Resenha #117 - Versos Sombrios - Bianca Carvalho


Tìtulo: Versos Sombrios
Trilogia Cartas - Livro II
Autora: Bianca Carvalho
Editora: Eraeclipse
Páginas: 258
Essa resenha não contem spoiler do livro anterior.


"Ainda há um coração pulsante
No peito daquele que está a sofrer
Ainda há luz lá fora
Ainda há a esperança da aurora
E uma vida inteira para se viver

Deixe que as lágrimas caiam 
Em um último doce lamento
Deixe que a lembrança cuide do momento
É ela que deve ser eterna

Não há dor que o tempo não apague
Não há tristeza sem redenção
Abra as janelas, deixe a vida entrar 
Dispa-se desse inverno
Abra seu coração."

Comecei a resenha com esse poema, porque o achei lindo e ele me prendeu demais, li diversas vezes. Esse é o segundo livro da trilogia cartas. Como já faz um tempo que li o primeiro livro Jardim de Escuridão, vou dar um breve resumo para que você leitor possa compreender um pouco da história. 

Temos duas irmãs e uma prima que são netas de Lolla uma senhora que tem um dom especial e isso passou para suas netas. Faith que foi a protagonista no primeiro livro e esteve bastante presente nesse segundo, tem o dom de falar através das flores. Cailey que é a irmã mais nova de Faith tem o dom de falar através das palavras e Tatiane que eu não li o terceiro livro ainda, não tenho como dizer o seu dom, mas acredito que ela tenha o dom de falar através dos sabores. 

Lolla avó das meninas, faleceu (não é spoiler) e deixou três cartas para cada uma de suas netas e estipulou a pessoa responsável para entregá-las no seu devido tempo. Nessas cartas Lolla previu o futuro de cada uma delas e nela falava um pouco dele e dos possíveis percalços que cada uma viveria. Cailey, passará por aprovações com seus poemas e será vítima de uma perseguição de um assassino obcecado por eles. E ela contará com a ajuda de Jayce Hernandez, um detetive amargurado pela vida e que está vivendo em uma profunda escuridão. 

"Bela Cailey... suas palavras são mágicas; seus sentimentos ecoaram em meu coração. Agora você tem a morte dela nas mãos. E nossas almas estão conectadas por versos sombrios. Jamais a esquecerei." 

Cailey no primeiro livro foi uma menina mimada, cheia de não me toque e chata. Depois que aconteceu algo em sua vida, algo dentro dela se transformou. Nessa sequência podemos acompanhar essas mudanças e sua trajetória de vida. Conhecê-la melhor e saber um pouco mais de suas limitações, dificuldades e força. Quando ela se vê em perigo ao mesmo tempo que parece indefesa e com medo, toma atitudes corajosas e mergulha de cabeça para descobrir os mistérios que ronda o assassino que a persegue. Conseguimos perceber o seu amadurecimento e o seu crescimento. É uma personagem que conseguiu me conquistar ao longo da narrativa.

Jayce, como não suspirar por ele. Apesar de toda a sua amargura e escuridão em seu coração, ele consegue se aproximar de Cailey e devido as circunstâncias tenta ajudá-la com esse mistério, afinal de contas isso virou caso de polícia. Ele é um cara sozinho e que se encontrava perdido, mas é um excelente policial e por mais que seja difícil acreditar nos dons de Cailey, ele embarca nessa loucura toda e tenta desvendar o mistério. O seu instinto é protetor e ele tenta de várias forma mantê-la de fora, mas seria impossível, uma vez que ela estava ligada ao assassino, ou melhor, ele que se ligou a ela.
-Prometa que vai pegar esse cara! Não importa quando, não importa onde...apenas prometa! - ela suplicou, com imensa raiva na voz.
-Eu prometo, Cailey. Esse é o meus mais novo objetivo.

Bianca tem uma forma peculiar de escrita que gosto e admiro, em minha humilde opinião ela simplesmente conseguiu me transpor para a história... senti como se eu estivesse lá. Consegui sentir a angústia de Cailey e consegui sentir o quanto Jayce queria ajudá-la. Não é fácil ser perseguida por um assassino e ainda mais desvendar os mistérios que os ronda. Me senti mais uma vez dentro da trama policial e sim tentei desvendar as pistas desse assassino, mas de novo a autora conseguiu me enganar, ou eu sou realmente péssima em desvendar mistérios nos romances policiais e suspense rs. Quando eu achava que era uma pessoa, ela vinha e mudava todo o meu conceito e quando eu tinha certeza de quem seria... lá vinha ela revelando o assassino e sim ela conseguiu explicar as razões do psicopata e conseguiu nos mostrar que não conhecemos os nossos extintos como seres humanos e que não sabemos para onde certas situações podem nos levar. E eu falo isso indo para o bem ou para o mal.

