Resenha #34 - Eu Sou o Número Quatro - Pittacus Lore


Título: Eu Sou o Número Quatro
Autor: Pittacus Lore
Editora: Intriseca
Páginas: 350

Onde comprar: Saraiva - Submarino - Cultura

Sinopse:

Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos - mas somos reais. Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. O número "um" foi capturado na Malásia. O número "dois", na Inglaterra. E o número "três", no Quênia. Eu sou o número quatro. Eu sou o próximo.

Eu comecei a ler esse livro sem muita expectativa, porque assisti o filme primeiro, mas me surpreendi com algumas coisas também, mas a leitura foi legal.

O livro ele já começa com ação mostrando a capturas dos números anteriores, conta a história de um povo de um planeta chamado Lorien que foi destruído por ambição dos mogadorianos uns seres sem lei e totalmente inteligentes e estrategistas prontos para destruir. Número quatro sentiu em sua pele a morte dos três primeiros em sua perna surgiu uma espécie de marca dolorida como se fosse queimada centímetro por centímetro.

Ele e seu sepâm uma espécie de guardião de cada protegido se viram obrigados a fugir para outro lugar, fazendo com que quatro tivesse que abandonar mais uma vez sua vida, se é que tinha uma vida, pois sempre viviam em constante mudança exatamente para não deixar rastros e não serem encontrados ainda mais agora que ele seria o próximo.


Assim que chegam na pequena cidade de Paradise em Ohio o número quatro agora chamado de John acha tudo muito pequeno e parado. Ele resolve ir para escola mesmo contra a vontade de Henry que pede que ele seja cauteloso e discreto, pois não pode chamar a atenção para onde eles estão de nenhuma forma. John conhece Sara e a acha no primeiro instante linda, mas é perseguido pelo o menino mais popular da escola e seus amigos, foi ai que um de seus legados aparecem quase o colocando em verdadeira evidência. John é tímido, mas corajoso. A vida na escola não é nada fácil, mas ele ainda conhece Sam e no decorrer do tempo eles se tornam amigos. Aparece também um cachorrinho que é muito citado no livro e que eu gosto muito dele, pois ele sempre está ao lado de John em todos os momentos.



A história conta sobre a vida de John, sobre suas lembranças do seu planeta, alguns mistério dos loreanos e da batalha de ir atrás dos outros para que possam se juntar e enfrentar uma guerra. Sinceramente eu demorei bastante para ler esse livro. Algumas vezes o achei meio cansativo. O que me fez continuar foi o romance entre John e sara que teve todo um desenrolar legal aquela coisa típica de adolescente e intensa. Teve algumas cenas no decorrer da leitura que me fizeram ficar apreensiva principalmente nos capítulos finais oh god... que agonia rs. Mas a leitura fluiu bem apesar de alguns momentos de cansaço e quero sim dar continuidade na saga.


Até que gostei da escrita do autor, onde ele aborda a história em seu ponto de vista como se tivesse vendo tudo aquilo, como se a história fosse real e que eles estão entre nós. Eu achei bem legal a amizade entre Sam e John, ele que jamais pode chamar alguém de amigo além de Henry que ele considerava como um pai. Teve umas coisas interessantes também como era a criação das crianças loreanas, mas ai só lendo o livro mesmo.


Eu achei bem legal essa parte de trás do livro uma genialidade do autor, assim instiga mesmo a nossa curiosidade para a leitura do livro. No fim eu gostei da leitura. Eu recomendo para quem gosta desse tema de aliens e tudo mais. Em minha visão só teve algumas partes que me cansaram, mas que não me atrapalharam apesar de ter demorado a ler. Gostei muito da estrutura da capa e da diagramação. O livro não é muito grosso, mas é bem pesado com suas folhas amareladas dando um toque final. Eu gosto da produção de livros da intrínseca, é bem trabalhado e de excelente qualidade. Esse marcador da coca-cola peguei na livraria Martins Fontes na avenida paulista achei super legal. 

Bom meus queridos e queridas estou terminando aqui, o que acharam? Quem já leu esse livro? Pode deixar a sua opinião. Prometo retribuir as visitas. E mais uma vez me desculpem pelo sumiço, mas ficar sem internet é horrível rsrs.

Xero!



2 comentários

  1. Ah... eu tenho muita vontade de ler esse livro. Eu assisti o filme e foi muito legal! Gostei da resenha! Abraçoos!
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh que legal Misael... Eu assisti o filme, mas gostei mais do livro e olha que assisti o filme primeiro ein...

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!