Resenha #139 - Orion - Rodrigo Kilzer

Livro cedido pelo autor.

Tìtulo: Orion - O Filho das Trevas
Autor: Rodrigo Kilzer
Editora: Novo Século - Novos Talentos
Páginas: 366


Nesta vida, a felicidade de alguns atrai a inveja de outros, e a maior parte dessa negatividade vem de pessoas que não têm motivos para isso.

Engraçado como uma coisa chama a outra. Eu tinha visto esse livro em alguns lugares pela internet e estava doida por ele, mas sempre pulava a compra dele, por vários motivos que não me lembro agora. Lembro-me que a capa tinha chamado muito a minha atenção e a sinopse também, então sempre dizia, qualquer hora dessas compro ele rs. Um belo dia o Autor Rodrigo Kilzer me procurou falando de seu livro, por ser obra nacional e tudo mais. Pensei comigo, claro que vou divulgar, então perguntei qual era o livro dele  e quando ele citou Orion, quase fiquei doida de felicidade... era o livro que eu queria demais ler e o autor queria parceria para leitura dele... isso sim é um máximo, agora estou aqui para contar a vocês o que eu achei da obra, vamos lá? 

A história começa falando sobre Fabio, um menino de coração grande, carinhoso e amável e mesmo com as dificuldades nunca deixava de ser humilde. Ele morava com seu pai que batalhou duramente para criá-lo com respeito e muito amor, os dois eram muito unidos e tinham uma cumplicidade de encher os olhos. Fabio estudava em um colégio de elite, ou seja, de gente rica, mas como bolsista. Ele conseguiu a bolsa devido sua inteligência admirada por todos os professores. 

Era difícil ser bolsista em uma das escolas mais disputadas da cidade. Quase todos que lá estudavam eram de famílias com boas condições financeiras. Fabio não era de família tradicional. Eram apenas seu pai e ele.

Fabio tinha dois melhores amigos: Guilherme e Poubel, eram inseparáveis... um sabia da vida do outro e vice-versa. Os dois sabiam da paixão que Fabio tinha em segredo pela doce Cecília, uma menina de ouro e talentosa. Fabio guardou muito esse sentimento por Cecília e devido a isso ela terminou se apaixonando pelo seu inimigo Luciano. 

Cecília é uma menina linda e doce, na frente dela Luciano se mostrava romântico e amoroso. Quando estava longe, era uma pessoa, agressiva e fazia de tudo para prejudicar Fabio. Inicialmente eu não conseguia entender o porque dele ter tanta raiva do menino de tal maneira que fazia de tudo para vê-lo sofrer, humilhado e destruído, mas no decorrer da história percebi o que pode mover o ser humano a fazer coisas horríveis: a inveja.

Fabio tinha um futuro brilhante pela frente, já o tinha projetado, porém algo aconteceu e ele perdeu alguém em um terrível acidente, fazendo com seus sentimentos fossem transformados em ódio e sede de vingança. A dor estava consumindo todo o seu ser, ele não pensava em outra coisa. Ele se fechou de tal maneira que não deixou nenhum de seus amigos se aproximar dele, afastou todo mundo de perto dele, então algo aconteceu.

Antes que pudesse pensar em alguma possibilidade, uma claridade vinda do banheiro chamou sua atenção. Uma pontada de medo atravessou-lhe o peito. Poderia ser qualquer coisa.

Fabio recebeu a visita de um ser das trevas, um demônio em forma de gente, que lhe prometeu poderes para que ele pudesse concretizar a sua vingança e em troca ele faria o que o demônio queria. Seria apenas uma troca de favores, mas Fabio não tinha ideia do que poderia ser com esse acordo, apenas concordou, aquilo parecia ser uma boa saída para tudo de ruim que estava lhe acontecendo naquele momento.

Os olhos lacrimejavam, a respiração estava acelerada e a parte de dentro da boca ainda formigava quando ele levou o corpo novamente em direção aos lábios. Seu corpo gritava para que ele não fizesse aquilo, mas a dor de seus sentimentos era demais para ele suportar. 

Fabio entrou em u caminho de escuridão sem volta e sem tempo para arrependimentos. Ele renasceu até com um novo nome, agora ele se chamava Orion. Ele estava solto no mundo como um novo ser, o demônio o deixou ali a própria sorte, sem muitas explicações. Orion ficou confuso e perdido inicialmente, mas ele teria que se adaptar aquela nova vida, aquele novo destino. Depois que percebeu que aquele demônio queria muito mais que transformá-lo, ele se viu em um beco sem saída para proteger os seus amigos, será que ele vai conseguir? Uma vez nascido das trevas, sempre nas trevas? Essa pergunta meus queridos só lendo mesmo para que ela seja respondida.

