Resenha #42 - A Ordem Perdida - Gabriel Schmidt

Título: A Ordem Perdida
Autor: Gabriel Schmidt
Editora: Novo Século - Novos Talentos
Páginas: 167


Sinopse:
A Liga dos Yethis traz consigo o espírito de seis jovens guerreiros que precisam encontrar a Ordem. Um pequeno artefato que não demonstra o quanto a existência da humanidade depende dele. Ável com seus amigos terá de enfrentar inúmeros inimigos, diversas dimensões e poderes; além da fúria dos deuses adormecidos. Acompanhe a corajosa trajetória desse grupo que promete não desistir de sua busca.





Escrever essa resenha para mim foi um verdadeiro desafio, porque eu não sabia por onde começar, pois o livro é curtinho, mas eu demorei para ler porque ele é narrado intercalado com vários personagens e por mais que o autor tenha colocado o nome de cada um nos capitulo, ainda sim me senti meio perdida, mas ainda sim a leitura foi boa. 

-Certamente você nunca esquecerá de sua primeira luta com cinco gigantes. Então, o único que nos resta é você garoto - falou olhando para Driátolun. - Não é você quem escolhe a espada, é ela quem escolhe você.

O livro retrata sobre a liga dos Yethis que se forma no decorrer da história para ir em busca da ordem que está perdida. Com isso alguns deuses dão a benção de algumas famílias terem filhos deles, onde quando cada filho completa 13 anos seus pais sabem que eles  precisam ir para um tipo de escola obter o treinamento necessário para adquirir sabedoria e saber lutar.

Para que se possa compreender melhor todo o enredo do livro é imprescindível ler o prólogo com muito cuidado e atenção, porque lá tem o início de todo o contexto.

O livro narrado em primeira pessoa pelos personagens intercalados, conta a trajetória deles deixando seus pais para irem até a escola onde irão aprender a se defender e garantir sabedoria, lá eles ficam sabendo quem são seus pais verdadeiros, pois são filhos de deuses apesar de não conhecê-los. Cada filho vai para um quarto e todos se chamam de irmãos isso nos faz lembrar um pouco de Harry Potter, citei para melhor entendimento. 

Avél aparece no segundo capítulo, ele se apresenta como um menino de treze anos que mora em São Paulo.  Naquele dia especial ele vai para a escola como o de costume, mas algo estranho acontece ele vê um homem parado olhando para ele fixamente e quando pisca o homem desaparece, mas ele consegue ouvi-lo em seus pensamentos e aquilo o deixa assustado, pois seria um absurdo aquilo estar acontecendo. Então depois ele viu o homem de terno alinhado preto atrás de um dos seus amigos com um arco e flecha nas mãos pronto para atirar, foi daí que ele quis alertar seus amigos, mas quando eles se viraram percebeu que no lugar da pupilas deles estava totalmente escuro e coisas estranhas aos seus olhos aconteceu rapidamente. O nome do tal homem é Harte e ele estava lá para levar Avél e mais alguns adolescentes para a escola. 

No decorrer da história um dos garotos quebra um armamento muito poderoso e um dos deuses aparece furioso e o concerta, mas como punição determina que esse garoto cumpra uma missão que é entregar a Ordem na casa de Solum o deus da Sabedoria, mas não seria tão fácil, porque Carl filho de Vis que foi para o lado negro não iria deixar que isso acontecesse tão facilmente. Foi ai que surgiu a liga dos Yethis, onde seis pessoas escolhidas entre os adolescentes e outros guerreiros mais experiente iriam enfrentar uma jornada para levar a Ordem para a casa de Solum, mas o que aconteceu foi que a Ordem foi roubada e eles teriam que procurar e encontrar e após isso entregar para Solum. Foi daí que toda a história realmente começou. 

Aquelas palavras fizeram com que eu me sentisse a pior pessoa do mundo, mas, depois de algum tempo, recordei que o fato de estarmos presos no calabouço do castelo não era culpa minha. Tentei demonstrar coragem em minhas expressões, mas acabei percebendo que minhas emoções e sentimentos estavam me levando. Uma ira surgiu dentro de mim e ataquei-o com um soco.
A História é dotada de muitas aventuras e ação onde eu terminei gostando, porque de inicio achei a leitura um pouco cansativa talvez pelo fato de ser vários personagens narrando a história e eu não estar acostumada, mas o que não significa que a leitura tenha sido ruim, pelo contrário terminei gostando e o final foi super fofo e claro que deixou um gancho para a sequência. Eu gostei da criatividade do querido autor parceiro Gabriel, porque ele criou nomes bem legais e estranhos e eu gosto disso. Avél, Tétrada, Driátolun, Austofener... Imagine a pronúncia de cada rs, não consigo imaginar de onde veio tanta imaginação pelos nome, mas com certeza vai ser uma de minhas perguntas em uma entrevista.


Gostei dos detalhes de cada capítulo, pois todos foram com esse efeito tipo como se fosse rabiscado de caneta e eu gostei muito disso, foi um detalhe persuasivo que me encantou muito.


