prazo de 48 horas para responder, caso contrário, será realizado um novo sorteio**
**Cada blog, editora e autora é responsável pelo envio dos prêmios e terão um prazo de 45 dias para o envio após a recepção do endereço**








BOA SORTE A TODOS!!!!

Resenha #108 - A Verdadeira Bela - Li Mendi

Livro cedido pela autora para leitura e resenha

Título: A Verdadeira Bela
Autora: Li Mendi
Editora: Highlands
Páginas: 159


Se os outros não conseguem enxergar a beleza do seu amor, ele não é menor, por isso é seu e cada um sabe a alegria e a dor de perseguir o amor que se tem.

Começo a resenha desse livro dizendo que a autora Li Mendi é uma fofa. Eu li a resenha dele no blog da querida amiga Andressa e acho que foi lá que a autora leu meu comentário, onde eu dizia que queria ler o livro, porque havia gostado muito da resenha. Então conversamos e fechamos essa parceria, a qual eu gostei muito.

A história tem a narração intercalada entre Nicole e Fernando os nossos protagonistas. Eles se conhecem de uma maneira inusitada em um shopping (não vou citar a maneira como isso aconteceu, para não soltar spoiler). Desse encontro ele almoçaram juntos e pareciam que se conheciam desde sempre. Nicole com seu jeito tagarela de ser e Fernando um ouvinte. Ela com seu jeito espontâneo e ele com seu jeito comedido. Ela toda atrapalhada e ele se divertindo com a situação. 

Minha santa das mulheres impossíveis, eu não o conheço a vinte minutos, limpe meus pensamentos! Nicole pág. 10.

Nicole estava a procura de um emprego. Tinha uma entrevista marcada e estava completamente nervosa, pois seria a realização de um sonho trabalhar naquela empresa grandiosa, a qual escolheu para fazer o seu futuro. Eu gostei dela, porque ela tem um jeitinho especial atrapalhado e bem divertido. Sorri demais com ela. De seus pensamentos e ações. 

Queria ser menos visceral, juro, fico alarmada com quem sente a vida apenas na sua superfície, ao passo que poucas palavras podem abalar as colunas que me sustentam. Nicole pág. 7.

Fernando é um homem bem sucedido, acredito que é divorciado, tem três filhos lindíssimos e sapecas e mora em um belíssimo apartamento de luxo em um condomínio chiquérrimo. Ele é sério, sexy, carinhoso, charmoso, lindo, tem olhos azuis escuros. Poderia ficar aqui falando deste homem o dia inteiro e não teria adjetivos negativos para falar dele rs. Ele é simplesmente encantador, mas tem um vida corrida por causa do trabalho e ainda precisa dividir a sua atenção com seus filhos pequenos. 

-Mulheres com mulheres são mais cruéis. Os homens são movidos pela força física, normalmente. As mulheres conhecem exatamente onde ferir a outra com uma precisão cirúrgica psicológica para que a vítima nunca mais esqueça. Fernando pág. 152.

Eu gostei da narrativa. Li me conduziu por uma história divertida e bem romântica. Ela me trouxe uma visão de que as coisas estão escritas e que o destino é apenas uma consequência em nossas vidas. Eu tenho a visão de ser mãe solteira, por que sou uma, mas jamais imaginei a visão de um pai solteiro. Mesmo que ele seja rico e tudo mais, percebo que Fernando sente falta de dar mais atenção aos seus filhos, porque além de muito trabalho ainda tem as viagens e isso não é nada fácil. Ele quer um futuro para eles, como um pai zeloso que é. 

Da mesma forma que Nicole luta pela sua independência financeira. Ela é recém formada e quer muito trabalhar em uma boa empresa e ganhar bem. Esse é o sonho de todo formando, esse é o sonho que qualquer pessoa normal e com idealizações se comporta. Ela não é aquele tipo de moça cheia de frescuras, ao contrário, ela é forte e sabe exatamente o que quer e onde quer chegar, olha os obstáculos como vantagem de crescer. Ela pode parecer fraquejar em alguns momentos, mas que ser humano não passa por isso?



A diagramação do livro está simples, mas bem feita. A capa é bem bonita, eu achei. As folhas são brancas, mas isso não me incomodou, porque a leitura fluiu bem e nem percebi muito essa questão. A fonte é de um tamanho médio e eu não encontrei erros de revisão. 