Eu gostei muito da história. Foi algo diferente. É uma história de vampiro, mas não é uma história qualquer. Para quem gosta (assim como eu) de história sobre esses seres, a leitura flui de uma maneira rápida. Eu tinha essa necessidade de virar as páginas sem parar. Rodrigo me apresentou um enredo simples, mas original. Não tinha lido nada parecido. É algo bem do tipo que gosto de ler. Ele soube construir bem o personagem principal e colocou os personagens secundários também em evidência de maneira que eles completassem a história, para que ela caminhasse amarrada aos acontecimentos.

Fabio é um protagonista forte e mesmo após a sua transformação ainda assim continuei gostando dele, mesmo com todos os desvios de sua nova personalidade. Ele foi colocado a prova por várias vezes, aquele demônio que o encheu de promessas ficava atiçando todos os seus passos, colocando seus amigos em evidência e em certos perigos, tinha partes da leitura que eu ficava angustiada e também morrendo de raiva, porque em um momento de fraqueza ele se deixou levar, mas no decorrer da história ele conseguiu me impressionar e mostrar que não se deixaria ficar como um alvo tão fácil assim.

O demônio se divertia com toda confusão gerada desde o surgimento de sua cria. Todos os eventos estavam ocorrendo exatamente como ele previra.

Luciano foi um personagem repugnante... não gostei dele nenhum pouco. Desde o inicio e nossa!! Chamei a Cecília várias vezes de cega, como ela não conseguia perceber o quanto esse garoto era ruim e tinha uma parte totalmente obscura? Ele era a inveja em pessoa. Ele maltratava o Fabio o quanto podia. Ele fazia de tudo para prejudicá-lo e isso me deixava muito brava.

Eu me senti cativada pela leitura do livro desde o principio, porque é uma história meio obscura, sinistra do jeito que eu gosto e sim com alguns traços de terror. Rodrigo soube trazer uma história bem audaciosa de transformação vampírica e mais do que isso, ele mexeu bem com o sobrenatural e nos trouxe os fantasmas. Eu gostei dessa iniciativa e achei totalmente legal tudo o que ele propôs na obra. Enchi os meus olhos de felicidade com a leitura.





A diagramação do livro está simples, encontrei raríssimos erros de revisão que não atrapalharam em nada a leitura. A capa condiz bem os acontecimentos do enredo e o que propõe o livro. Eu adorei a capa, toda preta com esse mesclado branco de luz em volta da pessoa, super legal a ideia. A única coisa que me incomodou inicialmente foi a fonte. Ela estava um pouco menor do que as fontes normais e como costumo ler a noite isso me atrapalhou, então como a história estava muito boa, passei a ler mesmo durante o dia que eu tenho pouco tempo, por isso demorei um pouco mais para finalizar a leitura.

O livro é narrado em terceira pessoa, mesclando entre o protagonista e os secundários principais, fazendo com que a gente tenha uma visão bem ampla e clara do que está acontecendo e do que está por vir. De como os personagens vão se conectando e como o desfecho vai se moldando.

Enfim a história é boa, recomendo para quem gosta de história de vampiros, do sobrenatural, fantasmas. Além disso tudo o livro ainda traz um lado de reflexão. Até onde você é capaz de ir, quando a dor e a revolta tomam conta de você. O que a inveja pode lhe causar? Não sabemos do dia de amanhã, então devemos viver o hoje, o agora. Foram reflexões que me fizeram pensar em alguns momentos, me fez perceber que não sabemos de quase nada e que o improvável pode acontecer com qualquer um e em qualquer momento.

O motivo que me fez tirar um livrinho foi a fonte pequena, pelo fato de eu ler a noite também, ainda mais quando estou gostando de um livro, mas essa foi apenas a minha opinião, isso não desmerece a obra que foi uma leitura empolgante pra mim.

Dizem que a combinação de um dia quente com uma noite fria e úmida faz aparecer um nevoeiro matinal. Há pessoas que acreditam que essa névoa é sinal de que o dia será agradavelmente ensolarado. Há quem diga o contrário, e há, ainda, quem diga, que toda bruma é perigosa.

Então leitores, o que acharam? Quem conhecia o livro? Deixem seus comentários, quero saber a opinião de vocês e não esqueçam de participar do top comentarista deste mês. Uma oportunidade de ganhar livro é sempre muito bom!!! Xero no coração de todos...



