Resenha #78 - Inspiração - Gisele Souza


Título: Inspiração
Autora: Gisele Souza
Editora: Modo (Amazon)
Páginas: 300

Sinopse:

“A música nos envolvia numa sensualidade alucinante.” Para Layla Bonatti, não havia pessoa mais importante do que o seu irmão, Lucas. Criá-lo desde pequeno cobrou seu preço e seus próprios sonhos foram anulados, exceto um: a música, paixão que cultivava desde que era uma menina. Cantar no bar era o seu único prazer, em suas apresentações deixava transparecer todos os seus sentimentos. Desta forma, encontrou a recompensa tão sonhada: ser amada e valorizada, seus anseios mais secretos. Porém, o fantasma da perda ainda rondava o seu coração. Layla será capaz de esquecer toda a dor e finalmente abrir o seu coração para um intenso romance?

Confesso que quando comecei a leitura desse livro não sabia o que esperar. Quando eu adquiri em e-book pelo site da Amazon fui no impulso da promoção e da capa que gostei muito. Então eu li esse livro em formato digital e claro que soube que ele está sendo lançado pela Editora Modo atuante no mercado de livros nacionais e eu pretendo adquirir meu livro físico na bienal.
Eu comecei a leitura sem saber como seria a história. Sabia que seria um romance, mas não achei que seria um New Adult, nada contra, mas totalmente a favor, porque a leitura foi simples e rápida.
Layla a nossa protagonista de 27 anos. Uma mulher independente. Trabalha em dois empregos. Um escritório de advocacia e a noite em um bar como cantora. A vida dessa mulher é simples. Não é regada de romance. Nem muitos sonhos. O seu ideal desde que seus pais morreram foi cuidar de seu irmão mais novo Lucas que agora está com 20 anos e pagar as contas. Eles moram em uma pequena casa em um bairro não muito popular de sua cidade, mas estão bem assim.
Meu trabalho no escritório de advocacia era até tranquilo, mas aquela não era a minha verdadeira vocação. Eu adoro cantar. Desde pequena, meu pai me deu um violão de presente e comecei a tocar os primeiros acordes só ouvindo playbacks.

Bruno. Ah Bruno. Como falar desse protagonista sem suspirar. Mulherengo? Claro. Médico cirurgião formado e com status? Lógico. Um homem com três irmãs e uma super mãe. Atualmente mora sozinho em uma casa confortável que conseguiu com o esforço de seu trabalho árduo no hospital. Ele tem duas irmãs de um gênio forte e personalidade marcante e mais uma mais serena e casada com um par de gêmeos. Sua mãe protetora como toda mãe deve ser, mas de um coração grande querendo que seu filho largue a vida de mulherengo e busque um relacionamento sério.


Ainda na porta, percebi a secretária eletrônica piscando e suspirei resignado. Isso só significava uma coisa: minhas meninas estavam atrás de mim. Como não havia para onde fugir, me sentei no sofá e apertei o botão.

Então o livro é bem legal porque é intercalado entre os dois protagonistas Layla e Bruno. A autora é bem genial nesse ponto, porque a cada capitulo tem o nome do personagem que vai narrar a sua parte da história assim o leitor não se sente perdido durante a leitura. Layla é simples, desde muito nova teve que ter responsabilidade com seu irmão mais novo, teve que cria-lo como se fosse sua mãe, não teve tempo de ser uma adolescente, teve que dar um salto a distância de uma vida para outra. Claro que ela não se arrepende, ela fez tudo por amor e faria de novo. Porém eu acho isso tão complicado. Perder os pais tão cedo e do nada assumir responsabilidades e aprender na raça não é a melhor pedida, mas as vezes a vida nos dá uma rasteira cedo e nos gratifica no futuro, será?? Bruno é um médico cirurgião renomado, mulherengo, mas muito querido. Tem o seu melhor amigo e divertidíssimo Alberto e juntos saem para as noites que não tem plantão para paquerar e azarar a mulherada. Falando assim nem parece que tem história, mas temos sim. Apenas apresentando os personagens.

