Resenha #33 - Pluvia - Erica Azevedo

Nome: Pluvia - Entre Segredos e Esperança
Autora: Erica Azevedo
Editora: Novo Século - Novos Talentos
Páginas: 280

Sinopse:
Ana cresceu empenhada em sua história fantásticas, mas nunca teve oportunidade de se aventurar por elas. Abandonou-as ainda na adolescência, enxergando que a realidade é dura demais para tais voos inocentes. Mas, em meio a uma viagem a um vilarejo desconhecido no sul do Brasil, ela tem a oportunidade de se enveredar por um mundo totalmente novo, quando, em meio à chuva do fim de tarde, observa as gotas se transformarem em pessoas iguais a ela. Sentindo o fogo que a preenchia na infância se reacender com a curiosidade, Ana vai atrás deles e se depara com um pedido de ajuda e a descoberta de um novo mundo: Pluvia. Mas o que essas pessoas realmente escondem? E qual o segredo por trás dos profundos olhos azuis do estranho senhor da mercearia? E o que de tão terrível está assustando os pluvianos a ponto de fazê-los pedirem ajuda a uma menina indefesa? Essas respostas serão desvendadas e muitas outras perguntas surgirão no decorrer da leitura de Pluvia. O primeiro livro da série "Os Mundos" traz um misto de aventura, romance e diversão para os leitores de literatura fantástica e que, como Ana, possuem sede por conhecer outros mundos.

Esse é o livro de estréia da querida autora parceira Erica, o primeiro livro da série "Os Mundos", em primeiro momento gostaria de relatar que eu estava muito ansiosa para ler essa obra, principalmente por ver "Chuvas" de resenhas sobre ele e eu queria e muito estar por dentro dessa historia. 

O livro começa com Ana uma garota de 17 anos que está terminando o ensino médio e que é muito sonhadora, ela sempre gostou de ler e viajar nesse mundo fantástico da leitura o que se deve ao seu pai que trabalha com livros antigos e isso de certa forma a influenciou, mas na medida que foi crescendo Ana percebeu que a realidade era muito pior e que o mundo de fantasia existia apenas em sua mente e foi deixando isso um pouco de lado. Na verdade ela estava para entrar de férias no meio do ano letivo e queria muito ir viajar com a sua melhor amiga Sofia, mas estava sendo um pouco complicado seus pais deixarem que isso acontecesse porque em outra ocasião ela meio que fez seus pais perderem a confiança nela  e ela desde então lutava para conseguir de volta.

"Apesar de Sofia e das outras amizades na escola, ela gostava de se manter com seus livros, que acreditava serem suas maiores companhias. Assim, desenvolveu um universo particular naquele pequeno apartamento."

Como seus pais não a deixaram viajar com sua melhor amiga, eles resolveram partir em uma viagem de família para o sul  do Brasil onde ficaram em um chalé em um vilarejo desconhecido cedido pelo o tio Jonas, um tio em que Ana gostava e muito, ele apareceu em sua vida quando ela tinha 10 anos e de cara lhe deu um bracelete lindo e muito valioso a qual ela usaria durante a viagem para demonstrar a ele que sempre gostou do presente. Chegando ao vilarejo Ana e seus pais percebem que existia apenas duas construções o chalé que iriam ficar e uma mercearia, mas aquilo não assusta Rodrigo e Laura os pais de Ana, mas ela fica intrigada com a estranheza do lugar, principalmente quando passa pela mercearia e se depara com um homem estranho de olhos bem azuis e que tem uma capa prateada.

Alguns dias se passaram e Ana se sentia um pouco entediada, e foi em um final de tarde que ela resolveu se aproximar da janela de seu quarto para observar a chuva e as gostas que iam caindo e batendo de leve em sua janela, foi daí que levou um susto ao perceber que algumas dessas gotas de chuva se transformavam em pessoas iguais a ela e movida por uma chama até então escondida em seu íntimo e sua curiosidade Ana foi até o local para onde essas pessoas se direcionaram e quando viu que eles foram até a mercearia estranha de repente ela se viu rodeada por algumas dessas pessoas todas com capas prateadas.

Foi ai que Ana descobriu Pluvia, um mundo paralelo ao seu em uma outra realidade e ainda mais foi surpreendida por um pedido de socorro, os Pluvianos precisavam urgente de sua ajuda e aquilo a intrigou um pouco porque não sabia por quanto tempo ficaria longe de seus pais e porque pedir exatamente a sua ajuda, ela que era uma garota simples sem nenhum tipo de poder. No fim Ana foi com eles, embarcou nessa viagem que a faria descobrir que o mundo até então que parecia apenas uma fantasia de criança, poderia ser de verdade.

