Resenha #55 - Elas São Gêmeas - Paloma Duarte

Título: Elas São Gêmeas
Autora: Paloma Duarte
Editora: Baraúna
Páginas: 159

Sinopse:
Quando uma misteriosa mulher se encontra deixada pelo mar nas areias de uma praia desconhecida, sente em seu peito uma aflição atordoante por não recordar o que havia passado até ali. Vagando pela rua sem rumo, depara-se com um suposto restaurante abandonado, mas estava completamente enganada. Havia uma mulher que estava atrás do balcão velho de madeira escura. Na esperança de achar alguns trocados em seu bolso, encontra uma misteriosa carteira de um tal de Eduardo Simons. A partir dali, está decidida a descobrir o que seu passado havia lhe reservado. Seduzida por um pescador, depois de uma reviravolta, resolve descobrir sua identidade, seguindo para o Rio de janeiro. Lá, encontra sua família, revelando seu suposto nome, Carla, e se apaixonando pelo marido de sua irmã gêmea idêntica, Catarina. Combinando romance, mistério e aflição, Paloma Maria Duarte cria uma história que produz certa dúvida com a verdadeira identidade, fazendo marcar sua estreia literária. Extraordinariamente aflitivo, Elas são gêmeas mantém o suspense até a última página do primeiro volume da série. 

O livro começa contando a história de uma mulher que acorda sem saber onde está, em que tempo está, sem nem saber o seu nome. Com isso ela se põe a andar sem direção nenhuma e sem saber onde irá chegar. Depois de muito caminhar ela encontra um restaurante, não é a melhor visão, mas assim mesmo ela entra e se depara com uma mulher por trás do balcão que lhe oferece um lugar para descansar, tomar um banho e mudar de roupa. Ela agradece porque não tinha nada, nem o que comer e beber e a agradece pela ajuda. Ela encontra no bolso dos trapos que está vestida uma carteira cheia de dinheiro e o do dono que se chama Eduardo Simons, ela tenta se lembrar se esse nome é familiar, mas nada acontece e ela fica pensando o porque que a carteira desse homem que parece muito rico está em seu poder e porque não se lembra de nada sobre ele.

Atropelada pela vida ou pelo destino? Estava amargurada, decepcionada e totalmente sem esperança. Andando por uma estrada, não sei o nome, a única coisa é que eu me arrastava dentre um caminho cheio de poeira e vazio. Sim totalmente vazio e quente, meus poros me denunciavam a cada passada de mão que dava na testa.
No dia seguinte quando acorda ela se ajeita e sai para agradecer a mulher que lhe ajudou e ela precisa ir embora só não sabe para onde ela deve ir, mas sabe que precisa chegar em algum lugar, precisava buscar a sua história, mesmo que ainda estivesse no total escuro.  A mulher que lhe ajudou consegue uma carona para ela com um senhor caminhoneiro chamado Jorge. Ele parece um senhor bom de coração e ela mesmo um pouco desconfiada aceita a carona, precisava disso, talvez olhando para a estrada conseguisse se lembrar de algo. Depois de uma viagem super cansativa finalmente seu Jorge estaciona o caminhão próximo de algumas choupanas a beira da praia e ele não tinha deixado a "garota sem nome" que é assim que a chamava ir embora sem que se lembrasse de nada e a convidou a ficar por ali algum tempo, pelo menos até saber de algo ou de que rumo poderia tomar.

Com isso ela conheceu Samuel, um homem super atencioso e carinhoso e viveram uma paixão ardente. Mas estava tudo muito perfeito para ser verdade e a garota sem nome passa por uma decepção muito grande fazendo com que ela quisesse sair dali e tomar um rumo diferente em sua vida, em procurar por sua verdadeira identidade, retomar a sua vida. Então ela decidiu ir embora e saiu as escondidas, não queria que soubessem. Claro que ela tinha tido alguns flashes de memória, mas nada muito concreto. Ela entrou escondido no caminhão de seu Jorge e depois de um bom tempo na estrada ela sentiu que ele parou, então depois de andar um pouco achou uma rodoviária e quando leu o nome dos ônibus destino ao Rio de Janeiro ela sentiu algo dentro de si e resolveu ir nele, pois algo dizia que sua vida estaria lá.