A morte era amarga como um veneno. Mas ela sentira doce, reconfortante, como um alívio para sua alma. Sentira o ódio mais temível de todos; o ódio fatal, que julga e dá sentença. Definitiva.

Temos uma história narrada em terceira pessoa e isso dá um parâmetro geral sobre todos os ângulos da história e construindo todo o mistério que os cerca. A autora soube construir uma narrativa leve, mas densa, conseguiu me deixar envolvida do inicio ao fim. Cada página que eu lia, mas eu tinha a necessidade de continuar lendo, porque a história me conduzia por diversos momentos. A angústia, o medo, a coragem e a necessidade foi vários dos sentimentos que presenciei na narrativa e que pude sentir também. A trama foi bem desenhada. E por mais que eu ainda seja nova nesse mundo de romance policial, eu gostei demais da história proposta pela autora. Gostei de como ela desenvolveu os personagens e como ela me fez sentir parte da vida deles.



A diagramação do livro está em perfeita ordem, não consegui encontrar erro de revisão, mas somente um erro de concordância, que tive que voltar a ler a página, mas ainda assim, não senti que me atrapalhou, porque eu estava tão envolvida com a história que logo já estava situada e isso ficou para trás. A fonte é de tamanho médio. Temos capítulos curtos a qual a leitura é rápida e que começam com frases de um poema. As folhas são amareladas de excelente qualidade e  com sombramentos que dá um belo destaque na leitura. A capa é linda. Aliás eu amo as capas dessa série, que estão bem desenhadas e que por sinal o capista é o esposo da autora e que eu tive o prazer de conhecer em um evento que eu fui aqui em São Paulo. E sim ela condiz totalmente com a história. Eu percebi que a autora teve cuidado com todos os detalhes deste livro.

Por fim, eu gostei muito da história, do enredo proposto e das situações vividas pela protagonista. Me senti em cólicas algumas vezes e senti medo por ela e pela sua exposição. A autora abordou essa trama policial de um assassino obcecado, porém nos trouxe outros fatores e valores. Mostrou que a família por mais defeito que possa existir ela será o nosso porto seguro. Nos mostrou que o amor pode mudar e transformar as pessoas. Mostrou o poder da amizade e da lealdade. E que por mais difíceis que as coisas possam ser, sempre encontraremos o caminho da felicidade, basta querer.

Eu recomendo a leitura para quem gosta de romance policial, quem gosta de um pouco de drama e mistério. Eu favoritei o livro porque gostei muito da leitura, adorei o desenvolvimento e construção dos personagens e como eles estão interligados. A autora consegue sempre colocar os personagens em contato, como sequência mesmo dos livros e eu não senti falta disso, aliás achei bem escrito. Só tirei um livrinho por causa do errinho de concordância que eu achei, mas como eu disse não atrapalhou o meu frenesi pela leitura. E que venha Sabores Mortais!!!

 Palavras selam destinos incompreendidos
Fazem brotar luz da escuridão
Em silêncio, tecem fios de esperança
No mais incrédulo coração
Mas, eternas, almas selam o pacto
Aventurando-se em mentes cansadas
Dançando melodias amaldiçoada
Que pressentem a mais pura ilusão
E imperfeitos sentimentos adormecem
Esperando sonhar com uma doce magia
Que faça nascer flores no vazio
Que transforme ódio em poesia
E traga luz ao mais triste caminho
Mas a verdade sempre brilha na aurora
Salvando tudo que está perdido
Revelando segredos, revelando memória
Curando aos poucos um espirito ferido
E mesmo que sombras impeçam a luta 
Tudo, no fim, irá recompensar
Pois será o amor então, a triunfar.


Então leitores? O que acharam da resenha? Eu sei que exagerei um pouco, mas eu gostei muito da história, então me contive, mas ainda assim exagerei um pouco. Deixem seus comentários, se conheciam a autora e os livros. 

Xero no coração de todos!!!

19 comentários

  1. Olá, Diana!
    Eu achei a proposta do livro bastante interessante, porém vendo a sua descrição sobre o desenvolvimento da história não sei exatamente se seria um livro que eu iria gostar. Eu gosto muito de livros do gênero romance policial, mas ele não me chamou tanta a atenção a ponto de querer ler em breve.
    Parabéns pela resenha :D
    Luz e literatura!
    Beijos

    https://cantaremverso.wordpress.com/2015/02/16/resenhas-a-menina-que-tinha-dons/

    ResponderExcluir
  2. Oi Di <3

    Apesar de ser a resenha do segundo livro, fiquei curiosa em conhecer essa história pela sua resenha! Gostei muito da capa e da sinopse. Lista de desejados. Parabéns pela resenha! Adorei!!!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dih!
    Td bem flor?