(imagem da fanpage da autora)

O Livro me encantou demais, me apresentou personagens essenciais na vida de Ana agora que ela estava em Pluvia na cidade de Penafort, onde era lugar que eles treinavam. Os amigos em que ela fez logo de cara foram:  Julian, Vevila (achei esse nome fantástico), Calix, Estelle e Canton onde com eles viveria uma verdadeira aventura de conhecimento do lugar até descobrir o que assustava os Pluvianos e como ela poderia ajudá-los. A Erica soube apresentar cada um desses personagens incrivelmente bem, mostrando a personalidade de cada um de modo que consegui entender quem era quem sem ficar confusa e ainda me apresentou Aléxi um Pluviano mal humorado, marrento (adoro!) e que se achava e muito, mas que também seria essencial na busca de respostas com Ana.

O que eu posso dizer desse livro foi que a Erica conseguiu me surpreender com a sua escrita, leve e de fácil entendimento, me apresentou um bichinho super fofo e as vezes mal humorado o Dermilin que eu queria um para mim com toda a certeza. Quando eu fechei a parceria com ela eu fiquei em uma expectativa muito grande com a leitura, porque já pela sinopse fiquei intrigada de como seria essa história fantástica que ela me apresentaria, ai fui lendo algumas resenhas e a minha vontade e expectativa só crescendo e ela conseguiu com tudo isso me surpreender, eu simplesmente amei a história, ela construiu muito bem os personagens principalmente Aléxi, Ana e o tio Jonas. Fiquei encantada com o mundo Pluvia e seus habitantes, tudo na verdade não tenho o que dizer a não ser que espero com muita ansiedade a continuidade. E de fato é um livro que mega recomendo e sei que quem ler vai sentir o que eu senti com a leitura.


A capa do livro é linda e com suas folhas amareladas dão um toque especial na leitura, a diagramação do livro em perfeita sintonia com todo o contexto do livro, eu li Pluvia e nem parecia que eu tinha se quer aberto o livro de tão igual que ficou desde o dia em que chegou aqui em casa. Eu levei três dias para ler, porque só leio na ida e na volta do trabalho e as vezes antes de dormir, mas o que quero dizer é que se eu tivesse tempo teria lido em um só dia, porque foi uma leitura maravilhosa, eu simplesmente não conseguia para de ler, e mesmo já embarcando em uma outra história, Pluvia simplesmente não sai dos meus pensamentos, com certeza será um livro que vou ler de novo e de novo... Obrigada  minha querida autora parceira Erica por me presentear com essa leitura fantástica e que me fez trasportar literalmente para o mundo de Pluvia. 

Xero no coração!!!!!!

14 comentários

  1. Nossa, que resenha interessante! Me chamou atenção para a história! Os personagens parecem bem intensos e bem desenvolvidos, o que é ótimo.

    A capa realmente é linda!


    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh esse livro foi maravilhoso simplesmente amei.... Xero

      Excluir
  2. Oi, Di.
    ótima resenha e parabéns pela parceira. Eu não conhecia o livro e pela sua resenha já fiquei bem interessado, parece ser o tipo de história que nos prende do começo ao fim.
    Beijos
    Descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá adorei a resenha, ficou demais, aliás te marquei em uma tag literária, passa lá no meu blog e dá uma conferida...

    http://visoespoeticas-br.blogspot.com.br/2013/08/tag-conhecendo-o-blog.html

    Até mais.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Primeiramente, queria lhe pedir desculpas pelo sumiço e por não ter retribuído sua visita em meu blog até agora! rs
    Estava meio atolado com as coisas do colégio, mas já voltei *-*

    Dih, minha amiga..
    que resenha impecáavel.. Ameeei, amei amei.. Acho a Erica tao carinhosa e o livro transmite isso para nós. Eu ainda não li, por estar atolado na escola e leituras todas atrasadas, mas eu quero muito ler. Depois de sua resenha, estou mais empolgado ainda!
    Desculpa sumir, viu?
    Vou tentar olhar todas as suas postagens, logo. Só esperando por as visitas em dia!

    Beijos
    Adriano Gutemberg
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/ (passa lá ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei querido porque você sumiu, fica de boa, as coisas da escola as vezes nos sufoca mesmo rsrsrs. Que bom que gostou da resenha, não vejo a hora de você começar a ler, para que a gente possa conversar sobre o livro... Xero!!!!

      Excluir
  5. Oi Flor,
    também sou parceira da Érica e estou com Pluvia aqui
    em casa pra ler, estou mega curiosa pela leitura que parece
    ser muito boa por sinal.. Adorei a resenha, não vejo a hora de ler o meu

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhh assim que der Delmara aconselho a leitura muito boa mesmo!!! Xero!

      Excluir
  6. Realmente Diana Pluvia é D-E-M-A-I-S, gostei da sua resenha e não vejo a hora de ler o segundo livro dessa maravilhosa série.

    Abs,
    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh obrigada.... Zayron... eu tb estou ansiosa... Xero!

      Excluir
  7. Eu sou uma das pessoas que estão incluídas nos 'visitantes da chuva de resenhas', esse livro me interessa tanto, eu acho a temática dele muito legal e mais ainda muito inspiradora. Quero ler ele logo, para assim como você me incluir na 'chuva'! KK
    Beijinhos, Thamires R.
    http://marcaprovisoria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thamires... espero logo você na turma das chuvas rsrsrsr Xero!

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!