Resenha #56 - O Céu é Logo Ali - Lilian Farias

Título: O Céu é Logo Ali
Autora: Lilian Farias
Editora: Modo
Páginas: 120

Sinopse:
“O céu é logo ali” se desenvolve em um turbilhão de sentimentos, em facetas representadas por duas personagens e o que as cercam, com desejos, sonhos, lembranças, descobertas e inquietações marcando um encontro em que histórias paralelas se unem pelo mesmo ideal: liberdade! Mas, o que é a liberdade? O que aprisionava Dolores e Clarice para que o encontro pudesse salvar suas almas encarceradas? Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. A história de duas mulheres que unidas pelo destino resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do "ser", do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o vôo das borboletas.

 O livro como diz na sinopse conta a vida de duas mulheres e suas vidas, como elas passam por reviravoltas e como elas conseguem "sair" disso com certa destreza.

O que pude perceber em todo o enredo foi que a busca da liberdade era constante se assemelhando desde quando a borboleta era um simples casulo até o bater de suas asas.

O medo é um fardo pesado e jamais poderia alcançá-la. Que poderia ser uma lembrança para não ficar cega pela coragem e perder-se nas montanhas do desequilíbrio!

Durante a leitura a história é contada de maneira rápida é intercalada entre as personagens Dolores e Clarice. Ambas com um tipo de vida totalmente diferente da outra, mas em seu verdadeiro intimo as duas ansiavam a liberdade. Dolores uma mulher simples que trabalha em um bar onde despertava a paixão de um esquizofrênico que a tratava com uma rainha, porém Dolores tinha baixa auto-estima e acreditava que jamais poderia se apaixonar. Clarice, sempre foi uma menina alegre, cheia de vida e extremamente linda por onde passava arrancava suspiros dos homens.

A história vai se seguindo de maneira complexa entre as duas. Como cada uma vai seguindo e como as coisas vão acontecendo. Dolores após dar um tapa no visual conhece um homem, mas não se sabe até onde vai o seu relacionamento conturbado a qual ela não acredita que realmente acontece. A partir daí muitas coisas vão acontecendo e um turbilhão de sentimentos vão sendo colocados a prova.

Dolores, sobressaltada com a pergunta, perde a resposta da consciência, ele tinha furtado a roupa que cobria a alma. Como um estranho tem tanto poder sobre mim? Porque correr é a única opção sem ação? Preferiu baixar a cabeça.

Ao contrário Clarisse se encontrava na flor da idade, aproveitando a vida sem pensar muito nas consequências até que conhece um homem certinho, que pensava no futuro, era estudioso e caseiro, parecia que os dois davam certo. Lados opostos que se atraem. Tinham planejamento de vida, Clarice lhe mostrou como era amar e ser amado, até que uma armadilha do destino os colocou a prova. Que prova seria essa? Para que o mundo dela desabasse de uma maneira aterradora e que cada ano que passava ela buscar infinitamente por sua liberdade?

Tudo morre e tudo nasce. A vida é fluida como águas no rio. Clarisse viveu num castelo de areia de poucas conquistas relevantes. Mas as forças das águas que limpam a alma também causam destruição. 

O livro da nossa autora parceira Lilian Farias é cheio de reflexão e de sentimentos postos a prova. Que te faz refletir ao mundo em que você vive. Que te faz pensar na liberdade de uma maneira mais crua e do que você seria capaz para tê-la. Quais as consequências de seus atos e os resultados que esses tais fatos teriam sobre a sua vida. Não sei se estou conseguindo me expressar bem no sentido do enredo da história, mas foi o que eu senti quando comecei a entender o que ela queria dizer. Voar não é para qualquer um. Não é apenas se jogar e achar que as asas vão bater involuntariamente com curso normal da natureza, é preciso trabalhar e lutar, correr atrás do que se quer e fazer acontecer, assim o voo se tornará mais leve e mais satisfatório. 