Li tem uma escrita gostosa e despretensiosa, que me prendeu do inicio ao fim. A leitura foi bem rápida, pois temos poucas páginas. Eu gostei da construção dos dois protagonistas, mas a Nicole me conquistou com seu jeitinho meio maluquinho de ser. A forma como ela tem a visão das coisas me preencheu. Ela não sente vergonha de seus sentimentos e não teme em escondê-los quando se tornam evidentes. O ambiente me agradou muito. Autora nacional com ambientação nacional e isso ganhou alguns pontinhos comigo, mesmo que ela nos leve para dar um pulinho no exterior, mas em uma cena bem curta. 

O que me fez tirar um livrinho da pontuação foi que achei a história muito rápida. não teve um certo amadurecimento dos sentimentos e eu gostaria de ter conhecido um pouco mais da melhor amiga de Nicole, ela apareceu de maneira muito superficial na história e algumas páginas a mais faria uma total diferença pra mim. Isso não desmerece nenhum um pouco a narrativa, a história é linda, é gostosa de ler e quando você menos percebe já terminou a leitura. Eu recomendo o livro para quem gosta de romances e de uma bela história de amor. 

A vibração da minha mão sobre a sua, era semelhante a uma instantânea transfusão de energia revigorante subindo minha pressão.

Esse livro faz parte da:


Então pessoas lindas!!! Gostaram da resenha? Deixem as opiniões de vocês!! Quem leu ou conhecia o livro, digam-me o que acharam da leitura.

Xero no coração de todos!!!


Sorteio: Seja um Herói e Descubra Novas Histórias...

Olá queridos! Espero que estejam todos bem. 

Tenho uma mega novidade pra vocês.

Em Novembro, A Fê do blog Amor Literário fez uma doação de sangue em sua cidade de Goiânia. Quando voltava para casa ela teve a ideia de juntar seu blog com algumas editoras, para realizar uma campanha de doação de sangue juntamente com nossos leitores. Quem doar e comprovar ganhará prêmios.

Aqui está os kits para inspirar vocês a um ato voluntário saudável. 

Por: Ana C. Martines

Resenha #107 - Entre o Amor e o Silêncio - Babi A. Sette

Livro cedido pela autora para leitura e resenha.

Título: Entre o Amor e o Silêncio
Autora: Babi A. Sette
Editora: Novo Século - Novos Talentos
Páginas: 528


"Não precisamos do passado para sermos felizes, ele não nos faz falta quando estamos presentes"

Francesca (Francie) é uma mulher de 27 anos, escritora, que atualmente mora em Nova York e fez teatro durante um tempo. É uma mulher que a pouco tempo terminou seu relacionamento com Vince, um diretor prestigiado de teatro, que ela se decepcionou profundamente, então ela estava meio que em depressão. Ela é escritora e está para finalizar um livro.

-Você é a jovem mais extraordinária que conheço. É linda, é inteligente, é tão doce sensível, e ele - fez uma furiosa pausa -, ele é um coitado de ter perdido este milagroso presente que a vida lhe deu.

Com toda essa tristeza em seu peito e querendo muito esquecer tudo isso, Francie resolveu fazer leituras para pacientes em coma em um hospital. Ela achava que de alguma forma poderia fazer esse trabalho voluntário e ajudar com o término de seu livro. Francie passou 3 meses fazendo essas leituras e com esse tempo terminou adquirindo um certo carinho pelo enfermo. Mas como ter algum tipo de sentimento por alguém que está ali em um sono tão profundo? E que não tem a menor ideia de que ela existia? Mas essa era Francie, boa de coração, uma pessoa frágil e forte ao mesmo tempo e que sempre acreditava nas pessoas. 

Olhou-o tão solitário. Soro, silêncio e máquinas. Tão vulnerável. Encheu o pulmão de ar e foi incapaz de dizer que voltaria em alguns dias.

Francie sentia uma enorme atração por Mitchell, um magnata presidente de uma financeira super famosa de Nova York e conhecido praticamente no mundo inteiro. Ele era o típico mulherengo e odiado por quase todos pelo seu mau humor e seu egocentrismo. Por mais que ela soubesse de algumas coisas desse tipo, ela não queria acreditar, ele estava ali, em coma, e não parecia ser tudo isso que ela lia nos noticiários. Mas depois que ela recebeu uma notícia, ficou muito triste a fazendo repensar se tudo aquilo que ela tinha feito realmente foi necessário, foi bom. Então ela foi passar uma temporada com sua mãe. Precisava disso.

"Era assim que eu me sentia, sempre quando caminhava na areia à beira-mar. Livre... O mar tinha algo que me fazia esquecer de tudo, o mar me fazia desistir do tempo". 