Após chegar a rodoviária ela pegou um ônibus e saltou em Copacabana, ela ficou maravilhada com  a cidade e as praias. A garota sem nome vagou por dias com fome e sede. Ela já estava se cansando quando viu um imenso hotel com o nome Simon's ela sentiu que seria por ali que ela conseguiria algo sobre a sua vida, sobre a sua história. Com seu desespero e para ficar mais apresentável, pela primeira vez ela roubou uma loja e tomou um banho na praia para conseguir entrar nesse hotel e procurar por alguém que pudesse fazer sentido.

Algo me dizia que estava muito perto de minhas origens. Pela primeira vez, roubei, roubei uma loja de roupas. Tomei um banho na praia e me vesti para entrar naquele local, eu estava desnutrida, destruída por dentro e por fora, não cabia mais ter nenhum sentimento bom.
Assim que entrou no hotel guiada pelo funcionário ela percebeu que um homem de olhar terno e lindo vinha em sua direção e a chamava de Catarina, ela ficou aturdida porque ele a abraçou com amor e deu-lhe um beijo e a direcionou até seu quarto. Ao chegar lá ele começou a tagarelar com ela falando sobre os preparativos do casamento, sempre com muito carinho e amor. A garota sem nome estava confusa, perdida e sem entender muito bem ela sentiu que aquele beijo pertencia a ela, que já havia sentido ele antes, mas tudo era muito estranho, ela o olhou e  tentou falar com ele de todas as maneiras que ele se confundia com alguém que ele estava enganado e quando finalmente conseguiu ele caiu em si e a chamou de Carla, ela finalmente descobriu seu nome e que ela tinha uma irmã que se chamava Catarina e a levou para casa.

Olhei para dentro daqueles olhos e pude perceber que acalmava minha pele, algo me dizia que tinha algo de errado, algo me dizia que eu o conhecia, aquele beijo eu já havia sentido antes, mas não sabia dizer nada ao certo. 

Eu gostei muito da história, é uma trama densa e tensa. Me vi roendo as unhas de aflição em alguns momentos e em outros me sentindo meio vingada. O que eu posso dizer dessa leitura foi que Paloma nossa autora parceira soube bem enfatizar o tema que escreveu,  eu me vi dentro de um romance tenso, amoroso, descoberto e cheio de intrigas. Percebi que ela trabalhou a confiança de uma forma que me fez pensar muito em algumas situações, e que muitas vezes a família também pode nos trazer grandes surpresas e podemos nos surpreender com pessoas totalmente inesperadas e com o bem.

A leitura do livro  foi bem rápida em algumas horas já tinha terminado a trama foi acontecendo uma atrás da outra e quando percebi o livro já tinha acabado. O bom é saber que tem continuação e que é uma série, a autora não chegou a me dizer quantos livros são, mas acho que será uma trilogia só acho. Eu achei a história muito boa digna de um filme, mas só achei curtinha e um pouco esperada. Quando comecei a leitura já sabia mais ou menos como iria se dá a história, mas não sabia que iria ter tanta tensão, pelo menos eu senti muita, a mente de uma pessoa perturbada é capaz de fazer coisas totalmente inacreditáveis e de uma forma cruel, a inveja também transforma. E eu só dei três estrelas porque achei um pouco previsível e muito rápida, tinha partes que eu considerei que deveria ter mais alguns detalhes e que a autora poderia ter trabalhado mais em algumas passagens. Somente por isso, mas eu recomendo porque a história é boa e nos envolve.

A diagramação do livro é de ótima qualidade e pela quantidade de páginas a leitura não me cansou devido as folhas serem brancas, seria legal que a Editora Baraúna começasse a trabalhar com folhas amarelas, seria melhor para os leitores. A arte da capa tá bem feita e produzida eu particularmente adoro capas com rostos. Eu quero deixar meu agradecimento especial a autora Paloma Duarte pela parceria e pela atenção. Muito obrigada por me presentear com a sua obra.


