Resenha #186 - Lobo Mau - Nele Neuhaus

Livro cedido pela editora

Oi para todos! A resenha de hoje faz parte do Especial de Dia das Crianças para adultos... Como estão passando? Como anda o coração? Preparados para o livro de hoje? Ainda não? Então vão se preparando, porque a situação é tensa!

 Título: Lobo Mau
Autora: Nele Neuhaus
Editora: Jangada
Páginas: 496
Classificação: 5.0
 Lobo Mau conta a história de dois crimes brutais: uma adolescente encontrada morta com sinais de abuso sexual e que ninguém sabe quem ela é, e uma famosa apresentadora brutalmente atacada. O que esses casos têm em comum? Apenas a equipe policial que os investiga.


Pia agachou-se ao lado da jovem morta. Vestia um top claro com alças finas e uma minissaia jeans, que havia deslizado para cima e pendia ao redor da cintura. A luz não era suficiente, mas Pia teve a impressão de que o corpo pálido e ossudo da garota estava coberto de manchas escuras e vergões.
— Henning? Isso aqui não são hematomas? – Pia apontou para a barriga e coxas da moça morta.
— Hum. Pode ser. – Henning iluminou o corpo com a lanterna e franziu a testa. — Sim, são hematomas e lacerações lavadas.
Observou com cuidado primeiro a mão esquerda da moça e depois a direita.
— Kröger? – chamou.
— O que foi?
— Posso virá-la?
— Pode.
Henning entregou a lanterna a Pia e com as mãos envolvidas por luvas, virou a moça de bruços.
— Santo Deus! Balbuciou Pia. — O que é isto?
 Se você curte quebra-cabeças esse livro é perfeito para você pois, tal qual um, ele começa tendo suas peças desviradas a esmo, com histórias que não se encaixam - algumas até parecem trechos de lembranças que deveriam ter sido esquecidas. Esse tipo de escrita me cativou totalmente; a impressão que tive era de que a história estava sendo jogada sem qualquer ordem aparente e que eu tinha que tentar entender o que estava acontecendo.

Aos poucos as peças começaram a se encaixar e as histórias começaram a mostrar seus pontos de ligação umas com as outras. Mas não se engane, isso não é novela do "plim-plim"; você não saberá quem é quem logo de cara, mesmo porque são quase 500 páginas, e se isso acontecesse logo de cara não teria graça continuar a leitura. Faltando mais ou menos 150 páginas para o fim da trama, o cenário está montado, porém ainda faltam peças importantes a serem encaixadas... Em torno de 77 páginas para o fim da trama o ápice chega, contudo ainda há peças faltando nesse quebra-cabeças gigante. É assim a leitura desse livro, você pode acertar, errar ou ter um meio certo com suas suposições, mas você só terá certeza no final... ou será que não?!?


Caracas... isso que é uma montanha russa! O livro começa desconexo, passa para o suspense (apesar de não tanto), as histórias começam a se encaixar de um jeito muito superficial, depois vem o medo, as suspeitas e o desespero pelas ações erradas dos personagens (fale agora, não fale agora, saia daí, fique aí).


A trama é construída por diversos pontos de vista, por diferentes personagens, mas o que predomina é a história pelos olhos dos policiais, nós vamos descobrindo junto com eles o que está acontecendo e seguindo suas linhas de raciocínio. E isso é muito interessante, pois você consegue acompanhar as dúvidas e analisar todas as possibilidades conforme as provas vão aparecendo.


