Resenha #6 - A Maldição do Tigre - Colleen Houck



Título: A Maldição do Tigre
Autor: Colleen Houck
Páginas: 352
Editora: Arqueiro

Sinopse:
Kelsey Hayes perdeu os pais recentemente e precisa arranjar um emprego para custear a faculdade. Contratada por um circo, ela é arrebatada pela principal atração: um lindo tigre branco. Kelsey sente uma forte conexão com o misterioso animal de olhos azuis e, tocada por sua solidão, passa a maior parte do seu tempo livre ao lado dele. O que a jovem órfã ainda não sabe é que seu tigre Ren é na verdade Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe indiano que foi amaldiçoado por um mago há mais de 300 anos, e que ela pode ser a única pessoa capaz de ajudá-lo a quebrar esse feitiço. Determinada a devolver a Ren sua humanidade, Kelsey embarca em uma perigosa jornada pela Índia, onde enfrenta forças sombrias, criaturas imortais e mundos místicos, tentando decifrar uma antiga profecia. Ao mesmo tempo, se apaixona perdidamente tanto pelo tigre quanto pelo homem. (Sinopse retirada do skoob).


“Devagar, levei a mão até sua face e alisei o pelo macio. Então, ganhando coragem, cocei atrás de sua orelha. Uma vibração profunda ressoou em sua garganta  e eu me dei conta de que ele estava ronronando: Sorri e cocei um pouco mais a sua orelha.”

O livro começa contando a história de uma garota comum, simples e órfã que foi adotada por uma família que ela ama demais. Tudo começa quando Kelsey resolve aceitar um emprego no circo para cuidar de um tigre branco e de alguns serviços mais leves. Ela achou estranho essa vaga, mas como precisava de dinheiro para pagar a sua faculdade era isso que iria fazer.

Kelsey essa é uma garota que no inicio do livro me deixou chateada por parecer mais uma menina insegura e com baixa auto estima, seria mais um romance onde o cara parceia ser lindo e ela se achava feia e que ele pudesse ser bom demais para ela, mas mudei de ideia quando comecei me aprofundar mais na leitura.


“Quando a jaula do tigre passou diante de mim, tive uma vontade súbita de acariciar-lhe a cabeça e confortá-lo. Eu não sabia se tigres podiam demonstrar emoções, mas por algum motivo eu tinha a impressão de que podia sentir seu estado de espírito. Parecia melancólico."


Antes de qualquer coisa que eu ainda possa ressaltar é sobre o cenário dessa obra, fiquei completamente enfeitiçada com a riqueza dos detalhes, culturas, roupas, acessórios, comidas e o linguajar. Nunca tive interesse em me aprofundar na cultura da Índia, mas esse livro me deixou completamente apaixonada pela cultura, Colleen soube descrever os detalhes esplendorosamente e eu fiquei cada vez mais excitada com tudo que li e com mais vontade ainda de ler.

O universo de fantasia que ela utilizou para abordar neste livro a começar pela deusa Durga e que Kelsey seria uma de suas filhas guerreiras, ela com certeza fez uma pesquisa detalhada e abordou as lendas perfeitamente bem e adorei a construção de todo cenário de aventura que teve durante toda a minha leitura.

No contexto somos apresentados a um príncipe que foi traído pelo próprio irmão ao aproveitar de sua ausência e conquistar a sua prometida como noiva. Só que seu irmão também foi traído e foi daí que surgiu a maldição que os prendem.

Eu particularmente adorei a leitura, adorei os personagens e o triângulo amoroso que está se formando. Ler esse livro me levou para um mundo desconhecido cheio de mitos e aventuras com uma mistura saborosa de fantasia e romance. Como não se apaixonar por esses dois príncipes lindos? Hum com olhos azuis e outro com olhos dourados, como não se perder? Um completamente romântico e outro completamente selvagem? Como não sonhar com eles? Poderia passar uma vida falando deles, do que eu senti com cada palavra que li, com cada detalhe citado no decorrer dessa história que encantou meu coração.

“Dei inicio à árdua tarefa e bombear água para o balde, despejá-la na banheira e começar tudo de novo. Parecia mais fácil na televisão do que na vida real. Pensei que meus braços fossem cair logo depois do terceiro balde, mas resisti à dor sabendo como seria bom tomar um banho. Meus braços cansados se convenceram de que encher a banheira até a metade era mais que suficiente.”

Adorei também a ideia da capa... é azul a cor preferida de Ren... a cor de seus olhos... Só achei que a Kelsey poderia ser menos insegura com relação ao que passou a sentir por Ren ao saber que ele não era um tigre branco  e lindo comum. Mas também apesar dessa sua insegurança boba também conheci uma garota corajosa e capaz de superar seus medos e angústias. Ela simplesmente mergulhou de cabeça nessa loucura sobrenatural cheio de mitos, histórias e contos significativos as quais me prenderam desde o inicio.

“Acho que me apaixonar por ele seria mergulhar em um precipício. Seria ou a melhor coisa que me aconteceria ou o erro mais idiota que eu cometeria. Faria com que minha vida valesse a pena ou com que eu me chocasse contra as pedras e me arrebentasse completamente. Talvez a coisa mais sábia a fazer fosse desacelerar as  coisas. Ser amigos parecia tão mais simples.” 



Não posso negar que achava as vezes Kelsey uma chata reclamona, mas também o amor  que ela se dedica a essa mais nova família é inacreditável. Uma outra riqueza de detalhes que fiquei admirada foram referente as comidas típicas do lugar, tudo bem que eles adoram Curry, mas tinha várias misturas interessantes que me deram água na boca e outras que eu não teria coragem de experimentar e quem não gostaria de um fruto dourando em sua vida?

Enfim para quem gosta de aventuras, mitos, culturas diferentes e claro romance esse livro é o inicio de uma saga que veio para ficar e ser um sucesso, eu realmente recomendo, pois em nenhum momento me senti entediada e quis devorar o livro rapidamente. Simplesmente amei. Mais uma de minhas sagas preferidas.

Depois volto com a resenha dessa deliciosa continuação “O Resgate do Tigre”

Xerim! :)


4 comentários

  1. Sua resenha me deu vontade de ler esse livro ^^
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai minha querida é muito bom tem de tudo um pouco... vale a pena ler eu tenho até o quarto livro se não me engano no grupo.... Xerim....

      Excluir
  2. Ei Dih!
    Como anda o blog? Na expectativa do sorteio, viu que saiu o filme? Fiquei empolgada! RSRS
    Vou visitar sua página no face.

    Bjs, Débora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Débora.... ah está ficando legal rsrsrs tem muitas pessoas visitando e teve um grau de inscrições consideráveis no sorteio estou animada acredito que vai melhorar cada vez mais. Obrigada por visitar fico muito feliz. Vi sim que o filme vai sair dia 29/03 é a estréia eu estou muito ansiosa vou assistir na sexta rsrsrs.... :) Xero!

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!