A diagramação do livro é bem feita e trabalhada. As folhas são amareladas. As fontes em perfeita sintonia, fazendo com que a leitura saia de maneira fluida e rápida. A capa como todas da editora Modo são lindas, eu adoro essa capa.

Eu no fim terminei gostando da história, mas a minha nota três do skoob se deu porque de inicio eu não entendi muito bem a leitura e tive que voltar para não perder o fio da história. Digo isso porque não estou acostumada com esse tipo de leitura, porque não curto muito livros de auto ajuda, nem sei se o tema seria exatamente esse, mas foi  o que eu percebi. Foi exatamente por isso que a nota foi essa, porque mesmo que a leitura tenha sido rápida me cansou um pouco. Só que para quem gosta do tema de reflexão, de palavras subjetivas, pensamentos conflitantes de transformação esse livro é uma boa pedida. Em seu conteúdo como eu disse no inicio, tem frases que te fazem refletir, te fazer pensar em um todo. Claro que também teve o diferencial, eu senti como se a autora tivesse falando comigo, parecia que ela meio que lia meus pensamentos, essa interação me cativou e me fez gostar da leitura.

Quero agradecer a autora Lilian Farias pela oportunidade de leitura de sua obra e espero que ela tenha muito sucesso e que ela consiga tocar as pessoas, porque vejo alguma de suas lutas nas redes sociais e eu a admiro muito, ela tem o poder das palavras e sabe usá-las. 

As borboletas são as almas dos mortos que aguardam a passagem pelo purgatório.


E ai pessoas o que acharam? Alguém conhecia esse livro? Alguém já leu? Não deixem de comentar e nem esqueçam de deixar o link de seus respectivos blogs para que eu possa  retribuir a visita com muito carinho.

Também não esqueçam das promoções que estão rolando no blog, é só dar uma olhada na lateral direita clicar em cima que você será direcionado imediatamente para a promoção. Não perca a chance de ganhar mais livros e mimos!!!

Xero!!!
 photo participedotopcomentarista1.png

29 comentários

  1. nossa mas que bom livro parece esse, voce sabe onde o posso baixar? gostaria de o ler qualquer coisa dele, mas gosto sempre de dar uma olhada antes de comprar o livro físico. Normalmente vou ao Free Ebooks (http://portugues.free-ebooks.net/), mas esse ainda não foi subido lá. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que bom que gostou, mas não sei de sites que baixam livros nacionais e eu sou contra... vejo todo o trabalho que um autor nacional tem para publicar seus livros e acho injusto pirateá-los... Talvez se você procurar para comprar em e-book no Amazon você o encontrará por um valor totalmente em conta por 2,99 olha só que legal... Xero!

      Excluir
  2. Hum... não gostei muito da trama.
    Ao ler a sua resenha, percebi que é um pouco auto-ajuda e parece ser confuso também. A sua nota 3 no skoob tbm desanima um pouco a leitura.
    Mas, achei a capa linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo Pamela, mas é super normal... o bom de você postar uma resenha é ver as várias opiniões de interesses ou não pela leitura de um livro. O fato de colocar a nota 3 no skoob não se deu ao fato do livro ser ruim, porque não é, só não foi o tipo de leitura que eu esperava e pela minha percepção ser meio lenta para certos entendimentos, mas eu respeito o que você quis dizer... Xero!

      Excluir
  3. É tbm não gosto muito de livros assim, mas convenhamos que a capa é linda e a sinopse dá a maior curiosidade! rsrsrsrrs

    Adorei sua resenha! Como são poucas páginas, talvez eu o leia algum dia!
    Os livros da MODO são lindos neh? Eu tenho alguns aqui e não me canso de olhá-los! *-*

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li esse livro em um dia... quer dizer em algumas horas na verdade. Mas no fim foi uma leitura boa... Mais profunda diga-se de passagem. Bom se for ler, quero saber de sua opinião... Xero!