A pergunta que não quer calar? Mitchell  acorda do coma? O que será que acontece? Bom leitores só posso dizer, que é melhor ler o livro, para ter certeza se isso realmente acontece. O que eu posso dizer é que a autora soube desenvolver muito bem os personagens. Principalmente a Francie, que tinha seus altos e baixos, mas sempre dava a volta por cima e seguia em frente. Ela encontrava forças através de seus amigos para se levantar, para superar e pular qualquer tipo de obstáculo. É uma pessoa extremamente sincera e a flor da pele. Foi uma personagem que gostei de conhecer.

Não posso deixar de citar Tom. Dentre os melhores amigos dela eu gosto mais dele. Super alegre, cheio de vida e que a coloca pra cima e sempre está do seu lado. A Lilly e a Olivia também, mas eu gostei mais de Tom, queria ele na minha vida, para me alegrar e falar as verdades necessárias mesmo que eu não quisesse ouvir.

A história é narrada em terceira pessoa, boas partes é centralizada em Francie, mas dá para você perceber um pouco do contexto da história e dos outros personagens. Podemos ter detalhes da personalidade dos protagonistas e um pouco dos personagens secundários e eles tem o papel extremamente importante para alguns fatos da narrativa. A construção do ambiente é simples e não se concentra apenas em Nova York, temo uma pequena parte da história na Itália e passagens em outros países. Por ser nacional eu esperava uma ambientação aqui, porém a história em nenhum momento ficou a desejar por causa disso, pois a autora soube conduzir bem o decorrer nela.



A diagramação do livro está em perfeita harmonia com o livro, Eu não percebi erros de revisão. As folhas são amareladas e bem estruturadas. A fonte está de tamanho médio e mesmo que tenha mais 500 páginas o livro é leve. Quero dar os parabéns pela arte da capa. Eu amo essa cor e a capa ficou bem feita e bem trabalhada, porém não achei condizente com a proposta da história.

Eu gostei da narrativa, mas devo dizer que, o inicio do livro foi um pouco cansativo, talvez por ler um livro dentro de outro livro (O livro que Francie escreve) que não é muito meu gosto literário, pode ter feito esse efeito acontecer. Também achei algumas cenas desnecessárias que poderiam ter sido cortadas, que não precisava acontecer e não atrapalharia em nada a narrativa. Esse foi o motivo que me fez tirar apenas uma estrela, porque eu gostei da história e me diverti muito com algumas coisas que Francie disse. Ela me arrancou boas risadas. Percebi um pouco por alto como o mundo financeiro funciona, e como pode ser completamente estressante. Eu recomendo para quem gosta de romances, conflitos e dar algumas risadas. 

Não era um homem como outro qualquer. Era um criminoso recorrente e abusivo. Abusiva beleza descarada. Recorrente charme injusto.


Esse livro faz parte da:

Espero que tenham gostado leitores... Quem já leu o livro? Gostou? Deixe seus comentários...

Xero no coração de todos.


Resenha #106 - Círculos de Chuva - Raphael Dracco

Olá Pessoal, tudo bem com vocês? 
Muito obrigada pelos comentários nas resenhas anteriores. 


Capa 1° Edição

Livro adquirido pela resenhista - Capa 2° Edição

Título: Círculos de Chuva – Vol. III

Trilogia: Dragões de Éter
Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Páginas: 534
Classificação: 5.0







Essa resenha não tem spoiler dos livros anteriores: Caçadores de Bruxas  Corações de Neve.

Sinopse: [...] Uma sociedade secreta renascida com um exército de órfãos resolve seguir em frente em um plano com tudo para dar errado em busca do maior tesouro já enterrado, sem saber o quanto isso pode mudar a humanidade. [...]  E um menino de cinco anos escala uma maldita árvore que o leva aos Reinos Superiores, ferindo tratados políticos, e dando início à Primeira Guerra Mundial de Nova Ether. E mostrará que o mundo nunca para de mudar.                       

Chocada é a palavra que descreve perfeitamente meu estado ao terminar a leitura desse livro, porque ainda não acredito que terminou essa história tão absurdamente fantástica, o meu desejo é que ela continuasse ainda por muito mais tempo. A forma que ela terminou foi sacanagem, pois não tem como não querer continuar a ler.... 

João se vê passando por momentos extremamente difíceis, quase comparados com o que passou naquela casa, ao se tornar escudeiro de Rinaldi Grimaldi e para deixar tudo ainda pior, ele percebe que a noiva de Rinaldi está atraída por ele. Mas será que ele também se sente atraído por ela? 