Livro cedido pela autora para leitura e resenha.


A felicidade deles era uma coisa tão transparente que se ouvia e se via de longe. Por um momento, pensei que ela estaria me provocando, mas claro que era besteira minha, porque faria isso? Tinha acabado de chegar.

E ai galera, o que acharam? Alguém conhecia o livro? Deixem seus comentários. Ah e não esqueçam de deixar o link de seus blogs para que eu possa retribuir com muito carinho a sua visitinha, as vezes me perco porque tem blogueiros que comentam, mas não deixam o link... Xero no coração de todos.


 photo participedotopcomentarista1.png

27 comentários

  1. Oi flor.
    pela sinopse já dá para perceber que é um livro tenso e misterioso.
    159 páginas é um livro bem curtinho mesmo.
    Que bom que tem continuação, é muito legal descobrir que uma boa história tem continuidade.
    Pelo que você disse, parece que a autora estreou uma boa obra.
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu nem preciso dizer que amei esse livro né amiga?
    Se vc gostou desse livro, vc vai gostar do que eu resenhei hoje, porque sinceramente é INCRIVEL. Esse livro Elas são Gêmeas é muito bom e n vejo a hora de ler uma continuação. Tá de parabens pela sua resenha, porque vc explicou muito bem tudo sobre o livro e notei que vc ficou bem empolgada com a leitura como eu fiquei também hahahaha
    Fico feliz que tenha gostado amiga.
    Espero que ainda venha muitas obras nacionais que venha despertar o seu interesse =]
    Se cuida

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Dih, tudo bem?
    Como você está?
    Quanto tempo eu não apareço por aqui não é mesmo, desculpe-me por ter sumido, já esava até ficando com saudades do seu cantinho.
    Mas então, achei incrivel a resenha, fiquei com vontade de ler, tudo descrito aqui chamou a minha atenção, parece ser um daqueles livros que vai prender a minha atenção do inicio ao fim. Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Beijos!!!

    seforasilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Dih!
    Já tinha visto a capa do livro, mas a sua é a primeira resenha que leio, gostei bastante da sinopse e a sua resenha me deixou com vontade de ler, parece ser um livro emocionante.
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Dih...
    Parece ser um ótimo livro, pois já ouvi elogios dele.
    Tenho curiosidade em ler..
    Eu também gosto de páginas amarelas, acho que é costume...rs
    Mas a leitura parece fluir rápido mesmo, pois o livro também é curtinho.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Diana, obrigada pela resenha e pelo carinho com o livro...
    Fiquei muito feliz que tenha gostado, sua resenha está perfeita e eu ADOREI!
    beijo grande parceira.

    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Magina Querida, eu só falei a verdade na resenha. Que bom que gostou. Xero!

      Excluir
  7. Oi Diana,
    Obrigada pelo carinho e pela resenha... eu ADOREI!
    Fiquei muito feliz que tenha gostado da história!

    bjo grande

    :)

    ResponderExcluir
  8. Livro bem curtinho... legal para época de correria.
    Adorei o mistério envolvendo a protagonista...
    Como ela não lembra de nada, imagino que seja muito emocionante ficar descobrindo as coisas juntamente com ela...
    Adorei a resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. O livro parece ser bem curto e só com o título e a sinopse já para ter uma ideia de como será a história. Enquanto fui lendo a sua resenha já tinha começado a suspeitar algumas coisas rs
    Só o fato de ser um série/trilogia já me desanima um pouco de ler.
    Achei a capa super bonita!