      Excluir
  4. Oi Dih..
    Eu amo a sinopse deste livro.
    Não gosto também de livros de auto ajuda, mas tem alguns livros que não são deste tema, mas acabam falando sobre o cotidiano e os problemas que as pessoas enfrentam essas coisas. Ai acaba ficando parecido com auto ajuda.
    Mas ainda assim quero muito ler este livro, ele está na minha lista a algum tempo.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom Lê... assim quando você ler eu quero saber a sua opinião e a reseha também... Xero!

      Excluir
  5. Oi, Dih. Que resenha honesta… Gostei muito do jeito como você expressou ter dado uma nota no Skoob e depois ter notado que a essência dessa história tão profunda tinha lhe escapado. Deu-me mais vontade de ler e ter acesso ao que a autora Lilian quis demonstrar com sua obra. Acredito que a sensibilidade que ela expõe nesse livro certamente ressoa nos leitores… Difícil retratar o universo feminino, as cicatrizes, os medos e a coragem de promover mudanças em si mesmo. Ah, gostei. A capa é tão linda. A Editora MODO sempre arrasa!!!
    Beijos, flor!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Fran... por mais que a autora seja mulher, eu ainda acho difícil retratar tais fatos, porque são tantas personalidades... tantos gostos... e humor! Você percebeu o que eu quis dizer na resenha e isso me deixou muito feliz... Espero que a autora goste também... Xero!

      Excluir
  6. Amiga eu também estou com esse livro para ler.
    Comecei a ler o começo dele e fiquei um pouco assim perdida que nem vc.
    Mas eu ainda pretendo dar continuidade. Só acho que vou pegar em uma hora que tiver mais tranquila para ler ele, pois eu sou um pouco desatenta e preciso ter mais atenção em coisa que tenho mais dificuldade. Confesso.
    Mas as coisas que a autora escreve até onde eu li eu gostei.
    Mas eu não entrei ainda na parte da história mesmo.
    Espero gostar. Vamos ver.

    Gostei do seu ponto de vista, até porque dá para ter uma ideia
    do livro também =]

    Amiga tenho uma novidade...OLHA MEU FACEBOOK !! hahahaha

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Dih,

    Nossa que capa linda!
    Não conhecia o livro, achei uma graça! É complicado continuar uma leitura quando a mesma começa enroscada... Enfim, o que mais me chamou a atenção foi a capa rsrs

    Bjss

    http://www.viajenaleitura.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Então esse livro é para ler mesmo com calma, e eu li... mas ele é bem curto e conciso, só demorou mesmo algumas horas... A Lilian é de um talento só... ela tem o dom das palavras... eu a admiro muito... as vezes busco uma coragem em cima de suas publicações em seu facebook.... Xero!

    ResponderExcluir
  9. Já conhecia esse livro e a autora também, mas nunca tinha lido uma resenha sobre ele. O que posso dizer é que gosto bastante de livros que nos deixam reflexões interessantes sobre nossas atitudes. O que não gosto muito é quando percebo esse tom de auto-ajuda. Mesmo assim, acho que deve ser bem legal.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. Oiee, eu já tinha visto esta obra e tenho que confessar que desejo este livro a bastante tempo kkk, e nunca consegui ler :( Depois da sua resenha fiquei ainda com mais vontade de ler, a capa e a diagramação do livro são lindas, sou apaixonado por essa capa kk, adorei quando vc diz que a autora trabalha muito com o sentido das coisas e eu amei este último trecho sobre as asas, profundo e maravilhoso. Parabéns pelo blog. Abraços :D

    ResponderExcluir
  11. OIe, tudo bom?
    Esse livro parece fazer o leitor refletir muito e acho que a leitura me agradaria. Gosto de pensar um pouco sobre a história que estou lendo. É muito chato quando começamos um livro e temos que voltar algumas página para nos situarmos.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, o livro me parece ser muito bom, gosto de livros que possuem algo para nos ensinar, nos faz refletir sobre a vida, sobre o mundo em que vivemos, essa resenha me deixou muito intrigada para ler ao livro, eu nunca tinha ouvido falar dele até hoje, e já quero muito possuir ele.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  13. Confesso que, à primeira vista, a história havia me interessado muito. Também acho essa capa linda!