A forma com que Bruno e Layla se conhecem é bem engraçado. Layla fica com muita raiva da petulância de Bruno no bar em que ela trabalha, mas não podiam negar a química que rolou entre os dois desde o momento em que ela pisou no palco para cantar. Na saída ele a esperava e como todo cara cheio de si e garanhão ele tratou de roubar um beijo de seu anjo assim ele começou a chama-la. Claro que com isso nossa protagonista ficou irritada com o jeito com que Bruno a tratou e foi embora soltando fogo pelas ventas.

-Você é louco? O que pensa que está fazendo?
Ele sorriu e se aproximou perigosamente.
-Vai me dizer que não gostou?
Gostei, mas ele não precisava saber disso.
-Claro que não, como vou gostar de alguém que me ataca assim do nada? Isso não existe cara. Se liga. Eu tô fora dessa.
Saí pisando duro, não antes de ouvi-lo gritar.
-Te vejo amanhã, anjo. Não vou esquecer essa sua boca linda.


A partir daí a vida desses dois vão se cruzando e eles vão se conhecendo. As falhas dos dois em tentativas de relacionamentos era frustrante para ambos. Bruno nunca quis se prender a ninguém, gostava de sua vida de solteiro sem ter que dar satisfações a ninguém pelo menos não a uma namorada. Layla tinha as suas ficadas. Mas nada que a fizesse se prender e nem podia, seu foco estava em cuidar de seu irmão e do futuro dele como médico, afinal de contas era ela que pagava a faculdade dele. O relacionamento dos dois foi desenrolando aos poucos. O coração de Layla estava fechado, ela não se sentia a vontade de se abrir para ninguém e nem poderia, não teria forças para sofrer nenhuma desilusão. A sua vida não lhe permitia isso e nem ela queria, manter-se fechada era o melhor.

Eu gostei muito da narrativa desse livro. Ambos os personagens em primeira pessoa. Os capítulos bem curtos, leves e despretensiosos. A Gisele soube construir muito bem a personalidade de cada um, com seus medos, anseios, mudanças e pensamentos. Eu gostei muito dessa parte da escrita dela. Os personagens secundários foram estritamente necessários para a composição da história. O Alberto melhor amigo de Bruno é uma pessoa super legal apesar de ser mulherengo ele é o tipo de amigo divertido que todos gostariam de ter. Não posso deixar de falar de Heitor o único amigo de Layla, o barmen do bar onde ele canta. No livro mostra a amizade sendo construída e crescendo conforme o tempo passa. Não teve pontas soltas. Cada capitulo é entrelaçado com os demais. Assim a leitura flui naturalmente e quando você percebe acabou o livro.


A história é leve e regada com a intensidade certa. A autora não exagera em nada e faz com que o leitor se prenda na história do inicio ao fim. Como eu disse no inicio da resenha a leitura é rápida e em alguns momentos emocionante. Ela nos deixa em alguns momentos parados, pensativos em como a vida pode do nada mudar e não nos dá tempo para pensar somente agir. Demonstra que o amor pode ser fatal e nos pegar de jeito de uma forma totalmente inesperada, fazendo com que o amadurecimento venha propositalmente nos fazendo crescer. Ela mostra a relação familiar com seus defeitos e qualidades. Com suas loucuras e manias. Mostra como podemos ser felizes com pequenos feitos e sem grandes exageros. Demonstra o quanto o homem pode amar e demonstrar esse amor a sua maneira meio torta. Mostra que as mulheres também são duronas e não se deixam levar assim tão facilmente.

Não tenho como falar da diagramação porque fiz a leitura em e-book. A capa é muito linda, mostra o propósito do livro. Como Layla é cantora, várias passagens no decorrer da leitura temos letras de músicas uma mais bonita que a outra me fazendo recordar de tempos bons em minha vida e até aqueles bem nostálgicos. Eu recomendo a leitura para amantes de romance, pois esse livro é uma ótima pedida. Claro que eu não podia deixar de falar que a sequência do livro se chamará "Impulso" e contará a história de Lucas o irmão mais novo de Layla e claro que eu já estou bem ansiosa pelo lançamento.
Sorri e capturei sua boca num beijo que abalou meu coração. Essa mulher tinha toda a minha vida em suas mãos. Não haveria Bruno sem Layla.
Minha nota: 

E ai leitores, o que acharam? Gostaram da resenha? Alguém já conhecia o livro? Alguém já leu? Deixem a sua opinião nos comentários... Xero no coração de todos.

 photo participedotopcomentarista1.png

26 comentários

  1. Caramba, fiquei sem fala com essa resenha Diana.
    Simplesmente amei!!!!
    Fico muito feliz por ter gostado tanto do meu livro.
    Resenha perfeita, adorei.
    Só tenho a agradecer, me emocionei com as suas palavras.