Polícia, crimes e abuso sexual infantil ou não... caramba, é de arrepiar e, sim, fiquei com medo em alguns trechos da trama e também fiquei chocada com a crueldade e a brutalidade retratada. Mas ao contrário de muitos livros e filmes que vemos por aí no qual a cena mostra tudo do começo ao fim (ex.: "Jogos mortais"), esse livro traz as cenas da perspectiva da vítima, sempre o começo e/ou o final. A autora não precisou fazer com que o leitor passasse por toda a tortura da vítima para se fazer entender o quão cruel e brutal foi o autor do crime. Esse é o tipo de livro que você irá reler diversas vezes e sempre descobrirá uma pista ou um detalhe importante que lhe passara despercebido ou que simplesmente esquecera.
— Está com sede, [...]? – A voz soou nitidamente distorcida. — Vai sentir mais sede ainda. Sabia que a sede é capaz de causar a morte mais dolorosa que existe? Não? Hum... A regra geral é a seguinte: de três a quatro dias sem água, e você morre. Mas com o calor que está fazendo agora, vai muito mais rápido. Os primeiros sintomas aparecem mais ou menos após um dia, um dia e meio. Por falta de água, a urina vai ficando bem escura, quase laranja; depois, você para de suar. O corpo suga toda a água dos órgãos que não são tão urgentes para ele. Estômago, intestinos, fígado e rins encolhem. Embora não seja saudável, não chega a ser fatal. O bom é que você não precisa mais mijar.
O interlocutor riu com sarcasmo [...]
— A água passa a ser usada pelos órgãos importantes para a sobrevivência, pelo coração e pelo cérebro. Mas, em algum momento, eles também encolhem. O cérebro deixa de funcionar corretamente. Você começa a ter alucinações, ataques de pânico, já não consegue pensar com clareza. Pois é, depois entra em coma. Em seguida, é só uma questão de horas até morrer... Nada bonito de imaginar, não é?
 A capa é super, ultra linda e passa um ar sombrio, mas sem ser exagerado. A Editora Jangada me surpreendeu ao colocar uma mancha de sangue vermelha em cada numeração de página e no início de cada capítulo, que conta também com a data em vermelho. Esse cuidado todo, com um bom papel, uma capa belíssima e que ainda não desmancha ou estraga com facilidade, fica fácil de me conquistar (risos).

Erros?!? Sim, encontrei alguns bem sutis, como algumas palavras faltando. Por exemplo, o “eles” ausente em uma frase do interlocutor A que depois é questionado pelo B.

Recomendo para quem gosta de: Suspense policial, desvendar crimes, quebra-cabeças.

Não recomendo para quem não gosta: dos itens acima, crueldade, brutalidade, realidade.

E aí, Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram esse livro, o que acharam dele. Um super ultra mega blaster abraço a todos!



16 comentários

  1. Oi Ninah!

    Eu quero muito ler este livro, já havia me encantado por Branca de Neve tem que Morrer, agora, desejo tbm Lobo Mau!
    As capas são lindas neh? Apaixonantes!
    Parabéns pela resenha! Claro que vai para minha lista de desejados!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Sociedae, eu quero muito muito muuuuuito esse livro <3 <3 <3
    Adoro quebra-cabeças, suspense, policial, sangue, muito sangue e morte hahahaha
    Gosto muito de livros assim porque eles me fazem de trouxa, o que nesse caso é bom porque livro de suspense que é previsível é muito blergh...
    Adorei sua resenha. Parabéns!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olha para ser sincera uns tempos atras estava bastante interessada em ler esse livro. Ele me parece ser realmente muito bom, mas ando agora naqueles momentos de pegar livros leves sabe? Mas mesmo assim adorei tudo que você escreveu em sua resenha. Ficou muito bem explicadinha e me deixando bastante curiosa, porque mistério e tudo mais eu gosto, mas quando é muito pesado eu deixo um pouco de lado. Mas mesmo assim espero ter a oportunidade de ler quando eu estiver com a cabeça melhor sabe.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-o-grande-gatsby.html

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-o-vilarejo-raphael-montes.html

    ResponderExcluir
  4. Oiee!!
    Apesar do tema pesado eu gostei bastante da premissa a trama!!
    Crimes violentos e bem escritos, pois nada como um livro que te faça pensar e tentar encaixar as peças de quebra cabeça!!
    Fiquei bastante curiosa, espero ter a oportunidade de ler em breve!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola Ninah eu amei essa resenha e estou doida para desvendar esse quebra cabeça, gosto da capa e dos temas abordados mesmo sendo fortes, li muitos elogios a esse livro. Vou solicitar para ler. Essa diagramação está perfeita. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. OIii Nina!