A diagramação também está em perfeita ordem, bem distribuída e colocada, as páginas amareladas dão o toque final na boa leitura que se segue, então para quem gosta do tema de história sobre deuses é uma ótima pedida eu recomendo.

Onde Comprar: Saraiva - Submarino - Martins Fontes 

E ai?? O que acharam?? Aguardo os cometários, lembrando que retribuirei a todos, é só deixar o link no comentário. Xero no coração!!!

 photo participedotopcomentarista1.png


33 comentários

  1. Hey Dih! Gostei da resenha! Este livro me lembrou muito de Percy Jackson e o Ladrão de Raios hehe. Então se você gostou desse livro... acho que você deveria dar uma chance a saga de Percy Jackson e os Olimpianos u.u Achi que leria este livro. Afinal... eu amo mitologia kkk como voce sabe.
    Beijoos!
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Misa... eu estou louca para ler a saga do Percy só está faltando mesmo grana para comprar e como eu estou falida nesse ano... vou ver se compro no ano que vem... A não ser que eu ganhe de presente kkkkkk. Xero!!!

      Excluir
  2. Não fiquei muito animada com o livro, simplesmente porque não curto histórias do gênero. Também fiquei com a sensação de que a história é um tanto confusa, talvez por ter muitos focos e personagens.
    Mas, aparentemente, é um bom livro, cheio de aventuras! Desejo sucesso ao autor.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo... eu não estou muito acostumada em ler livros com muitos personagens como foco principal por isso me perdi um pouco, mas não é tão confuso não no decorrer da história você se acostuma e compreende o que o autor quer passar no contexto... Xero!!!

      Excluir
  3. Olá Diana!Bom,primeiramente o livro ser intercalado por personagens ja começou a complicar minha cabecinha.Eu não consigo prestar atenção na historia quando a intercalações.
    Olha eu estava muito ansiosa para ler este livro,mas agora vendo os negativos dela( o que muitas resenhas não ressaltaram),estou me pegando na duvida,de ler ou não.
    Sabe outro ponto que me passou(como nada bom) é que lendo sua resenha meio que parecia que estava vendo as aventuras de Percy Jackson.E isso não foi legal.
    Bom não estou dizendo que não vá ler o livro.Mas acho que vou coloca-lo lá pelos últimos da minha lista de leitura.
    Parabéns flor pela resenha.E Obrigada por ter sido sincera com a leitura.

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana... eu entendo, não li Percy, mas tenho muita vontade. Como eu disse para a outra Ana, eu fiquei um pouco perdida no inicio, mas depois você se acostuma e consegue entender toda a direção da história, mas é questão de gosto mesmo. Eu procuro sempre ser o mais sincera possível nas minha resenhas, porque acredito que quando o autor envia o livro para o blogueiro resenhar, ele deseja isso. Bom enfim, a história não é ruim, eu terminei gostando e quero desvendar mais mistérios na sequência. Xero!!!

      Excluir
  4. hmmm,não sei se leria. Acho que mesmo a história sendo interessante, eu acharia muito cansativo ficar alternando de personagem (to há meses lendo Morte Súbita, da JK Rowling, justamente por isso, muitas personagens e muitas histórias, o que acaba ficando massante). Se tivesse mais ação, quem sabe? hehe


    beijos
    Bia - www.livredujour.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo Bia, mas a história se intercala entre os personagens, mas não diferencia muito do enredo e intuito da história não, eu disse que me perdi porque não estava acostumada, se caso mudasse de personagens e a história se diferenciasse ai sim acredito que perderia de vez rsrsrs Xero!!!

      Excluir
  5. Amiga eu tenho o livro do Gabriel em minha estante e sinceramente a capa é maravilhosa mesmo. Espero que a história também seja do meu agrado, porque ultimamente tá sendo bem dificil colocar um nos meus favoritos.
    Até agora foram só 2 (risos)
    Mas enfim...Vamos ver o que acontece com as minhas outras leituras daqui pra frente hahahaha...Mas eu adorei a sua resenha, até porque vc falou bem sobre a história e deu para entender perfeitamente. Deve ser bem interessante.
    Quando eu ler o meu livro a gente troca umas ideias viu ?!
    Se cuida minha linda e fica com Deus =]

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ano alguns livros se tornaram meus preferidos e alguns autores também pela desenvoltura na escrita. O livro do querido Gabriel é bom, acredito que ele podia crescer um pouco mais as páginas, mas acredito que ele queira dar um gancho maior para as sequências onde eu fiquei curiosa para continuar... Agora que já me acostumei com a inter calagem dos personagens fico mais tranquila para as próximas leituras... Xero!

      Excluir
  6. Olá Dih, como vai querida?
    Eu tenho este livro, apesar de não ser de parceria mas eu vi tantas resenhas ótimas que fiquei curiosa além do fato doa autor se bem novo né?
    Adorei sua resenha e só me deixou curiosa.Também não era acostumada a ter estas intercalações ou tantos personagens mas melhorei.

    Beijos
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então é questão de costume mesmo rsrsrs. Xero!