    Obrigada!!!
    Beijos ♥♥♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina Gi... vc tem uma escrita leve e gostosa... a história de Bruno e Layla me encantou e eu gostei muito de toda a narrativa e da história construída... Xero!!

      Excluir
  2. Eu já vi esse livro no face da Editora Modo e a capa sempre me chamou a atenção. Mas ainda não tinha parado pra ler nenhuma resenha sobre ele e saber que é um New Adult eu já amei. Com certeza vou ler esse livro.
    Adorei a resenha!
    Beijinhos! http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Dih!

    Eu tbm amei a capa deste livro, linda neh? Adoro histórias com protagonistas mais adultas e maduras, foge do clichê da adolescente insegura que se acha feia!
    Amei sua resenha, Bienal me aguarde! rsrsrsrsrrsrs

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Oi Diana! Gostei muito da resenha. Agora estou mais ansiosa ainda para ler o livro da Gi! Parece ser leve, despretensioso e envolvente. <3

    Beijo!
    Dani
    A Thousand Lifetimes

    ResponderExcluir
  5. Olá Dih, como vai?

    Ahhh que demais, atualmente li de uma vez uns três livros New adult rs, o gênero as vezes é clichê, mas a escrita te prende de tal modo que não da para parar de ler.
    Ah! Estes caras, só suspiros rs.
    Não conhecia a autora e a capa parece bonita, sorte que saíra o livro físico porque atualmente minhas vistas não andam nada bem rs.

    Adorei sua resenha e fiquei bem curiosa, vou procurar saber mais =D.
    Beijos!

    De tudo um pouco

    ResponderExcluir
  6. Oi Diana.
    Acho perfeito quando os capítulos são intercalados entre os personagens principais, e acho melhor ainda com o autor tem o cuidado de nos avisar quem será o narrado.
    Eu não gosto muito do gênero, e me desanimou saber que o livro tem sequência, estou dando preferência a livros únicos ultimamente.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  7. Jura que é new adult, Di? Não tinha a menor ideia! rs... Também adquiri esse livro na Amazon, mas sem nenhuma expectativa, agora quero ler logo! Gosto de livros que emocionam, nos deixam pensativos e falam de relações familiares. Acho que vou curtir bastante. =)

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oiee

    O livro parece ser ótimo de ler gostei muito da sua resenha e quero muito ler em breve que bom que vai ter livro fisico.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adoro new adults, principalmente pela forma como deliciosa como eles são escritos. Atualmente, esse é o meu gênero favorito e por isso já adicionei na lista.
    Saber o que livro está para sair em físico só me deixa mais feliz, pois ainda nao me acostumei 100% com essa leitura digital hahah

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  10. Acompanhei o começo do processo de criação do livro, quando a Gisele estava escrevendo os primeiros parágrafos. Até cheguei a ler 1 capítulo, mas não continuei. Como trabalho com revisão e vi que o original tinha muitos erros, prefiro esperar o livro corrigido, revisado e lindamente apresentável pra não ficar irritada durante a leitura (sim, sou dessas rsrsrs).
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  11. Amiga,
    pela sua resenha o livro parece ser demais!
    Vou comprar essa semana mesmo e depois comento com vc!
    Bjus e obrigada pela dica!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  12. Oieeee, eu apaixonei nesta capa deste que fiquei sabendo do lançamento do livro, tenho muita vontade de ler, adorei saber sobre o lançamento do livro em formato físico, vou esperar o lançamento do mesmo e comprar eu exemplar rsrs, quero muito ler. Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oiee ^^
    Já divulguei esse livro mas essa é a primeira resenha que eu leio dele, e sinceramente, adorei! Esse é o tipo de livro que estou procurando para ler nas férias, mas não acho que conseguirei lê-lo em formato digital *-*