Ariane evolui rapidamente em suas vivências fora da casca, para se tornar uma mediadora com forças inimagináveis, ela tenta ajudar o reino durante a guerra e a salvar seu amado após uma visão perturbadora em uma de suas experiências, além de ter de superar o ciúmes e o orgulho.

A mãe tentou tocá-la, mas ela se desvencilhou de forma afoita e violenta, sem perceber, derrubando poucos móveis na sala, e correu na direção da porta. Correu como se estivesse diante do fim do mundo.Correu como se o seu mundo estivesse diante do fim.E no momento em que ela abriu a porta e viu o cavaleiro a alguns metros da entrada de costas, prestes a tombar morto, ela gritou o nome dele.
Axel sente a perda de alguém querido e embarca em uma jornada transformadora, para uma terra que ele nem mesmo sabe se é possível existir, disposto a realizar um feito que ele não sabe se é possível realizar.

Uma guerra mais importante que todas as demais e em escala muito maior também, que provará quem será o maior reino de todos.

[...] A mão enluvada agarrou uma parte do peitoral abaixo do pescoço e puxou o rosto do obeso comandante assustado para próximo do seu, antes de berrar diante da face gorda: -Quem comanda os homens de Arzallum enquanto Rei Brandord aqui não está sou eu! [...] E, se tiver algum problema com isso, a minha insubordinação seja lavada na ponta da espada!

O ápice desse volume é sem dúvida o desfecho dessa guerra, cheia de altos e baixos em meio a  muita estratégia e blefes, uma guerra que lembra a era medieval e que mostra que não é só a força que trará a vitória, mas a inteligência por traz dela.
Infelizmente, em comparação com os livros anteriores, Ariane e Maria ficam um pouco em segundo plano. Contudo, como que para compensar, um novo personagem ganhou destaque e de uma forma bem interessante. A narrativa fluiu bem, os capítulos estão um pouco mais extensos, em uma média de 5 páginas cada, as páginas são amareladas.

Para quem gostou dessa trilogia segue a resposta dada por Raphael referente a possibilidade dessa história continuar em uma entrevista com para a Viagem Literária.

[...] Se a história comercialmente funcionasse, a segunda temporada seria contada cinco anos após o término da primeira, com um ocidente tecnologicamente já mais evoluído e personagens mais velhos, em um outro nível de evolução espiritual. E seriam necessários dois volumes. [...] A questão foi que contudo, a história de fato comercialmente funcionou graças à resposta dos milhares de leitores que a abraçaram. E é bem provável que essa nova etapa aconteça. Ainda não conversei com a editora sobre isso, mas a possibilidade de a história ter seu sinal verde é grande.

Recomendo esse livro para quem gosta de aventura, fantasia e para amantes de suspense devido a batalha nele contida.

Pessoal, gostara,? Deixem seus comentários, se já leram esse livro e o que acharam dele, etc...



Divulgação: Grupo União dos Autores... Link dos autores...


Hello People!!!!
Tudo bem??
Hoje venho com mais uma postagem do grupo União dos Autores. Hoje trago a vocês os links deles. Para que vocês possam conhecê-los melhor e sobre as suas obras... 

Ponte de Cristal - Thati Machado
Compre aqui


Twitter: @thatimachado
Instagram: @machadothati 

Confusões em Paris - Vanessa Sueroz
Compre aqui

Esconderijo Secreto - Isadora Mello
Compre aqui e com a autora

A Garota do Ônibus - Dayana Araújo
Compre aqui e aqui

Justa Causa - Gislaine Oliveira
Compre aqui e aqui
e-mail: gisasouzadeoliveira@bol.com.br

Sombras - Nanci Penna
Compre aqui, aqui e aqui

Abismo Sangrento - Márcia Pavanello Pires
Compre aqui e aqui

Alma Menina - Camila Silvestre

Mudanças - L. L. Alves
Compre aqui e aqui
e-mail: saga.llalves@gmail.com

Notas de Luxúria - Jéssica Anitelli
Compre aqui

Cheiro de Sonho - Carolina Hermanas
Compre aqui e aqui

Sereia Negra - Vinícius Grossos
Compre aqui

Clube das Desapaixonadas - Mariana Mello Sgambato
Compre aqui

Vingança Mortal - Raquel Machado
Compre aqui, aqui e com a autora
e-mail: raquel.machado2014@yahoo.com.br

As Crônicas de Adulão: O Vale de Elah - Carla Montebeler
Compre aqui, aqui e aqui
e-mail: carlamontebeler@gmail.com 

Xero no coração de todos!!!