25 comentários

  1. Oi Di!
    Nacionais não são meu ponto forte de leitura. Quase não li nenhum, o que é deficit gigantesco para mim, mas este em particular tambem não me chamou atenção. Embora o enredo pareça bem atrativo, acho que não teria paciencia para o livro no momento. Até porque, não curto terror, então, este seria mais um ponto negativo. Mas dá para notar sua empolgação. Tão bom quando a leitura nos cativa assim :)

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi! A capa realmente é linda, é a primeira vez que vejo o livro e já estou encantada! O livro parece ser cheio de altos e baixos, enfim, sua resenha também me deixou bastante curiosa sobre a vida dos personagens... Tenho me aberto mais para livros com temática de Vampiros que não sejam os clássicos e tenho gostado de alguns, outros nem tanto, acho que é normal hehehehe Quero muito conhecer Orion!
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dih!

    Um livro maravilhoso neh? Eu adorei a leitura, no entanto que quado chegou eu não perdi tempo e acabei passando ele na frente de algumas leituras! hahahahahaha

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Oieee, tudo bem? Não conhecia o livro e nem o autor, no começo da sua resenha eu não estava interessado pois sinceramente eu não gostei da capa mas durante a leitura da sua resenha fiquei extremamente curioso para ler toda a história do Fabio, fiquei um pouco desconfortável pelas coisas que vc citou que acontecem com ele, já senti que irei me apegar a este personagem rsrs, vou procurar mais sobre o livro pois fiquei extremamente curioso rs, muito obrigado pela dica, Abraços.

    ResponderExcluir
  5. a nao pera! um livro nacional de vampiro? nao brinca, vou correndo buscar meu exemplar, rsrs, adorei a resenha já conhecia o livro so que ainda nao tive tempo pra me fartar na leitura.

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo nem?

    Apesar de achar a premissa interessante e a capa bonita, esse não faz meu estilo favorito de livro. Já estou meio saturado de livros com temática de demônios, vampiros e afins e acho que os autores, tanto nacionais quanto internacionais, devem dar uma repaginada no estilo deles e buscar inovar, senão nunca irão ter grande destaque. Gostei de saber que apesar de conviver com pessoas ricas, ele continua humilde e com grande coração. Talvez um dia eu leia.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito de conhecer o trabalho do autor através da sua resenha, achei o enredo bem legal, mas confesso que não é muito o meu tipo de leitura. Acho que se eu não tivesse lido a sua resenha, teria deixado o livro de lado logo de cara, mas agora estou até considerando dar uma chande à ele.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Di, sua linda, tudo bem?
    Primeiro tenho que dizer: a forma como esse livro chegou a você, parece até obra do Destino, risos....
    Eu gostei muito de uma abordagem que o autor fez: primeiro ele fala sobre o amor que ele e o pai sentiam um pelo outro, depois ele fala da inteligência dele fora do comum a ponto de lhe garantir uma bolsa em uma escola de qualidade. Depois ele muda o cenário: um garoto o invejando, o maltratando, seu pai amigo e amoroso lhe sendo tirado. Aí esse ser aparece.
    Sabe o que eu entendi: ele foi escolhido. Mas para ganhar sua alma, ele tinha que perder tudo para esse ser ter um argumento para convencê-lo. No fim, Di, todos nós somos testados diariamente, tentados, viver não é fácil e por isso temos que ser fortes para aguentar e não mudar quem somos. Além dessa mensagem, o autor ainda colocou o sobrenatural no livro: adoro vampiros!!!!! Você como sempre uma fofa com os autores parceiros, dá para ver todo o seu carinho na forma como escreve. Arrasou com a resenha como sempre.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiii Di, tudo bem???? Eu já li o livro do Rodrigo e adorei. Super ansiosa pelos próximos. O livro é muito bacana e foi muito bem escrito. Sem falar que o autor é um amor e merece tudo de bom =D
    Fico muito feliz que você tenha gostado.
    Ah também achei letra pequeninha. Quando vi, fiquei morrendo de medo de não conseguir ler direito. Mas quando vi, já tinha lido, heheh
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Dih, tudo bem?
    Está aí uma história que eu adoraria ler. Não conhecia o livro e nem autor, mas adorei tudo o que você disse na resenha. Fiquei aqui imaginando o que aconteceu com o Fábio a ponto dele resolver fazer essa aliança com um ser das trevas. Já estou anotando a dica.
    Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  11. Di, você disse as palavras mágicas para que eu não queira ler... rs... uma história obscura, sinistra e com toques de terror definitivamente não é para mim. E dificilmente gosto de algo relacionado a vampiros. Bem legal essa questão da narrativa mesclar entre o protagonista e os personagens secundários principais, pena que a fonte pequena atrapalhou um pouco... me atrapalha também.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi. A capa do livro não é muito bonita na minha opinião, mas chega a ser bem interessante.
    eu não me empolguei muito com a temática do livro apesar de curtir muito criaturas sobrenaturais.
    acho que a leitura não me chamou a atenção sabe, mas quem sabe qualquer dia desses eu de uma olhadinha.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  13. Oi Diana.
    São pouco os enredos com vampiro que me convencem e me envolvem, é preciso um diferencial, uma inovação que está raro encontrar, e por conta disso dificilmente leio um livro com esses personagens.
    Mas tenho que elogiar essa capa, que é linda e dá asas a imaginação.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  14. Oi Diana,
    como você bem me conhece, sabe o quanto eu gosto de livros que tenham este lado sobrenatural, com criaturas, como os vampiros, sendo os protagonistas. Mas o que me deixou mais instigada e bastante curiosa, foi a questão que você mencionou, sobre inveja, maldade que só os seres humanos mais cruéis são capazes, e de como isso levou o personagem a fazer um pacto.
    Então, vou sim, me sentir bastante satisfeita com a leitura, já que ela tem tudo que procuro e gosto. Espero gostar tanto como você.
    Parabéns pela resenha!