    ResponderExcluir
  14. Xerooooooo
    Se quer me matar?? Eu vou ler o livro da Gi em breve! Estou mega curiosa!
    A parte da sua resenha que mais gostei foi: ''A história é leve e regada com a intensidade certa. A autora não exagera em nada e faz com que o leitor se prenda na história do inicio ao fim. Como eu disse no inicio da resenha a leitura é rápida e em alguns momentos emocionante. Ela nos deixa em alguns momentos parados, pensativos em como a vida pode do nada mudar e não nos dá tempo para pensar somente agir. Demonstra que o amor pode ser fatal e nos pegar de jeito de uma forma totalmente inesperada, fazendo com que o amadurecimento venha propositalmente nos fazendo crescer. Ela mostra a relação familiar com seus defeitos e qualidades. Com suas loucuras e manias. Mostra como podemos ser felizes com pequenos feitos e sem grandes exageros. Demonstra o quanto o homem pode amar e demonstrar esse amor a sua maneira meio torta. Mostra que as mulheres também são duronas e não se deixam levar assim tão facilmente. ''
    Eu preciso de inspiração para ontem! Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Tenho esse livro, mas ainda não li. Vou passá-lo na frente da minha lista, pois adorei a sua resenha. Como adoro New Adult, sei que vou gostar muito desse livro.

    ResponderExcluir
  16. Oie Diana
    Eu também tenho esse livro no aplicativo do Kindle, mas ainda não li. Eu achei a capa linda, um dos motivos para me fazer querer o livro. Gostei da premissa do livro e gostei de saber que a autora explorou os personagens secundários, isso sempre me anima. Bem, pretendo ler em breve e espero gostar como você.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  17. Amiga tenho que confessar que estou super curiosa para ler esse livro. Tanto que vou comprar o meu na BIENAL DO LIVRO, porque meu ebook tá mofando (risos) Mas eu já andei dando uma olhadinha e achei bastante gostoso a narrativa da autora mesmo. Eu acho que ela vai fazer muito sucesso com o seu livro, até porque a capa é linda e a diagramação meu deus do ceu hahahaha...Mas olha, quero muito ter ele na minha estante e ler logo, porque eu simplesmente amei a história. é tudo que eu gosto e um pouco mais. Sua resenha ficou ÓTIMA amiga.

    Saudades de vc viu?
    Não se preocupe, porque sei que quando dá vc me visita
    se cuida e fica com Deus

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. O livro é muito bom. Me apaixonei por ele quando vi sua capa na Amazon. E nem quis ler as avaliações que outros leitores já tinham feito para não ser influenciado por elas.
    Adorei o livro e estilo da Gisele Souza e recomendo muito este e a continuação, que virá em breve.
    Meu livro físico já está encomendado.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hum que bom... eu vou comprar os meus na bienal... Xero!

      Excluir
  19. Não gosto de e-books, mas estou tentada a fazer minha compra de um kindle, porque se cada vez que eu quiser ler um livro como esse tiver de esperar vou morrer de tédio. Achei a capa linda, e estou mega ansiosa de ler, já que é uma leitura leve e fluida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk eu tb não sou muito chegada, mas tem uns livros somente em e-books irresistíveis rsrsrsrs.

      Excluir
  20. Olà tudo bem?
    Por mais que você tenha gostado e tudo mais, o livro não me chamou atenção nem pela capa nem pela sinopse, afinal não se trata do meu gênero favorito. Eu acho que até poderia lê-lo mas não no momento sabe.
    Beijos, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oii, a capa do livro é muito linda, e a história parece ser bem bacana. Eu adoro música e com certeza eu iria adorar a leitura.. Que legal a sua resenha, bom saber que você gostou do livro.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Oi querida!

    Não conhecia o livro, e confesso que não encararia a leitura dele em formato ebook, mas se ele está sendo lançado pela Modo, pode ser que eu adiquira o meu próprio exemplar. Adoro um bom new adult, e a narrativa desse parece ser bem do jeito que amo: mais de um ponto de vistam bem direta e com capítulos curtos. Além disso, aparentemente tem um toque engraçado; porque eu ri só de imaginar a cena deles se conhecendo haha. E gera belas reflexões também, pelo visto. Ou seja, é um romance bem completo e que tem tudo pra me conquistar.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Dih, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, o livro parece ser bem bacana e como também gosto de NA já tratei de adicionar o livro aos meus desejados, então espero o lançamento dele no formato físico. Quem sabe não adquiro o livro na Bienal também :)
    Beijos,
    Andréia, StarBooks

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!