    Sei que, apesar da nota que você deu, considerou uma boa leitura. Mas a sua resenha não foi a única que me fez desanimar um pouco sabe... não acredito que a história me agradaria, apesar de ter achado bem legal isso que você disse de que voar não é apenas se jogar, mas que é preciso trabalhar, lutar e correr atrás do que queremos.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Eu vejo várias resenhas positivas desse livro, mas não tive a oportunidade de ler, infelizmente.
    Pelo que vejo é um livro que te faz pensar nas nossas atitudes e nas consequências. Ele me pareceu um livro da auto ajuda camuflado e fujo um pouco disso...heheheheh
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi Dih,
    pela sinopse, nem parece que é um livro de auto ajuda.
    Enquanto estava lendo o começo da resenha eu estava empolgada para ler o livro, mas assim que terminei de ler o post fiquei desanimada.
    Infelizmente esse não parece ser o meu estilo literário.
    Mas achei muito legal sua sinceridade, todos os livros são bons, apenas há leitores complexos que não se identificam com todos os tipos de leitura :)
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá
    Achei a capa e o título do livro muito interessantes, principalmente o título (que quando eu li pensei que fosse uma história sobre dor e morte e etc). Não sei se leria, quem sabe né? Gostei da resenha xD

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  17. "As borboletas são as almas dos mortos que aguardam a passagem pelo purgatório".
    Fiquei com medo agora... eu amo borboletas, e agora?
    Bem, eu achei que o título do livro podia ser menos destacado... as borboletas podiam sair da cabeça da mulher... hehe... como se fosse reprodução do pensamento, sabe? Como HQ...
    Eu achei a estória interessante, mas acho que não leria... acho chato ter que voltar pra entender...
    a estória que cativa ela flui... esta talvez não flua tão bem.
    mas quem sabe...

    ResponderExcluir
  18. Também somos parceiros da autora e estamos com muita expectativa para a leitura desse livro.
    Gostei da sua resenha, em sincera, por sinal. Mas vou ler o livro e tirar minhas próprias conclusões.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  19. Oi Xero!

    O livro já estava na minha lista! Mas depois da sua resenha, eu passei ele bemmmm para frente! Sabe como é né!? Ahahahahah

    ''Só que para quem gosta do tema de reflexão, de palavras subjetivas, pensamentos conflitantes de transformação esse livro é uma boa pedida. ''
    Totalmente para mim!
    Parabéns pela resenha linda!

    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oiee Di =)
    Gostei de descobrir esse livro, nosso livro, amo nacional. Quero ler com certeza, apesar de ter dado trÊs estrela no skoob, mas como falou, teve que voltar na leitura para entender, isso é chato mesmo, as vezes não somos presa desde o início, mas não quer dizer que o livro não seja, bom.
    Quero.

    ResponderExcluir
  21. Oi Dih!
    Ultimamente tenho lido ótimos livros nacionais e acho que ia gostar desse, a capa é muito linda mesmo...
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse livro. Gostei muito da capa, mas a sinopse não me agradou.

    ResponderExcluir
  23. Nunca tinha ouvido falar sobre este livro, mas gostei muito da sinopse dele. Me pareceu aquela história simples mais que cativa todo mundo.

    ResponderExcluir
  24. Dih, já li vários livros de auto-ajuda, e teve uma época da minha vida que eles faziam sentido pra mim, hoje acho que não estou no momento para livros assim, achei bem gentil da sua parte justificar a nota do livro no Skoob.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!