    Sempre tive vontade de ler algo da editora, mas não tive oportunidade de ler nada ainda. Essa obra parece ser uma boa e muito bem escrito. O que eu mais gostei da sua resenha foi o fato de o mistério estar presente ainda nas ultimas páginas. Gente, é tão dificil manter isso hoje em dia :O
    Já anotei!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  7. Diiii tudo certo?
    poxa ameii esse livro, sua resenha me fez sentir como se estivesse lendo o próprio livro kkk, adoro esse gênero que envolve sangue morte policia...
    com certeza quero ler esse.
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Ainda não conhecia o livro, mas adorei a premissa. Gosto de livros do gênero e esse parece muuuuito bom!
    A diagramação tá linda também, espero lê-lo em breve.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adorei a resenha! Fiquei muito curiosa com esse livro e pelo visto é bem intenso! Entrou para minha wishlist! Ainda mais por ter mistérios.
    Beijos, Nathália
    www.livrosdagarotavermelha.worpress.com

    ResponderExcluir
  10. Não gosto de sentir medo enquanto leio, e muito menos de livros que contêm crueldade e brutalidade... mesmo que o leitor tenha sido poupado de conhecer todos os detalhes da tortura pela qual as vítimas passaram, só o que a autora descreve com certeza me embrulharia o estômago. Com certeza não leria.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oi Ninah, sua lindo tudo bem
    Você também leu!!!!!! Eu amei esse livro, é muito bom, essa autora é de arrepiar, seu texto foi muito bem construído, como você mesma disse, é um quebra-cabeças, e uma montanha russa de emoções. Para os fãs de trama policial/suspense, esse livro é imperdível, eu já li o outro dessa série, e também amei!!!! Você nos deixou bem com os sentimentos que iremos encontrar, sua resenhar ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Gente! Por que eu ainda não li essa obra?!
    Até então, não conhecia o livro, mas agora estou louca para ter a oportunidade de ler. Até vou colocar na lista de futuras aquisições. Gosto desse tipo de livro no qual o enredo mexe com a mente do leitor. Também é bom saber que os detalhes das torturas não são todos revelados.. Acho que, se isso não acontecesse, seria um pouco mais difícil ler, heh. Gosto muito de tramas policiais. Adorei o trabalho feito pela editora e me encantei com os detalhes de sangue nas páginas. *o*

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  13. Eu não gosto de livros muito reis (pra esse lado de ruindade) mas amo todos os outros elementos, então acredito que esse livro é para mim sim ♥
    A Jangada tem caprichado muito na diagramação dos livros e esses detalhem fazem a diferença para conquistar o leitor =)

    Eu estava empolgada com o livro, mas agora quero ler e espero gostar tanto quanto você.

    Beiijos, Andressa
    Mais que Livros | Curtindo a Vida a Dois

    ResponderExcluir
  14. Há tempos estou querendo ler esse livro e só ainda não fiz por causa do tempo e da grande lista que tenho. O livro não é muito o meu gênero mas gosto de me aventurar algumas vezes.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Que premissa forte! Eu acho que consigo ler, mesmo com tanta brutalidade. Sua resenha me fez pensar em como deve se desenrolar a trama. Parabéns pela resenha.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Ninah, esse livro tem vários fatores que gosto num livro do gênero: Muito suspense, esse quebra cabeça que vamos tentando descobrir com o desenrolar da história e fortes emoções!
    Com certeza ele acabou de entrar para minha ENORMEEE lista de futuras leituras!
    Amei sua resenha!
    bjus

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!