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei a capa! kkkkkkkk Linda demais!
    Não conhecia a autora nem o livro, mas fiquei curiosa.
    Adorei sua resenha, com certeza entrará para minha listinha de desejados!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  11. Ai, meu Deus! Sua resenha me fez sentir como se o livro contivesse o enredo de uma novela mexicana! Adoro enredos assim, cheios de reviravoltas que nos fazem gritar em entusiasmo. <333 Não conhecia o livro, mas como não desejá-lo com essa resenha perfeita!? Em tão poucas páginas, a leitura parece valer muito a pena.
    Já marquei a dica.
    Beijos, flor!!!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Di!
    Eu gostei da capa e da sua resenha, ela foi esclarecedora para mim! Eu vi resenhas bem positivas que me deixaram curiosa.
    Gostei da premissa, mas não acho que seja meu estilo, quem sabe um dia eu leia e tire a dúvida! Parabéns xero!
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oieee, eu tenho a impressão de ter visto este livro em algum lugar mas não me lembro onde rsrs, achei a temática bem interessante, este mistério e suspense que o livro possui com certeza deixam a leitura bem gostosa, fiquei com um pouco de vontade de ler rsrs, Abraços

    ResponderExcluir
  14. Owwww, que livro intenso.
    Primeira vez que leio sobre ele e espero ter a oportunidade de ler, gostei muito da proposta e da tua opinião, estou curiosa.

    ResponderExcluir
  15. Nunca vou entender porque autores fazem séries/trilogias com livros tão curtos... acho desnecessário. Fora que se as coisas poderiam ter mais detalhes e as personagens poderiam ser melhor trabalhadas, páginas a mais com certeza ajudariam nisso. Enfim, não leria por enquanto, não tô no clima pra tanta tensão não! rs... Quem sabe quando a série terminar de ser publicada, dependendo de quantos livros ela tiver...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi,

    Esse livro, eu não tenho muita vontade em lê-lo, sei lá, mas claro, que se tivesse o livro em mãos eu leria, pois fiquei muito curiosa, nunca li nada de irmãs gêmeas e a claro tenho o interesse em saber, e e livros com pessoas que perdem a memória, é uma narração, que eu sempre gosto de ler .

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Diana.
    Eu nunca ouvi falar desse livro, mas me coloquei no lugar dessa mulher e me senti sem chão, que sinistro acordar sem saber quem é e onde está, muito menos pra onde deve ir, sinistro.
    Pena que o livro é uma série, no momento estou fugindo delas, tenho várias em andamento, e ultimamente livros únicos tem sido minha preferência.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Olá.

    Jurava que pelo tanto de informações que tu apresentou na resenha, o livro teria no mínimo umas trezentas páginas. Fico grata que a autora não tenha "enrolado" tanto no decorrer dele, e conseguiu atingir o ápice, agradando você.

    Não faz meu tipo de leitura, mas vou deixar aqui anotado. Se um dia tiver oportunidade de lê-lo :3

    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia nem o livro, nem a autora, mas achei bem interessante. Gosto bastante de tramas com essa carga de tensão desde a primeira página, e mesmo que seja previsível, se a narrativa conseguir me prender, isso eu relevo. Fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  20. Oi, eu nunca tinha ouvido falar desse livro antes, mas a historia parece ser muito interessante, eu fiquei curiosa para saber mais sobre essa mulher, eu nunca li nada em que a pessoa perdesse a memoria, mas quem sabe eu goste né.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  21. Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante. Não lembro de ter visto algo parecido por aí, o que é raro hoje em dia.
    Deu vontade de ler, ainda mais por ter mistério.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa com sua resenha. Parece que o livro é cheio de mistério.

    ResponderExcluir
  23. Gostei muito da sinopse do livro, mas como estou atolada até o pescoço de tantos livros para ler, prefiro ler este mais para o final do ano.

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia esse livro, bem curtinho neh?
    Mesmo sendo previsível alguns livros valem a pena serem lidos. O que eu não entendo é porque dividir o livro em vários e deixar eles tão pequenos, sendo que a história poderia ser condensada em apenas um livro. As vezes cansa essa onde de séries e trilogias.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem interessante.
    Principalmente pelo mistério. Saber como aconteceu as separação entre as irmãs.
    Também gostei da tensão criada com o noivo da irmã. Gostei da resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Adoro esse clima de mistério...
    Fiquei curiosa em relação ao livro, pena que é curtinho, mas como você disse ainda haverá continuação pelo menos...
    E adoro quando há irmãos gêmeos em histórias, ou pessoas muito parecidas, sempre dá uma história super legal...
    Beijos...

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!