    Eu gostei da capa e fiquei curiosa! Tbm gostei do primeiro poema!
    Faz muito tempo que não leio um livro assim, ainda mais sendo uma trilogia! Me deixou curiosa! rsrsrsrsr

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Olá! Eu acho a capa desse livro a coisa mais linda! Já conhecia ele a algum tempo, mas nunca tive a oportunidade de parar para ler :/ Pretendo ter essa oportunidade em breve, pois gostei muito da história, só pela sinopse fiquei interessada e sua resenha completou para me deixar doida pra ler!

    Beijinhos

    Bia - <a href="http://www.escrevendomundos.com/> Blog Escrevendo Mundos </a>

    ResponderExcluir
  5. O Diana, não conhecia essa trilogia, mas vou ser sincera com você, não sou fã de policiais e o enredo não me convenceu. Porém a capa é uma coisa linda, mas outro fato que me desanimou é que esse é o segundo livro, sem conhecer a história do primeira não dá para me identificar :(

    ResponderExcluir
  6. Olá, Diana.

    Já tinha visto a capa desses livros, mas não sabia do que se tratava e sua resenha me deu um conhecimento do que se passa na obra. Que dons mais peculiares essas que as meninas possuem. Vou ter que confessas que não curto muito livros policiais e por isso não sei quanto a leitura. Mas adoro mistério e dramas. Vou descobri um pouco mais a respeito da obra e me decidir.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Não conhecia o livro e nem a autora. É sempre ótimo conhecer mais autores nacionais.
    Achei interessante o enredo, até gosto de romance policial e mistério mas tem alguma coisa que não me agradou. Acho que é a capa. Ficou parecendo capa de livro espírita. Sei lá. Mas gostei bastante da sua resenha.

    bjs.

    www.booksandmuchmore.com

    ResponderExcluir
  8. Ola Diana, tudo bem?
    Apesar de não ter lido a resenha do primeiro livro dessa trilogia, a premissa dessa história me interessou demais!
    Achei a capa do livro Versos sombrios muito linda e adorei os poemas que você trouxe na resenha também!
    Esse livro parece ser bem interessante e eu me interessei bastante por ele!

    Beijão ;*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Pela sua resenha você amou o livro. É ótimo quando uma leitura causa isso. Não curto muito este estilo literário, mas devo confessar que a capa está maravilhosa.

    http://cafeecomletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Dih!
    Eu amo essa trilogia!
    Já li e posso dizer que a escrita da Bia encanta de maneira única!
    Super recomendo não só esses como outras obras dela.
    As capas são lindas mesmo.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  11. Gostei bastante da Resenha e acredito que vou ler o livro... rsrsrs

    Beijos
    Colecionando Livros

    ResponderExcluir
  12. Oi Diana, tudo bom?
    Quando a gente gosta muito de um livro a gente acaba falando a beça mesmo hahaha
    A Bianca é uma fofa, eu adoro ela e quero muito ler os dois livros já lançados! Eu adoro enredo policial e me divirto tentando adivinhar e acompanhar as historias!
    Beijão

    ResponderExcluir
  13. Oi Dih, tudo bom?
    Quando vi a capa eu imaginava tudo, menos um romance policial. A trama é bastante interessante e como quero ler mais nacionais, vou anotar a dica dessa série.
    Parece ser uma narrativa envolvente e com muitas nuances.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Dih tudo bem ?

    Amo a Bianca ela é uma das minhas autoras nacionais favoritas e só o primeiro volume desta série e achei maravilhoso gostei demais , espero poder ler muito em breve os outros dois volumes.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Flor!!

    Eu não conhecia a série, acredita??? Parece ser uma trama muito interessante, e, como disse a Aline ali em cima, a capa e título dão um outro tom... mas se fala de romance policial com certeza tem de ir para minha lista de leitura. :)

    Beijos!!

    www.escrevarte.com.br

    ResponderExcluir
  16. Que dons engraçados os dessas protagonistas! rs... Di, eu tinha medo desses livros, mas acho que conseguiria ler numa boa. Pena que teve esse errinho de concordância, quando tenho que reler alguma coisa fico perdida ao menos por algum tempo... mesmo com ele, fiquei mesmo com vontade de ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Devo afirmar que não conhecia o livro, mas sua resenha falou tão bem dele que fiquei bem interessado. A premissa é cativante e a protagonista parece ser daquelas que dá vontade de acompanhar! Preciso desse livro, haha.

    Até mais,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi, Dih
    Que ideia original. Adorei os dons: tão diferentes do que estamos acostumados a ver e também gostei dessa composição de cartas sobre a vida das netas.
    Gostei e achei uma pena que ainda não tive oportunidade de ler.
    Parabéns pela linda resenha, viu amiga? Você é dez! <3

    Beijos
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com

    ResponderExcluir
  19. OI Diana, tudo bem?

    Eu não conhecia o livro e nem a autora, mas consegui senti sua empolgação com a história e eu acredito que quando um livro te transporta para a história este livro é um dos bons. Gostei muito da premissa da história e vou procurar o primeiro livro para ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!