    Beijokas Ana Zuky
    SA Revista

    ResponderExcluir
  15. Raros erros de revisão neste selo? Isso é raro hein! Que bom que eles estão melhorando..
    Apesar dos seus elogios, a história não me convenceu. O fato das letras serem bem pequenas tambem me desanimam totalmente. Mas preciso dizer que amei essa capa.
    Pelo que você disse, parece representar bem o enredo.

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Eu já tinha visto a capa do livro nas livrarias virtuais da vida rsrs, mas não cheguei a ler a sinopse e nem a procurar alguma resenha, e me arrependo muito rsrs, eu adorei a premissa do livro e a sua resenha, com certeza Orion está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oii Dih, tudo bem? Gostei bastante da sua resenha e o livro parece ser bem interessante... sinto que vou gostar do Fábio e vou ficar torcendo por ele para não sucumbir às trevas, mas ele parece ser um personagem bem forte. Adoro histórias com vampiro, então acho que irei adorar essa... mas parece ser bem original.

    Adorei essa capa, está muito bonita e com um tom mais sombrio que parece combinar bastante com a história.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  18. Oi, Di!
    Nossa, os temas abordados são bem atuais e comuns, afinal inveja e sede de vingança, existe desde sempre. E realmente podem destruir qualquer ser humano, são sentimentos tão mesquinhos e obscuros que podem mesmo atrair tantas coisas ruins pra quem se deixa levar por esses sentimentos. A história parece ser bem interessante. E que bom que o protagonista foi forte, hein. E lutou contra tudo de ruim. Agora os erros de revisão da NS, já são uma marca da Editora, né. Infelizmente. Eu não entendo isso, sabe.

    Beijinhos!
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  19. Estou em duvida hahaha! Acredito quando você diz que a historia é fluida, mas vampiros? Será mesmo que a história é tao diferente a ponto de me cativar? Eu ando bem exigente com esse tema haha! Pena que a letra ficou tão pequena, as vezes eles fazem isso por necessidade, e acaba sendo ruim para leitor... Eu comprei até uma lumináriazinha de leitura, para me ajudar nessas situações (e quando preciso ler enquanto pessoas ao meu redor querem dormir hahaha)! Vou ficar de olho no livro, esperar aquele momento propicio para esse tipo de leitura =]

    ResponderExcluir
  20. Oi Di, tudo bem?

    Adoro protagonistas fortes e decididos. Adoro uma história fluida, mas sou meio chata com livros de vampiros. Não sei se iria gostar do livro. Mas só posso saber lendo, certo? Pude sentir toda a sua empolgação com a resenha

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oiee.

    Personagens fortes sempre me atraem mais que os outros
    Já conheço este livro de vista, mas nunca o li. Confesso que não sei se farei a leitura um dia

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  22. Oi, Dih! Desde que comecei com o blog estou tendo muito mais contato com livros nacionais, o que é muito legal. Orion acaba de entrar na minha lista de leitura, especialmente porque você gostou tanto. É legal que começo a conhecer um pouco mais do gênero sobrenatural também.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando: Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  23. Oi Dih!
    Eu geralmente prefiro romances, mas quando vi a capa de Orion fiquei bem curiosa e acho que iria gostar bastante dessa leitura um pouco mais obscura. É uma pena que a fonte seja pequena, isso também me incomoda quando quero ler a noite...
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oie, flor, eu não conhecia o livro, na verdade os únicos que conheço da Novos Talentos é Entre o amor e o silencio e Sombra de um Anjo, rsrs, não sei pq não tem mais divulgação para esses livros.... enfim, esse livro não me chamou atenção, não acho que irei ler :p
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Olá tudo bem?
    Achei a resenha incrível, faz algum tempo que tenho esse livro aqui para ler e estou bem ansioso pela leitura, o tema me atrai, assim como a sinopse e acpa que são bem legais. Espero poder gostar tanto quanto voce ou até mais.
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!