      Excluir
  7. Oi Di, tudo bom?
    Eu amo essa premissa que o livro trás, apesar de parecer um pouquinho confuso haha acho que é questão de se habituar ao que o autor propõe né?
    Gostei de saber que o autor é criativo, fiquei com vontade de ler *-*
    Ah e com relação a participar da coluna do blog mostrando sua estante, é só enviar pro meu e-mail a foto e o textinho: keziahraiol@hotmail.com
    Da próxima você aparece <3 ficarei muito feliz.

    Beijos!
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente flor, com o decorrer da leitura eu fui me acostumando por isso gostei da história... mas eu tinha que por a minha sinceridade não é mesmo? Sobre a estante, vou te enviar sim as fotos logo logo... obrigada Xero!!!

      Excluir
  8. Sou louca para ler esse livro já faz algum tempo e sempre que leio resenha dele me dá mais vontade ainda, e assim que conseguir comprar vou ver realmente como é rsrs.
    Excelente resenha.
    Beijinhoss
    T.P
    http://www.4youbooksmania.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ai meu Deeus!
    Esse livro é a minha cara, meu gênero... meu tipo preferido!
    Hahaha Me lembrou super Percy Jackson, e eu sou fã de carteirinha não só de livros com Deuses gregos, romanos ou egipicios e sim de todos os deuses possíveis, acho super bacana ficção com deuses... adoro o fato de ter muita ação e ainda adoro narração feita do ponto de vista de vários personagens!
    Com certeza esse vai entrar na minha listinha *-*
    Adorei a resenha :D

    Beijos,
    Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Pela sinopse me lembrou além de Harry Potter uma mistura com Percy Jackson também. Fiquei bastante curiosa para conhecer o que se passa com os garotos. E quero ver todos esses nomes estranhos que têm no livro kkkk

    ResponderExcluir
  11. Olá querida!

    Fiquei curiosa pra saber sobre o que acontece com os garotos! Espero não ficar perdida também, porque quando a leitura começa a arrastar muito acabo pegando birra!

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então isso é só inicial mesmo Mandy e para quem não está acostumado rsrsrs logo fica de boa! Xero!

      Excluir
  12. Nossa,
    Não acredito!! O livro parece ser muito bom! Me deixou extasiado demais de vontade de iniciar a leitura, pena que o autor não me respondeu no facebook.. enfim,

    Vou ver se consigo adquirir o livro Dih!
    Excelente sua resenha! Adorei :)

    Beijos
    Adriano || GeraçãoLeitura.com
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Dri.... eu achei que me perdi um pouco na resenha, mas enfim eu tentei me expressar melhor o que pude rs. Xero!

      Excluir
  13. Oii!
    Eu gosto bastante desse tipo de livro, mas acho que estou saturada de ler esse gênero, rs. É uma temática que me interessa bastante, mas tem que às vezes tem que ter um pouco de paciência e atenção pra acompanhar os fatos, quando a realidade é muito diferente da nossa, rs.
    Como estou mudando um pouco meu tipo de leitura, vou deixar pra ler esse mais pra frente, mas não vou deixar de ler, parece bem legal!

    Beijos (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei querida... as vezes é bom mudar de ares... eu por exemplo amo romances, mas sempre lia os sobrenaturais... até ler química perfeita e pronto... não parei mais kkkk Xero!

      Excluir
  14. Esse livro tem um gênero pelo qual sou apaixonada. Seres diferente e magia. Sem falar na ação! É uma pena quando um livro começa meio lentinho, mas quando dá aquele salto e começa a ficar interessante é ótimo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato... Mas esse até que começou com ação viu...

      Excluir
  15. Olá Dih! A capa é linda mesmo! Amo suas resenhas, porque você é bem sincera. A sinopse é interessante e a sua resenha é ótima!

    Bjs flor!

    ResponderExcluir
  16. Olá Diana!! Parabéns pela resenha!! Não conhecia o livro e confesso que fiquei bastante curiosa para conferir esta historia, pois nunca li um livro que falasse sobre deuses, e isso me animou bastante. Gostei bastante da historia, mas irei aguardar a continuação, para poder adquiri-lo!!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  17. Já vi várias resenhas deste livro, mas sabe quando ele não consegue mesmo te chamar a atenção? Parece sim ter vários pontos positivos, mas infelizmente ainda não me despertou o interesse =/
    Mas parece ser uma ótima obra.

    ResponderExcluir
  18. Olá Dih ( oolha a intimidade )
    Eu li esse livro, e não senti essa dificuldade de troca dos personagens, cada um fala em um ponto do livro, até gosto pois conhecemos melhor cada personagem!
    Adorei seu ponto de vista!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  19. Gosto de histórias curtas, mas não é o tipo de livro que eu me pego lendo e\ou curtindo. Mas a premissa é bem legal. O último livro que eu li desse gênero passei dias\semanas para conseguir concluir. É meio maçante, mas não pelo fato da história ser ruim e sim por não ser do tipo que me agrada ou me interessa.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!